Música | Playlist da Semana #171

Hey pessoal, demorei pra postar hoje, fui fazer tcc, filme e a preguiça bateu depois, espero que gostem de alguma música da playlist


Inspiração | Estantes de Livros

Hey pessoal, eu não sou uma pessoa Expert em decoração, móveis e essas coisas, mas gosto de decoração e de assistir programas relacionados ao tema, inclusive muito amor ao canal Home & Health.

FOTOS RETIRADAS DO PINTEREST

Estantes para quem possuem pouco espaço em casa
Nem todo mundo mora em ambientes grandes que possibilitem realizar aquele sonho de uma estante enorme e cheia de livros, mas as vezes é necessário optar por algo que não ocupe muito espaço e que mostre nossos amados livros.


Opções boas para quem possuem pouco espaço é a utilização de estantes na parede, que não ocupa espaço no chão, como a estante da foto que está em cima de um sofá, mas também aproveitar espaços que não utilizaríamos por ser pequeno, ou até mesmo utilizar do recurso de estante atrás da porte ou pendurada em uma parede que sempre fica vazia e que é difícil de colocar um móvel maior.

Quotes | Noite outra vez - Alana Gabriela

Hey pessoal, terminei recentemente de ler Noite outra vez e a resenha já se encontra no blog, mas eu destaquei muitos quotes dessa história, pois possui frases muito boas, espero que gostem das selecionadas.

"Acho que meus olhos estão prestes a receber uma folga. A minha escuridão parece próxima, mas não parece tão opressiva como o medo que com garras me acerca. Parece noite, mesmo quando é dia, parece frio, mesmo quando está quente. Tudo parece diferente. Linhas finas que escapam das minhas mãos, uma imagem turva que mostra o fino e tênue controle que me resta."
"De qualquer forma, eu nunca fui muito bom com essas coisas de fazer amizade ou manter conversas muito longas. Na maior parte do tempo eu não me incomodava." 
"Não existe perfeição – murmurou. – Somos corpos completamente cheios de falhas. Precisa lidar com isso."
"Nas minhas divagações eu me imaginava saindo pelas ruas à noite, assistindo as casas e os prédios longos se estenderem aqui e ali com as luzes apagadas e miúdas, como uma vigilante dos seriados, a diferença era que eu não salvava a cidade, apenas a assistia. Assistia todos dormindo enquanto vigiava a extensão da calmaria e a vida adormecida. "

Conto | Quase Perfeito - Jariane Ribeiro

Título: Quase Perfeito
Autora: Jariane Ribeiro
Nota: 5/5
Onde Encontrar: Link

Sinopse: O que um dia de neve, um ex-namorado e um gato roubado tem em comum?
Aparentemente nada, mas junte a equação Natália Orleans e terá uma confusão daquelas, com direito a muitas risadas e suspiros apaixonados.
"Sempre imaginei como seria meu reencontro com Diego e em minhas fantasias, ele estaria como antes e eu mais bonita, mais elegante e completamente inatingível, mas acho que isso era apenas fantasia mesmo" 




Opinião:
Eu adoro ler um contos, por serem histórias mais rápidas e também porque quando estou com dificuldade de iniciar uma leitura mais longa, ler um conto por ser curto me anima a ler as outras histórias que possuem um pouco mais de página. Quando vi esse conto na minha lista de e-books do aplicativo, porque ainda não comprei um kindle, não pensei duas vezes e fui correndo realizar a leitura.
Nesse romance leve e clichê conhecemos Natália dona de uma hamburgueria renomada que está se remoendo pela volta de seu ex-namorado Diego, ele voltou depois de dois anos e quer o gato de volta. Ele e Natália namoraram por anos até que ele resolver dar um fim no seu relacionamento em busca de sua grande chance e assim poder se igualar ao nível social dela, já que a garota era filha do Prefeito e ele filho da cozinheira da escola, um romance que surpreendeu a todos conforme o relatado pela mocinha.
Claramente percebe-se que apesar de dois anos, ambos ainda nutem sentimentos fortes um pelo outro e Natália nunca teve outro depois de Diego, mas focou no trabalho enquanto seu amado se tornou um homem rico ao criar um aplicativo famoso. Desde das primeiras páginas o leitor já fica ciente da disputa dos dois pelo Gato,  mas na minha percepção Diego só criou essa guerra para que de alguma forma consegui-se chegar perto da mulher, já que ele também a queria de volta, mas sabia que tinha perdido a chance quando largou tudo. Quando eles se encontram é uma explosão de sentimentos.
Gosto muito das histórias criadas pela Jariane, inclusive tenho alguns e-books dela no aplicativo para ler, o maior problema é que toda vez que leio um conto escrito pela autora fico querendo mais da história. 
Depois que li esse conto fiquei mais animada para ler mais histórias e logo em seguida li outro e-book com 200 páginas que já conclui, pois como falei antes os contos me dão um animo quando não sei porque livro começar.
Eu sempre fui considerada intocável, a filha do prefeito que só iria se envolver com caras ricos e tão bem sucedidos quanto o pai e os irmãos, então todo mundo meio que surtou quando me viu com Diego, o filho da faxineira da escola.
Eu o amei simplesmente porque era isso o que meu coração sentia. Nunca me importei dele ser filho apenas de Joana, uma mulher trabalhadora, gentil e com um coração do tamanho do mundo. 
  — Não tem como dizer que eu não estou? — sussurro, me aproximando lentamente da porta.

Resenha | Noite outra vez - Alana Gabriela

Título: Noite outra vez
Autora: Alana Gabriela
Páginas: 240
Nota: 4,5/5
Onde Compra: Link

Sinopse:  Até que as estrelas apareçam ou que seja dia.
Depois de se machucar em um acesso de raiva, Caleb passou a evitar o piano, submergindo em dias cada vez mais nebulosos e tão escuros quanto a noite. Para evitar um novo acidente, ele se refugia na casa do avô. Mas mais do que qualquer coisa Caleb quer esconder a verdade violenta por trás do que o fez parar de tocar. Acostumada a ideia de que é uma decepção para seu pai, Gris Stewart tenta se afastar dos sentimentos ruins assistindo a vida através das fotos que costuma tirar. Mas nem sempre é possível, muitas vezes é noite em seus dias. Todos os seus problemas estão ligados a um único evento: o dia do seu nascimento. Há muitas palavras escondidas, verdades não ditas e fantasmas do passado que ela não tem certeza poder lidar. Os caminhos dos dois adolescentes se cruzarão na bela e tranquila cidade no interior da Inglaterra, e eles precisarão decidir entre o caminho da verdade ou do silêncio, da noite ou do dia para seguirem em frente. Noite outra Vez narra uma sinuosa trilha de recomeços, autoconhecimento e amizade.
Opinião:
Noite outra vez é a nova história da autora Alana Gabriela que está disponível no amazon, nessa histórias conhecemos dois jovens Caleb e Gris que ainda estão descobrindo o mundo e aprendendo a lidar com os problemas e com os seus sentimentos, mesmo que seja difícil, se abrir para as pessoas próximas é um dos obstáculos que eles precisam enfrentar.  Dois jovens que se apoiam na qual nem sempre é necessário dizer algo para isso.
Gris morava nos EUA e se vê obrigada a ir para Londres com o seu Pai, pois ele desejava retornar ao lugar que nasceu e ficar próximo ao seus pais, ela é uma personagem que ama fotografia e parece que sua máquina já faz parte dela, a garota curte tirar fotos e retratar os sentimentos ao seu redor e também para não esquecer. Seu nome verdadeiro é Grace, mas ela não se considera uma graça e sim algo cinzento e sombrio, pois considera-se culpada pela morte da mãe que não conheceu e esse sentimento se intensifica quando vê seu pai chorando pelos cantos da casa com saudades da falecida esposa.
Ela não gosta de conversar com o seu pai a respeito do que está sentindo e da troca de nomes, mas quando passa a conviver com a sua avó a senhora resolve tocar no assunto, causando confusão o que a leva a entrar em conflito com o seu pai. Gris ou Grace é uma personagem fechada, que cultiva poucas amizades, que sorri pouco e que não gosta de conversar muito e são barreira que ela precisava enfrentar, sua melhor amiga está a quilômetros de distância e nisso entra o outro protagonista da história Caleb, ele se torna próximo da garota e ambos possuem seus problemas, acabam se entendendo inclusive no silêncio, o garoto pode se dizer que é um dos motivos pelo qual Gris começa a sorrir um pouco mais e a se sentir leve , ela também se torna próxima de Alfie amigo de Caleb. Gostei de ver amizade dela com Caleb, são sentimentos singelos e ela precisava de alguém como ele para se apoiarem.
"Não existe perfeição – murmurou. – Somos corpos completamente cheios de falhas. Precisa lidar com isso."
Caleb o outro protagonista dessa história, um jovem que amava tocar piano e respirava música, se vê a meses sem tocar, ele quebrou os dedos e depois disso não conseguia mais tocar, se sentia nervoso e se recusava a tocar com medo de não ser como antes.  Ele não conta aos seus pais o que acontece para que seus dedos quebrassem. Um personagem que não gosta de ficar sozinho, pois os sentimentos que tem nesses momentos são de angustia, solidão e medo. Caleb passa a visitar seu avô um refugiado que está cego e pede para que o neto comece a ler o seu diário e nessas páginas conhecemos a história de seu avô e de sua tia avô que nunca teve a chance de conhecer, uma história triste que mexe com o garoto e lhe apresente uma nova visão do ser humano, confesso que a história do diário também mexeu comigo.
O garoto precisa superar o seu medo de tocar, mas para isso ele precisa se abrir e falar o que aconteceu e seus sentimentos para o seu pai, depois das visitas com o seu avô ele chega a conclusão que é melhor conversar do que se afastar das pessoas ao esconder o que sente, só que ele precisa de tempo para absorver essa ideia antes de contar a verdade. Ele sempre sai com a Gris uma forma dos dois se distraírem e estarem na companhia de outras pessoas.

Uma bela história que retrata refugiados, ansiedade sofrida pelo Caleb, medo de sua própria verdade, amizade, solidão. Uma história bela e delicada que retrata dois jovens perdidos e suas famílias, que estão aprendendo a lidar com o que sentem,  e entender que conversar é a melhor escolha. Super indico vocês lerem essa história, inclusive destaquei muitos quotes da história que vai estar em um outro poste, pois são muito bons e sei que a resenha ainda não vai retratar a delicadeza da obra, ainda mais porque não consigo colocar tudo que senti na escrita dela.
Uma dica é lerem no final a nota da autora que mostram suas intensões com essa obra, principalmente na parte do diário a onde retrata a parte dos refugiados. E a intensão da autora foi muito boa.


“Mas quando compreendi a guerra, o que levou muito tempo, comecei a refletir sobre as pessoas. Elas escolhem seus caminhos e cada escolha tem uma consequência. O livre arbítrio. Muitas dessas escolhas afetam muitas outras. Isso é a guerra. Um monte de escolhas malfeitas e suas respectivas consequências.”
"As escolhas que fazíamos afetava o mundo a nossa volta em proporções que não dava para cogitar. Poderia ser algo pequeno, sem um significado muito grande, mas más escolhas podiam causar problemas."
"...pessoas podem mudar se quiserem – falou baixinho com um leve sorriso, como se fosse um segredo apenas nosso."


Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Sorteio

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.