25 de julho de 2017

Resenha | Para Sir Phillip, Com Amor (Os Bridgertons #5) - Julia Quinn:

Título: Para Sir Phillip, Com Amor (Os Bridgertons #5)
Autora: Julia Quinn
Páginas: 276
Nota: 4/5
Skoob: Link

Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.  Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar?  Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. 

Opinião:
E aqui estou com a resenha do quinto livro da série Os Bridgertons  e Para Sir Phillip, Com Amor se passa ao mesmo tempo que  Os Segredos de Colin Bridgerton .
Eloise recusou ao longo de suas temporadas vários pedidos de casamento, ela queria casar por amor, mas como nunca encontrou quem fizesse seu coração bater mais forte, acabou se tornando uma solteirona aos 28 anos junto com sua melhor amiga, mas todos os seus planos mudam quando sua amiga casa e ela resolve ir atrás de seu futuro sem contar para ninguém da família.
Ela conheceu Phillip através das quartas que começou a trocar com ele, Phillip era viúvo de sua prima. Um homem que precisa urgentemente de uma esposa nova. Para essa nova escolha ele não leva em consideração a paixão.

''Eloise Bridgerton não tinha nada de sutil ou insegura. Ela nunca daria voltas quando podia ir direto ao assunto.''

Eloise é uma pessoa que adora falar, o que as vezes incomoda as pessoas um pouco, já que além de falar, ela gosta de dar ordens, interferir na vida dos outros. Ela é uma personagem cheia de atitude, que inclusive foge de casa sem se preocupar com sua reputação, viaja sozinha e ainda vai se hospedar na casa de um homem que nunca viu. Eloise é determinada, que nem seus irmãos conseguiam segurar ela. Uma mulher que sonha em sentir algo pelo homem que vai casar e vai em busca desse sentimento ao conhecer o Phillip, 
Phillip é um homem fechado que fica recluso na sua estufa, ele é um botânico e cuida mais de suas plantas do que de seus filhos, já que não sabe muito bem lidar com eles. Ele tem medo de se transforma em seu pai, já que o homem não foi bom para phillip e os filhos dele por sinal são terríveis, vivem aprontando para cima dos empregados. Ele quer uma mulher para ser mãe de seus filhos, mas ao conhecer Eloise ele passa a ter desejos por ela (levando em consideração que ele nunca amou sua esposa, mas na história ele explica o porque). Fazia anos que não sentia por uma mulher o que sentiu ao ver Eloise, além dela não ser muito bem o que esperava, inclusive achava que ela era feia só porque era uma solteirona. Ele é teimoso, não sabia lidar com esses sentimentos e até evitou por um tempo ficar perto dela, mas não resistiu, mas como ela também era teimosa, os dois acabavam discutindo.

Queria ter feito uma resenha melhor, mas doente fica difícil, apesar dos protagonista se conhecerem pessoalmente a muito pouco tempo, eles poderiam dizer que já se conheciam um pouco, afinal passaram um ano trocando cartas e contando alguns detalhes sobre eles, apesar do Phillip ter omitido umas duas coisinhas na carta.
Adorei ver a relação de Eloise com os filhos dele. No começo as crianças não aceitavam ela na casa e iam aprontar, mas Eloise cresceu com muitos irmãos, então acabou revidando, mas também era bondosa e se preocupava e acabou conquistando as crianças e o pai deles. Uma outra coisa que gostei foi quando os quatro irmão homens de Eloise apareceram,  adoro ver a interação dessa família protetora e eles queriam matar o phillip, mas depois de umas boas doses de bebidas estavam como se fossem amigos de infância.
Bom  agora faltam quatro livros para terminar essa série, quero terminar até dezembro, se alguém quiser me dar o livro seis de presente eu aceito de bom grado, se não até setembro quero comprar o seis e o sete. Se virem erro ortográfico na resenha  avisem, já que não deu muito tempo de corrigir.
“Suspirou, afundando no assento. Ele precisava de uma esposa. Praticamente qualquer uma serviria. Não se preocupava em como ela seria. Nem com a sua situação financeira. Também não precisava ser alguém que soubesse fazer contas de cabeça, falar francês ou cavalgar.
''Você é um Bridgerton. Não me importa com quem vai se casar ou qual será seu nome depois que disser seus votos diante de um padre. Você sempre será uma Bridgerton, e nós nos comportamos com honra e honestidade, não porque esperam isso de nós, mas porque é assim que somos.''
Livros:

  1. O duque e eu
  2. O visconde que me amava
  3. Um perfeito cavalheiro
  4. Os Segredos de Colin Bridgerton 
  5. Para Sir Phillip, Com Amor



22 de julho de 2017

Música | Playlist da semana #80:

Hey pessoal, só passei para postar a playlist, mas um final de semana sem gravar vídeo e só porque tenho as ideias anotas, mas ainda não melhorei da gripe, sinusite.

21 de julho de 2017

Quotes da Semana:

Hey pessoal, tinha uma outra ideia de poste para hoje, mas como não to bem ainda acabei não conseguindo escrever, minha gripe ainda tá forte e a cabeça tá pesada, mas espero que curtam os quotes.

“Há momentos na vida de uma mulher em que seu coração dá uma cambalhota no peito, em que o mundo parece atipicamente cor-de-rosa e perfeito, em que uma sinfonia pode ser ouvida no toque de uma campainha.”(Os Segredos de Colin Bridgerton - Julia Quinn)
"Talvez aquilo fosse a definição do amor, afinal. Querer uma pessoa, precisar dela e a adorar até mesmo nos momentos de fúria."(Os Segredos de Colin Bridgerton - Julia Quinn)
"Era engraçado, refletiu mais tarde, como a vida de alguém podia mudar num único instante, como tudo podia ser de um jeito num minuto e, no seguinte, simplesmente se transformar em algo diferente."(O Visconde Que Me Amava (Os Bridgertons #2)-Julia Quinn
"Alguns laços, ele começava a perceber, eram mais fortes que os de sangue."(O Visconde Que Me Amava (Os Bridgertons #2)-Julia Quinn
"Ele olhava profundamente no olhos azuis sem vida, sabendo que ali dentro ainda poderia encontrar algum sentimento, mesmo que este não fosse agradá-lo."(Porcelana- Géssica Marques)

20 de julho de 2017

TOP 4 | Amizades na Literatura:

Como hoje é Dia do Amigo, resolvi fazer um poste com algumas amizades que gostei de ver, tentei fugir um pouco dos livros mais comentados em postes desse tipo, espero que gostem. Não está por ordem de preferência. 

1- A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart

Sinopse: Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.  A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Esse é um livro triste, bonito e envolvente, selecionei ele para a lista porque quando Mark foge, ele leva seu companheiro de todas as horas, seu cachorro Beau e eles não se desgrudam e não se separam. Beau é um porto seguro para o garoto.

2- Quarteto de Noivas - Nora Roberts

Sinopse: Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.
Na verdade eu só coloquei a foto do primeiro livro, mas gostei muito de ver a amizade das quatros amigas e também de seus noivos (quando chega lá no último livro), elas cresceram juntas, abriram seu próprio negócio e são o porto seguro uma das outras,elas se entendem apenas com um olhar. Séria legal ter um grupo de amigas como elas.

3- Marley & Eu - John Grogan

Sinopse: John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, "um bola de pêlo amarelo em forma de cachorro", que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranqüilizantes receitados pelo veterinário, nem a "escola de boas maneiras", de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Imperdível.


Como não colocar esse livro na lista, uma amizade verdadeira entre o homem e um cachorro que se tornou membro de uma família, mesmo que ele destruir tudo pela frente. Marley esteve com os seus donos nas piores e melhores horas, viu os filhos do casal crescer, trouxe alegria para a família. 



4- O Ladrão de Raios (Percy Jackson e os Olimpianos #1)

Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.
Escolhi esse porque a amizade entre Percy, Grover e Annabeth também é forte, eles se protegem, lutam juntos e vivem muitas aventuras, claro que a história começa com um tom mais leve, mas conforme acompanhamos eles até o fim da série Heroes do Olimpo, eles já sofreram tanto e passaram por muitos momentos difíceis juntos, se preocupando e não abandonando, sempre levando em conta a amizade entre eles.

19 de julho de 2017

Filme | A bailarina:

Título: A bailarina
Duração: 1 hora e 30 minutos
Gênero: Animação
Ano: 2017
País de Origem: França

Sinopse: Paris, 1869. Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris para realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.







Opinião:
Hey pessoal, quase não apareço com a coluna de filmes por aqui, mas é que assisto mais série e fico com preguiça de escrever sobre os filmes que assisto, mas esse acho que vale a pena comentar aqui, já que vi poucos blogs comentarem sobre ele.
Eu assisti o filme com a minha mãe e ela também adoro, nele conhecemos uma garota órfã que sonha em ser Bailarina, essa garota em questão se chama Félicie e junto com o seu melhor amigo Victor que sonha em ser inventor e juntos fogem para ir a Paris, um lugar lindo. Eles tem um sonho, mas não tem onde morar e ai que acidentalmente acabam se separando por um dia, por conta de um pequeno acidente, ela acaba indo parar o teatro que é onde fica a escola de dança e conhecendo Odette que é uma faxineira e manca, ela começa a vivem junto com Odette e vai parar na casa que a mulher trabalha onde moram a patroa e sua filha chamada Camile, uma garotinha que se mostrou insuportável e mimada desdo começo destratando a coitada da Félicie que não tinha feito nada.
Quando surge uma grande oportunidade, Félice acaba não desperdiçando, mesmo que o que esteja fazendo seja errado, já que ela finge ser a Camile para estudar na escola de dança.
“Cada nota, cada som, cada harmonia, precisa ter seu corpo vibrando da ponta do seu cabelo até as pontas dos dedos dos pés.” (Frase do filme)
A Bailarina é um filme fofo que fala sobre não desistir de seus sonhos, mesmo que algumas pessoas achem que ela não merecia isso, por ter crescido em um orfanato. A personagem se esforça para alcançar o nível das outras garotas, mostrando que tem potencial para ser uma ótima bailarina, dançar mantinha ela feliz. O filme mostra uma garota jovem batalhando pelos seus sonhos, mas isso não é possível sem esforço e que quando alcançar o que almeja não pode deixar isso subir para a cabeça e ignorar as pessoas que querem o melhor.
Bom eu não sou lá muito boa para falar de filmes, mas eu indico esse, fora que eu adorei a trilha sonora dele.

“Deixei você entrar na minha vida e você mentiu para mim.”
“Ah, sim, Paris! Cidade do romance. Cidade dos sonhos.”

Trailer:
 

Música: