.

LIDOS E NÃO RESENHADOS DE JUNHO

Hey pessoal,  hoje tive que almoçar na empresa e eu pedi uma marmita era 11:08 da manhã  e era 12:40 e nem sinal de vida da minha comida, tive que ligar para cancelar e comer salgado pequeno que vende no posto shell sem querer e no ódio, fato é que a comida saiu para a entrega 11:57 segundo o aplicativo e eu moro em uma cidade pequena, não sei como podem demorar tanto para entregar. Agora voltando ao poste em Junho eu li vários livros e e-books, mas não resenhei a maioria, os da saga Trono de Vidro eu não quis resenhar, já que é um livro bem comentando e inclusive pretendo começar a leitura do último livro hoje. Os e-books da Mariana Vaz peguei a dica no blog prefacio e até iria resenhar, mas acabei ficando com preguiça. 


💜💜💜💜💜

1 - Herdeira de Fogo - Sarah J. Maas

Nota: 5/5


Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre. Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida.





2 - Rainha das Sombras - Sarah J. Maas
Nota: 5/5

Todos que Celaena Sardothien amou lhe foram tirados. Mas finalmente chegou a hora da retribuição. A vingança promete ser tão dura quanto o aço da Espada de Orynth — a espada de seu pai. Finalmente Celaena retornou ao império; por justiça, para resgatar seu reino e confrontar as sombras do passado.
A assassina está morta. Ela abraçou a identidade de Aelin Galathynius, rainha de Terrasen. Mas antes de reclamar o trono, precisa lutar. E ela vai lutar. Por seu primo, a Puta de Adarlan, o general do Norte... um guerreiro preparado para morrer por sua soberana; por seu amigo Dorian, um príncipe preso em uma inimaginável prisão; por seu povo, escravizado por um rei cruel e à espera do retorno triunfante de sua líder; por seu carranam e a libertação da magia. Ao avançar em seu plano, no entanto, Aelin precisa tomar cuidado com velhos inimigos. E abrir o coração para novos e improváveis aliados. Tudo isso enquanto os valg continuam trabalhando nas sombras. E Manon Bico Negro, a Líder Alada das Treze, treina suas bestas voadoras. Mas é de Morath, a fortaleza montanhosa do Duque de Perrington, que uma ameaça como nenhuma outra promete destroçar seu grupo de rebeldes e sua corte recém-formada.


3 - Império de Tempestades - Tomo Único - Sarah J. Maas
Nota: 5/5
O aguardado tomo único do best-seller Trono de Vidro: Império de Tempestades. A série Trono de Vidro se tornou um fenômeno mundial. Nesse volume único do quinto livro da série, Império de Tempestades, a trajetória intrigante e repleta de ação de Aelin Galathynius continua: ela atravessa e sobrevive à prisão, traições, perda de amigos e amores. Agora, deve vencer seu maior medo para salvar o mundo. A tarefa não é fácil. Com a vida e poder jurados ao povo que está determinada a salvar, a antiga assassina, conhecida como Celaena Sardothien, colocará a própria segurança em risco para proteger os seus. Mais que nunca, Aelin precisa de Rowan, de Dorian e de todos os aliados para conseguir descobrir a localização da relíquia sagrada capaz de banir de seu mundo a ameaça valg e os horrores libertados em Morath. Chegou a hora de levantar os exércitos de Erilea. De cobrar velhas dívidas... É hora de marchar contra o mais supremo dos males. E confiar na pureza de seu coração para trazer a luz.
Opinião:
Nessa opinião vou abordar no geral esse livro, muita coisa aconteceu nesses três livros, outros personagens começaram a ganhar destaque, temos Rowan amor da minha vida, Dorian que foi dominado por um príncipe vlag, mas que conseguiram salvar, Elide que inicialmente quando apareceu pensei que a personagem não teria tanta importância e acabou tendo, gostei de ver a interação dela com o Lorcan só que fiquei com raiva da traição dele no quinto livro, mas entendo que ele fez por amor. Outros personagem como Manon Bico Negro quando apareceu eu pensei que iria odiar ela, mas também me enganei e gosto da personagem. Gosto de como Lysandra se tornou uma personagem forte e disposta a guerrear, super shipo ela com o Aedion, ele merece ser amado porque assim como sua prima e outros que eram jovens quando a magia caiu acabaram sofrendo na mão de quem queria dominar a todos. Senti falta do Chaol, porque ele acabou um pouco apagado na história e depois que foi embora para se curar ai não teve nem sinal de fumaça dele.
Eu demorei para ler essa série de livros, mas estou adorando e nem acredito que vou começar a ler o último livro, mas ainda irei compras os livros extras e futuramente quero ler outros livros da autora, vou fazer o mesmo esquema que fiz com Trono de Vidro e comprar pelo menos metade dos livros antes de começar a ler.

Resenha | Doce Lar (Série Sweet #1) - Tillie Cole

 

Título: Doce Lar

Autora: Tillie Cole

Páginas: 320

Nota: 3/5

Aos vinte anos, Molly Shakespeare acha que já sabe de tudo.

Ela leu Descartes e Kant.

Ela estudou em Oxford.

Ela sabe que as pessoas que te amam também te deixam.

Mas quando Molly se muda da cinzenta Inglaterra para começar uma nova vida nos Estados Unidos, ela descobre que ainda tem muito a aprender. No Alabama os verões são mais quentes, as pessoas mais intimidantes e os alunos de sua nova escola muito mais viciados em futebol. Após conhecer o famoso quarterback Romeu Prince, Molly só consegue pensar em seus olhos castanhos, cabelos loiros, físico perfeito... e em como sua vida tranquila e solitária parece estar a ponto de mudar drasticamente.

Opinião:

Molly Shakespeare é uma garota super inteligente que com apenas 20 anos de idade já está cursando o mestrado e saiu da Inglaterra para os EUA para dar continuidade aos estudos, ela é uma jovem que já sofreu muitas perdas em sua família, agora ela está sozinha no mundo e para esquecer sua solidão acabou passando a vida focada nos estudos. Nesse novo lugar faz amizade com suas colegas de quarto, entra em uma irmandade e se apaixona.


Romeo é o quarteback do time de futebol americano, considerado o intocável e com uma possível pretendendo que ele odeia, mas um dia acaba  conhecendo Molly e ele acha a garota fofa, com os seus sapatos chamativos, óculos e toda estabanada. Ele acha ela diferente das outras garotas e gosta disso ainda mais por não saber quem ele é. O jovem com o coração de ferro, não para de pensar na linda garota que conheceu, então o rapaz sempre procura um jeito de estar perto de Molly, seus amigos até sua prima no inicio acham um pouco estranho, porque nunca viram ele apaixonado antes.


Doce Lar é uma história interessante, foi a primeira obra da autora que li e nesse enredo temos praticamente um instalove, já que tudo acontece muito rápido entre Molly e Romeo, ele se interessa por ela bem rápido, gosta de estar com a garota e conversar com ela. Romeo é um personagem bem intenso e que gosta de ter controle nas coisas que é bom, no caso futebol e sexo. Ele não tem um bom relacionamento família e sofreu desde criança nas mãos das pessoas que o deveria amar, só que ocorre ao contrario e seus pais o usam para o que desejam, tentam manipular ele e obrigam a se relacionar com uma garota que não gosta e depois que conheceu a Molly ele acabou até conseguindo dar uma distanciada de todos esses problemas.


Romeo acaba sendo aquele macho territorialista que não gosta de ficar tanto tempo longe da amada, como ele não tinha uma família carinhosa que o amou, quando encontrou Molly que fez seu coração amolecer ele não quis perder quem o amava e também não entendia o amor que a garota sentia por ele. No caso da Molly sua vida não foi fácil, cresceu sem receber o amor de sua família, pobre e que precisou ficar três anos em um lar temporário, então ela tinha um pouco de dificuldade em se conectar com as pessoas e acabava fugindo quando não conseguia lidar com o que estava acontecendo, porém ela conseguiu perceber onde era seu verdadeiro lar, já que nos EUA ela encontrou um amor e verdadeiros amigos. 


Não foi a melhor histórias que li nos últimos tempos, mas eu curti a leitura e li super rápido,  também levei dois dias, aproveito os dias que meu serviço está parado e acabo lendo no celular e confesso que já quero ler as continuações, sei que um é a versão do romeo e os outros fala de alguns amigos do casal, eu vi que esse foi lançado em 2018 e o segundo doce queda foi lançado esse ano, uma distância bem grande de um para o outro, queria conseguir ler em inglês. Os protagonistas do segundo aparecem nesse primeiro só que não sei quando irei ler. Doce Lar está disponível no Kindle Unlimited.

Não foi um sorriso completo. Meu pai dizia que apenas sorrisos completos mostram que alguém está realmente feliz. Ninguém deveria desperdiçar um sorriso completo em algo que não o deixasse superalegre.

Você não pode viver sua vida pelos outros, Rome. Tem que fazer as coisas que você quiser, conquistar os seus sonhos do jeito que quiser. Se estiver feliz, certamente seus pais também vão estar. E, se eles não estiverem, vão superar com o tempo.

Meu corpo te reconhece como algo bom para mim. Minha mente te reconhece como alguém certo para mim, e minha alma te reconhece como alguém feito para mim.
— Você já teve um desses dias em que tudo se transforma em um maldito pesadelo? — disse as últimas palavras bem devagar.

Resenha | De Lukov, Com Amor - Mariana Zapata

 

Título: De Lukov, Com Amor

Autora: Mariana Zapata

Páginas: 582

Nota: 4/5

Se alguém perguntasse a Jasmine Santos como ela descreveria os últimos anos de sua vida em uma única palavra, ela, definitivamente, usaria uma com quatro letras. Depois de dezessete anos e incontáveis promessas e ossos quebrados, ela sabe que as portas para competir na patinação artística estão começando a se fechar. Mas a oferta mais incrível de sua vida surge por meio de um cara arrogante e idiota que ela passou a última década desejando poder lançar na direção de um ônibus em movimento. Então, Jasmine compreende que precisará reconsiderar tudo. Inclusive Ivan Lukov.

 

Opinião:
Jasmine é uma ótima patinadora artística, porém está sem um parceiro e com a carreira parada , então suas horas de treinamento diminuíram e começou a passar mais tempo com sua família. Ela não desistiu do seu sonho, mas anda frustrada por não ter conseguido sucesso no esporte que tanto ama e sente que está decepcionando sua família por conta disso.

Ela tem um "inimigo" que é o melhor patinador e irmão da sua amiga, o Ivan Lukov e esses dois vivem discutindo, porém quando ele fica sem sua parceira para competir, resolve fazer uma proposta para que Jasmine  trabalhe com ele por um ano. Ela fica até assustada com a proposta achando que é brincadeira, até porque os dois vivem implicando um com o outro e não conseguiam ficar no mesmo ambiente sem brigarem, já que Jasmine tem pavio curto e acaba se metendo em confusão, mas apesar da desconfiança ela aceita ser parceira de Ivan e os dois começam a treinar.

No inicio do treinamento eles vivem mandando indireta um para o outro, mas depois resolvem tentarem ser amigos, com isso Jasmine começa a passar mais tempo com o Ivan que aparentemente sempre está atrás dela e até passa a jantar na casa da jovem e ajudar quando a mesma precisa. Os dois se dedicaram a vida toda a patinação artísticas que acabaram ficando solitários e sem muito o que fazer quando não estão treinando por isso começaram a passar mais tempo junto, sem ter essa intenção. Eu gosto de ver os dois juntos e apesar de Jasmine falar que eles se odeiam não era isso que eu sentia quando eles estavam próximo e nem a família dela acreditava, desconfio que Ivan sempre teve uma queda por ela, ainda mais depois do que ele revelou lá mais pro final da história. 

MÚSICA | PLAYLIST DA SEMANA #273

 


Hey pessoal, fiz o poste e esqueci de postar ontem, mas hoje ele saiu por aqui, aproveitei que vim ver se consigo escrever mais um pouco da última parte do TCC, já que fiz minha parte em fazer sala para os parentes que vieram almoçar até agora, porém esse povo já estão planejando fazer um carreteiro para a janta ai se eu for esperar eles irem para fazer minhas coisas, hoje não sairia nada.


Denise Crivelli, 30 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e Administração, viciada em livros, doramas e séries

Facebook

Destaque

LIDOS E NÃO RESENHADOS DE JUNHO

Hey pessoal,  hoje tive que almoçar na empresa e eu pedi uma marmita era 11:08 da manhã  e era 12:40 e nem sinal de vida da minha comida, ti...

Facebook

Caixa de Busca

Seguidores

Arquivos

Posts Populares

Tecnologia do Blogger.