Música | Playlist da Semana #223

 

Hey pessoal, e vamos de mais uma playlist, vou tentar responder os comentários, mas estou tentada para retornar a leitura que estava realizando.


Conhecendo Histórias | Livros da serie Sevenwaters


Sevenwaters é uma série de fantasia histórica que possui 6 livros e inicialmente foi previsto para ser uma trilogia, o primeiro livro foi lançado pela autora em 1999, os livros são escritos pela Juliet Marillier, aqui no Brasil já são 5 livros publicados pela editora Butterfly, o quinto foi lançado em 2019. Conheci essa série por conta de uma parceria com a editora e gostei muito, uma pena que não são muito comentados por aqui. 


Sevenwaters é o nome da região/domínio onde os personagens residem e é controlado apenas por uma família, um lugar repleto de magia, mas não aquele tipo de magia que os personagens lançam feitiços, algo voltado a natureza, a história possui druidas, espíritos da natureza, personagens com o dom da cura, bruxas, personagens que conseguem ver o futuro. Bom todos as protagonistas dos seis livros pertencem a mesma família, são filhas, sobrinhas, irmãos e cada um preciso enfrentar sua própria missão e todas são mulheres, jovens que precisam enfrentar o perigo para encontrar a felicidade e concluir suas missões.


Essa série mostra a força da mulher, onde os homens se mantem forte e não se destroem graças ao apoio e a ajuda dessas mulheres, elas possuem um bom coração e resgatam seus amados da escuridão. Gosto do protagonismo feminino na história, fora que a escrita da autora é envolvente, porém só tenho contato com essa série da autora, não sei dizer se outros livros dela foram publicados por aqui.


LIVROS:

1 - A Filha da Floresta: A protagonista do primeiro livro é Sorcha, os seis irmãos dela foram vítimas de uma maldição lançada pela madrasta da jovem e ela é a única que conseguirá quebrar a maldição imposta a sua família, ela recebeu essa tarefa dos seres da floresta, além disso ao enfrentar as dificuldades da missão ela se apaixona por um guerreiro, um sentimento cada vez mais forte. Esse primeiro foi publicado por aqui em 2012 e possui 608 páginas, faz muito tempo que li ele, ao fazer esse poste deu vontade de reler os primeiros volumes novamente. 

Série | Julie and the Phantoms (Netflix)

Título: Julie and the Phantoms
Episódios: 9
Temporada: 1
Duração: 30 min
Ano: 2020

Sinopse:  Julie (Madison Reyes) é uma adolescente que perdeu sua paixão pela música após o falecimento de sua mãe. Quando os fantasmas de três músicos - que formavam a banda The Phantom e que morreram há 25 anos - aparecem para a jovem, ela sente renascer seu amor por cantar e compor. Cada vez mais envolvida com os garotos, Julie decide ajudá-los a retomar a carreira que nunca tiveram e, assim, cria um novo grupo musical: Julie and the Phantoms.

Baseada na Série Brasileira de 2011 Julie e os Fantasmas 


Opinião:
Julie and the Phantoms é uma série juvenil que estreio recentemente na netflix, foi dirigida por Kenny Ortega que também é responsável por High School Musical e Descendentes, sendo baseada na série brasileira de 2011.
Nessa série conhecemos Julie (Madison Reyes) uma garota que depois que perdeu a mãe, ficou um ano sem cantar ou tocar um instrumento de música, se sentia para baixo e foi até expulsa do programa de música da escola, um dia seu pai pede para que ela limpe o estúdio de sua mãe e lá ela encontra um CD de um grupo chamado Sunsete Curve e quando coloca para tocar aparece três fantasmas lindos e jovens assustando a garota, além disso só ela consegue ver os três, eles morreram aos 17 anos e já faziam 25 anos do acontecimento, os fantasmas são:
Luke (Charlie Gillespie) que fugiu de casa porque a mãe não apoiava o seu sonho, era o vocalista principal da banda. Ele é lindo me conquistou pelo sorriso, fora que canta super bem, temos uma noção maior da sua história e que é triste.
Alex (Owen Joyner) que saiu de casa porque revelou aos pais que era gay, então quando voltou como fantasma nem se preocupou em saber o que  aconteceu com eles. Ele é um fofo, além disso é o mais chorão de todos, adorei ele com o Willie, espero que se tiver uma segunda temporada o relacionamento deles seja mais explorado.
Reggie (Jeremy Shada) ele é o mais engraçado dos três, porém nessa temporada não sabemos muito de sua família, ele até chega citar algumas vezes, porém espero também que aprofundem mais na história dele caso seja renovado.

Além da Julie e dos fantasmas a história possui outros personagens como a família de Julie,  Flynn (Jadah Marie) melhor amiga de Julie, sabe da existência dos fantasmas só que não consegue ver eles, a amizade dela é muito forte com Julie, elas brigam e se apoiam.
Carrie (Savannah Lee May) ex-amiga e agora inimiga de Julie, a garota tem um grupo junto com as amigas.
Willie (Booboo Stewart) outro fantasma e que gosta de andar de skate e trabalha para Caleb (Cheyenne Jackson) que é dono de um hotel ou boate não lembro para fantasmas e ele é o vilão.

Resenha | Destinos do Amor - Amie Knight

Título:  Destinos do Amor
Autora: Amie Knight
Páginas: 301
Nota: 4/5
Skoob: Link

Sinopse: Eu era uma ladra.
A garota invisível que ninguém conseguia enxergar.
A mulher que escolheu ser mais do que isso.
Ele era tudo.
Um cowboy extraordinário que roubou meu coração quando eu tinha dezesseis anos.
O homem devastado por quem eu ainda estava apaixonada, mesmo quatro anos depois.
O trem foi onde nos conhecemos.
Onde nossos destinos entraram em colisão.
Onde as verdades se descarrilaram
O lugar onde nossa história de amor terminou.

Opinião:
Em destinos do amor, conhecemos uma jovem mendiga, que entra em um trem para se aquecer e para tentar roubar alguma comida ou dinheiro para se sustentar, ela tinha dezesseis anos, abandona quando nasceu em uma estação de trem e cresceu entre lares temporários, abrigos e na rua. Nesse dia especifico que ela estava no trem era uma noite muito fria e a jovem se chamava Everly e ninguém nunca prestava atenção nela, até que um Cowboy que estava viajando no trem, lhe oferece um lugar e um pouco de comida, esse gesto nunca foi esquecido por Everly, porque nesse momento ela precisava de um amigo. O estranho cowboy ainda queria ajudar a jovem, só que ela foge ficando só a lembrança.
Em torno de quatro anos se passam desse encontro, Everly foi acolhida por uma ótima mulher que ajuda jovens e crianças, agora já não passava mais fome e tinha onde morar por um tempo, até que ela vai passar o verão trabalhando em uma fazenda que possui plantações de pêssegos e lá reencontra o Cowboy que ela nunca esqueceu, Cole que é funcionário da fazenda e braço direito do dono.

Everly, possui o nome da estação de trem em que foi abandonada, cresceu sem saber o que era ter o amor de uma família, ela precisava sobreviver e com isso acaba roubando para poder comer, quando ela conheceu Cole, ela acabou roubando ele também, então quando ele reencontrou a jovem lembrou do crime que ela cometeu, então Cole a trata com frieza no inicio. Bom sobre a personagem, Everly sofreu muito até encontrar uma pessoa que a acolhesse, ela é uma jovem inteligente que sonhava em fazer faculdade e ajudar as outras pessoas. Quando ela chega na fazenda se dá bem com todo mundo, faz amizade com Cody um cowboy gay e divertido que também tem seus problemas de relacionamento, além de Joe dono da fazenda que é cadeirante.
Aos poucos ela também começa a se aproximar de Cole porque agora ele que precisava de ajuda para sair do fundo do poço, e não da pra negar que a química entre os dois é forte e eu fiquei torcendo para que rolasse um romance logo.

Cole, passou por uma grande decepção no seu relacionamento anterior ao descobrir uma traição, ele esta se sentindo para baixo por conta do que aconteceu, bom imagina a surpresa dele quando entra na cozinha da fazenda e encontra a jovem que o roubou alguns anos antes, então ele já automaticamente não confia nela, só que aos poucos os dois vão se aproximando, na verdade quem da o ponta pé inicial para essa aproximação é a Everley que sempre procura estar perto dele. A química entre os dois é forte, Cole até tenta evitar, ai o homem quer resistir a Everly, mas fica tentando a garota ai ele também fica sofrendo depois. Gostei do Cole e como falei antes adorei o casal.

Na história ainda tem uma revelação sobre a origem de Everly, eu até desconfiei o que era e acertei, foi algo bom para a jovem, ela merecia isso depois da vida sofrida que teve, apesar da vida dela não ter sido fácil ela não se vitimizava pelo que passou, era uma jovem forte e que gostava de trabalhar.
Destinos do Amor foi a terceira história dessa autora que eu li e já quero ler outros, sua escrita é tão envolvente e que valem a pena ler.

Eu já precisei de um amigo. E, por um dia, tive um. Isso fez toda a diferença. Aquele dia de amizade me manteve firme por anos. As memórias estavam lá, para serem revividas, sempre que eu precisava delas.
— Lar não é um lugar. Não é uma coisa. É a sensação que as pessoas proporcionam quando você está com elas. Isto é um lar, Passarinha. Agora, olhe nos meus olhos e me diga que Cole não é o seu lar — ela exigiu. 
Ela parecia pertencer àquele lugar como se fosse uma segunda pele. E a fazenda combinava com ela. Eve a usava como uma rainha da beleza usava uma tiara — como se fosse a porra da dona dela.
Às vezes, raiva, ressentimento ou tristeza nublavam seus olhos, mas eu quase sempre conseguia tirá-los de lá com uma piada ou insolência. Aquele homem me adorava, e eu adorava fazê-lo feliz.



Resenha | Quase noiva (Série Quase Noivas #1) - Nancy Warren

Título: Quase noiva 
Autora: Nancy Warren
Páginas: 175
Nota: 3,5/5
Skoob: Link

Sinopse: Kate Winton-Jones está prestes a se casar com um dos solteiros mais cobiçados da América. Edward Carnarvon III é rico, bonito e pertence a ela. Mas, no ajuste final do vestido de noiva, uma das costureiras a espeta e uma pequena mancha de sangue aparece no tecido escandalosamente caro. Seu famoso estilista despede a moça desajeitada na hora, e esta amaldiçoa o vestido e sai em disparada. Kate não acredita em maldições. Ela é moderna, americana e apaixonada pelo cara perfeito. O que poderia dar errado?Mas naquela mesma noite, ela conhece um homem que a faz questionar seu futuro. E então ela descobre que Edward estava escondendo um segredo ou dois... e antes que possa perceber, está fugindo de Edward, sua família, sua mãe, os paparazzi e a pessoa que pensava ser.Quando ela se apaixona por um investigador particular sexy, decide que é hora de deixar para trás seu bom senso, assim como os sapatos de cetim que ela não usará. Buscar algo seguro não foi a melhor escolha. Talvez seja a hora de seguir um novo conjunto de regras.As regras dela.Kate descobre que às vezes o Sr. Perfeição não é tudo aquilo que ela pensou que ele era.
Opinião:
Kate Winton está noiva e preste a se casar com um homem rico, um casamento como sua mãe sonhava para ela, até que em um jantar seu noivo sai para resolver uns problemas e a deixa sozinha em um restaurante, eis que um desconhecido se senta na sua mesa e começa a bater papo com ela e toda hora Kate fazia questão de lembrar o desconhecido que era noiva, já que ele estava claramente flertando com ela. Depois do jantar Kate vai embora com um pedido do estranho e pensando que nunca mais o veria, até que ela chega na casa de seu noivo e vê esse homem novamente, descobrindo um segredo, com isso termina o noivado e foge de Edward e de sua mãe.

Kate não queria ser encontrada por ninguém, por isso se preparou bastante para não ser encontrada, ela acaba indo para em uma cidade praiana, onde aproveita a tranquilidade e as ondas para um bom surfe, inclusive ela fica até com uma aparência mais saudável. Kate está feliz, sorrindo mais e aproveitando a vida e o surfe que ela tanto gosta, totalmente diferente da mulher que ela precisou ser com Edward, sempre se vestindo de forma mais recatada, pensando muito bem antes de falar algo, ela passou todos os anos de relacionamento com Edward se contendo, sem mostrar quem realmente era e com o seu noivo foi a mesma coisa, ele preferia agir  totalmente diferente com ela e seus pais em vez de mostrar sua verdadeira personalidade e lutar pelo que queria.
Ela estava fugindo do casamento, mas não teve coragem de contar para mais ninguém sobre o fim de relacionamento, ela estava fugindo, porém estava com medo de enfrentar a realidade.

Nick é um investigador particular e o homem misterioso que ela conheceu no restaurante por outro nome, ele se encanta com Kate e quando ela desaparece acaba indo a sua procura e a encontra, então ele aproveita que ela está solteira para investir no relacionamento que inicialmente seria só no verão. Os dois aproveitam os dias juntos, se divertem. Kate é outra pessoa quando está sozinha ou com o Nick, pois ela não precisa esconder sua personalidade. Gostei do casal de protagonistas.

Quase noiva é uma leitura rápida, mas envolvente, só que não esperem profundidade na histórias dos personagens porque não tem, como falei é uma leitura rápida e o número de páginas não possibilita isso. O casal principal é carismático e a escrita da autora é envolvente, então pretendo continuar a ler essa série conforme a cherish for publicando, eu dei nota 3,5, mas não é uma nota ruim, significa que eu gostei da leitura. Super recomendo ele principalmente para quem está sofrendo de uma ressaca literária, uma história que dá para ler em um dia só.

As Palavras escaparam tão rápido que estavam ali, ecoando no silêncio atordoante, antes que ele pudesse retirá-las.
A vida não funcionava daquela forma. A vida era uma brincalhona que lhe oferecia o paraíso e então puxava o seu tapete.
Como ele se apaixonara tão rápido? Pessoas não se apaixonam em questão de dias. Isso era Loucura. Amor se contruía devagar, através do tempo...
— Eu sou uma covarde. — E Dai? Todos nós somos covardes de um jeito ou de outro. Lembre-se do que eu disse. Eu não trabalho com vítimas.
— Certo. — Não pense como uma vítima.

Denise Crivelli, 29 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Parceria

Parceria

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Desafio

Populares

Tecnologia do Blogger.