.

Resenha | Querido Vizinho - Penelope Ward

 

Título: Querido Vizinho

Autora: Penelope Ward

Páginas: 304

Nota: 3,5/5

Depois de tomar um pé na bunda, a última coisa que eu precisava era me tornar vizinha de alguém que me lembrasse do meu ex-namorado, Elec. Damien era uma versão mais sexy do meu ex. O vizinho que eu chamei de “artista irritado” também tinha dois cachorros enormes que me mantinham acordada com seus latidos. Ele não queria nada comigo. Ou era o que eu pensava até que uma noite eu ouvi risadas vindo através de um aparente buraco na parede do meu quarto. Damien estava ouvindo todas as minhas sessões de telefone com o meu terapeuta. O artista sexy agora conhecia todos os meus segredos mais profundos e inseguranças. Nós começamos a conversar. Ele me deu dicas para superar meu rompimento. Tornou-se um bom amigo, mas deixou claro que não poderia ser nada mais. O problema era que eu estava me apaixonando por ele. E por mais que ele me afastasse, eu sabia que ele sentia algo por mim... porque seu batimento cardíaco não mentia. Eu pensei que meu coração havia sido destruído por Elec, mas estava vivo e batendo mais forte do que nunca por Damien. Eu só esperava que ele não o destruísse para sempre.

Opinião:
Chelsea ainda está sofrendo com o termino de seu relacionamento e já faz um ano que aconteceu, ela não entende como que estava tudo bem e depois de uma viagem feita pelo seu ex-namorado Elec  ele ficou estranho com ela e terminou a relação, depois do fim do namoro Elec foi morar em outra cidade e Chelsea mudou para um apartamento mais próximo do seu emprego. Ela tem um vizinho mal humorado que nunca conversa com ela e sempre está grafitando os prédios do local onde mora,  esse homem em questão se chama Damien que apesar de ser mais fechado é um homem bem atraente.

O contato entre Chelsea e Damien começa com ele escutando a conversa de Chelsea com a psicóloga pelo buraco da parede, depois disso a Chelsea vai reclamar com ele a respeito dos latidos dos cachorros e quando não surte efeito e ela vai reclamar com o sindico e dono do prédio acaba descobrindo que Damin é seu senhorio. 

Depois da "discussão" por conta dos cachorros e de outro acontecimento os acabam se aproximando, com isso o coração de Chelsea fica mexido só que Damien faz questão de deixar claro que entre eles só pode ter amizade e até cadastra a mulher em um site de relacionamento. Chelsea fica frustrada que o homem que ela quer está jogando ela para outros, porém Damiem também está interessado nela, mas sabe que ela não é mulher para uma noite só e ela não quer entrar em um relacionamento, não quer se casar e nem ter filhos, porém cada dia que ele fica mais próximo dela fica difícil resistir e ignorar o que sente. 

Damien e Chelsea possuem muita química, mas ele fica repelindo ela para longe e ao mesmo tempo que fica mal humorado quando vê ela com outros homens, falando que as escolhas dela não é confiável. Depois descobrir o porque ele não querer um relacionamento, porque ele tem um problema de saúde e não queria que acontecesse com sua mulher o que aconteceu com sua mãe, porém ele tinha a chance de fazer uma cirurgia preventiva só que no inicio se recusava fazer.

Esse foi a primeira história dessa autora que eu li, mais sei que tem muitos livros dela publicado por aqui e curti essa história, me irritei um pouco, mas gostei da química do casal, de como a Chelsea se apegou aos cachorros dele e os protagonistas tiveram que superar seus medos para que pudessem se entregar a um novo relacionamento. Chelsea sofreu por um ano e mesmo gostando do Damien o que aconteceu com o seu ex acabou mexendo com sua confiança e quando encontra alguém que interessa o homem só quer amizade, ela tenta ser amiga só que essa situação acaba ferindo seus sentimentos e prefere se afastar, o que ela fez foi certo dar uma afastada, porque quando se aproximou de novo o status deles mudaram de uma amizade para um namoro. 

Quem também precisou superar seus medos  foi o Damien, ele teve que entender que era melhor viver feliz com quem ama do que afastar todos por conta de seu problema e ficar infeliz, com a sua doença ele pode ter uma vida longa ou não, porém ele teve sorte de descobrir a doença com antecedência e assim poder se cuidar, já que é uma doença silenciosa que levou o seu pai que não sabia ter problemas.

Como eu li no formato e-book a leitura acabou sendo super rápido e achei envolvente a escrita, apesar da nota eu curti a leitura, mas não foi algo que me pegou tanto igual aconteceu com a leitura que realizei após Querido vizinho, se achar mais livros da autora no K.U provavelmente realizarei a leitura.

Eu não sabia como me recuperar dessa dor ou como voltaria a acreditar no amor. Porque eu realmente acreditei que ele me amava. Acreditei que o amor era indestrutível. Estava errada.

— É porque, às vezes, não tem uma explicação satisfatória para tudo. Você quer uma resposta? Acontece. Essa é a resposta. Pessoas deixam de amar, se apaixonam, foda-se. Faz parte da vida. Você não fez nada de errado.

— Não quero ver você perdendo esse tempo precioso na vida querendo alguém que não vai estar com você no final. Ele foi honesto. Não entendo por que você não ouve o que ele diz. Era difícil ouvir isso e eu realmente não tinha uma resposta. As questões do coração nem sempre são lógicas ou fáceis de explicar.

Não importa quanto tudo isso é assustador, tenho que colocar tudo nas mãos Dele neste momento e agradecer por me abençoar com todas as coisas que eu achava que não poderia ter. 

3 comentários:

  1. oi, tudo bem?
    sempre vejo muita gente falando bem dessa autora, mas ainda não tive oportunidade de ler nada dela.
    Os dois personagens principais devem ter se esforçado para expulsar seus demonios internos. Acho legal quando o enredo vai progredindo aos poucos. Fiquei encafifada com o mocinho ouvindo as conversas dela através de um buraco na parede. Que fofoqueiro hahaha Espero ter a oportunidade de ler esse.
    beijos
    https://duquesaazarada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. é bom quando a gente acha uma autora que nos agrada, né? Eu tenho uma história de amor e ódio com algumas hehehehe. Sobre ler no digital, ainda não me acostumei, muita gente diz que lê mais rápido mas eu não, tenho dificuldade. bjks

    ResponderExcluir
  3. Olá, Denise.
    Depois que li esse livro fiquei querendo ler o primeiro, mas não tem no KU hehe. Mas tem muitos outros livros dela por lá sim. Eu gosto mais dos que ela escreve junto com a Vi Keeland, dá uma olha talvez você goste também.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Denise Crivelli, 30 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e Administração, viciada em livros, doramas e séries

Facebook

Destaque

QUOTES DA SEMANA

Hey pessoal, o poste de hoje iria ser outro só que eu cheguei tão cansada do serviço, é o segundo dia consecutivo que chego muito cansada se...

Facebook

Caixa de Busca

Seguidores

Arquivos

Posts Populares

Tecnologia do Blogger.