12 de outubro de 2016

[Resenha] Achados & perdidos - Brooke Davis:

Título:  Achados & perdidos
Autor: Brooke Davis
Páginas: 252
Editora: Galera Record
Skoob: link

Sinopse: Millie Bird é uma garotinha de apenas 7 anos que já sabe muita coisa. Ela já descobriu que todos nós um dia vamos morrer. Em seu Livro das Coisas Mortas, ela registra tudo o que não existe mais. No número 28 ela escreveu “Meu Pai". Millie descobriu também, da pior forma possível, que um dia as pessoas simplesmente vão embora, pois a mãe dela, abalada com a morte do marido, a abandona numa grande loja de departamentos. Ela só não está triste porque conheceu Karl, o Digitador, um senhor de 87 anos que costumava digitar com os próprios dedos frases românticas na pele macia de sua mulher. Mas, agora que ela se foi, ele digita as palavras no ar enquanto fala. Ele foi colocado pelo filho em uma casa de repouso, porém, em um momento de clareza e êxtase, ele escapa, tornando-se então um fugitivo. Agatha Pantha é uma senhora de 82 anos que mora na casa em frente à de Millie e que não sai mais, nem conversa com ninguém, há sete anos. Desde que o marido morreu, ela passou a viver num mundinho só dela. Agatha preenche o silêncio gritando, pela janela, com as pessoas que passam na rua, assistindo à estática na televisão e anotando em seu diário tudo o que faz. Mas, quando descobre que a mãe de Millie desapareceu, ela decide que vai ajudar a menina a encontrá-la. Então, a adorável garotinha, o velhinho aventureiro e a senhorinha rabugenta partem em uma busca repleta de confusões e ensinamentos, que vai revelar muito mais do que eles imaginam encontrar.
Opinião:
Hey pessoal, a preguiça anda me dominando ai ando mega desanimada até para postar aqui acreditam, mas vamos falar agora sobre o livro.
Em achados & perdidos conhecemos uma garotinha de 7 anos chamada Millie, ela perdeu o pai e depois disso sua mãe perdeu o sentido, levou a garotinha para o shopping e mandou ela esperar, mas não vou, então millie espera e ela até sabe voltar só que quer cumprir as ordens de sua mãe. Ela é uma garota fofa, ingênua e depois da morte de seu pai começa a anotar em um caderno , ela acaba encontrando dois idosos que se tornam amigos e que vão ajudar ela nessa jornada, eu fiquei morrendo de dó dela e deu vontade de entrar no livro, abraçar ela e falar que tudo iria da certo.

“Mas a gente devia poder abraçar todas as mães que não são nossas, porque algumas pessoas não têm mãe – e o que vão fazer com todos os abraços que elas têm?”
Karl é o idoso que gosta de digitar até sem teclado e ele fugiu da casa de repouso, um homem que amou muito a falecida esposa e que sempre está pensando, não é só porque ele envelheceu que se tornou um homem sem capacidade de fazer nada,  ri muito dele já que se meteu em cada situação, ele estava vivendo e se sentindo útil, fora que ele e a Agatha vivam discutindo, mas os dois eram solitários e viram que já estava na hora de amar novamente.
Já a Agatha é uma mulher sem trava na linguá, gosta de criticar e muitos outras pessoas, fala super auto e tem uma boa um pouco suja, ela viveu sete anos trancada em sua casa e o momento de se superar chegou, ela até parece ser uma mulher sem sentimentos, mas ela tem um bom coração e essa nova aventura é uma nova chance que ela está ganhando de aproveitar a sua vida, depois de tantos anos sozinha e em casa.
Os personagens desse livro são apenas uma criança e dois idosos e um primeiro pensamento é o que eles poderiam fazer por essa garotinha, vai por mim eles realmente se empenham para ajudar ela, apesar das discussões e até se tornam próximos, fora que  algumas atitudes deles são de adolescentes até roubam acreditam.
A história é bem envolvente, a Millie coo eu disse antes me tocou ela queria encontrar a sua mãe e pensava que o abandono era sua culpa, fora que ela tinha medo de também ser abandonada pelos seus amigos, esse pensamento estava pairando sobre ela e toda vez que ela falava Sinto muito mamãe meu coração se participa, já que ela é jovem e não entende que ela não é responsável. 

“ Que horas são, Digitador?, pergunta Agatha, apanhando bruscamente seu sanduíche, como se alguém pudesse roubá-lo.Karl olha para seu antebraço. Sarda e meia, segundo meu relógio, diz ele. Que horas são, Millie?
Cabelo em ponto, Cabelo em ponto, diz ela, rindo.”



Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Parece ser um livro lindo. Livros que tem como personagens principais crianças sempre tem algum ensinamento, daquele tipo pra levar pra vida.

    janeladememorias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha e sinceramente foi a única que me fez ter vontade de ler esse livro, a premissa é bem interessante. ♥
    Art of life and books,

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livro lindo demais. Amei a resenha me deixou com muita vontade de ler.
    Beijinhoos. ❤
    Espero sua visita.
    www.amordeluaazul.com.br

    ResponderExcluir
  4. Conhecendo esse livro agora e despertou minha vontade de ler ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise

    Não é você que está desanimada e com preguiça. Eu também estou, qusse não postei hoje! Mas temos que fazer uma forcinha, né?

    Eu venho lendo resenhas super positivas a respeito desse livro, mas algo nele não me chama tanto a atenção. Acho que é o fato da protagonista ser muito novinha.
    Já tenho uma sioer raiva da mãe dela por tê-la abandonado no shopping!!


    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  6. Oie,
    não conhecia o livro, mas parece ser bem legal, curti.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  7. Aii que dó dessa criança!
    Senti a dor de ficar sozinha só lendo a resenha...

    Aguardo você no meu cantinho. Beijos, jeh
    https://colecionadoresdelivross.blogspot.com.b

    ResponderExcluir
  8. O livro já tá na minha lista de compras da BF, ameei a resenha ❤
    Beijoos!
    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
  9. Oie
    este livro parece ser emocionante, fiquei com bastante vontade de ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, parece ser linda a história, vou anotar a dica aqui e quem sabe eu leio né haha

    ResponderExcluir