Música | Playlist da semana #86:

Hey pessoal, demorou mais saiu o posto de música de hoje, espero que vocês curtam. Hoje não to no clima de ficar escrevendo por conta do calor.

Quotes da Semana:

Hey pessoal, como foi o feriado de vocês? o meu infelizmente foi estudando, mas pelo menos deixei a minha sexta mais tranquila, para continuar os trabalhos no sábado.

“E sabe o que eu vejo agora? Que só o amor não é suficiente. Eu mereço mais, Mereço ser amada e respeitada; mereço me sentir querida por aquilo que eu sou. Mereço ter a total confiança do homem que está ao meu lado.” (Cadu e Mari -  A.C. Meyer)
"Estamos aqui para salvar vidas, e me pergunto qual o ponto de aprender tudo que venho aprendendo se não tiver ao menos uma chance para tentar salvar alguém."(A Segunda Chance de Zoe - Layla Casanova)
"Não existe uma vida sem alguns machucados, sem uma dor aqui e outra ali. Isso não quer dizer que não vale a pena. Eu não posso impedir que ele aprenda com seus erros, porque não tenho uma resposta para o que ele"  (A Segunda Chance de Zoe - Layla Casanova)
“Penso que nós, gente vulgar, talvez tenhamos esquecido a verdade básica: que não temos o direito de julgar os outros.“ (Confissões -Kanae Minato)
“ – Me diga uma coisa, você subestima todo mundo ou só a mim? É porque sou uma garota?– É porque você é humana – explodiu ele. – Porque você pode ser a alma mais valente e destemida que eu já conheci, mas ainda é muito mais feita de carne e osso do que de poder. Astrid Dane é feita de magia e maldade”. ( Um Tom Mais Escuro de Magia-  V.E. Schwab)

TOP 5| Cinco livros que tenho na minha estante e ainda não li:

Hey pessoal, tenho mais de 20 livros acumulados na estante e que ainda não consegui ler, como fica difícil selecionar todos peguei só cinco para mostrar para vocês. Em breve irei ler eles.


Sinopse: A trilogia Crônicas de Amor e Ódio chega ao fim de maneira arrasadora. A história de Lia inspirou muitos leitores a embarcarem em uma jornada extraordinária repleta de ação, romance, mistérios e autoconhecimento, em um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson, onde o poder feminino é a força motriz capaz de mudar e fazer toda a diferença no novo mundo em construção. Lia sobreviveu a Venda, mas não foi a única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder.  Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.


Sinopse: Com uma narração intrigante, não linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico.







Sinopse: Aos 25 anos, a doce Julie Barenson perdeu seu grande amor para uma doença impiedosa. Porém, ao partir, o marido lhe deixou dois presentes inesperados: um filhote de cão dinamarquês chamado Singer e a promessa de que cuidaria dela para sempre, onde quer que estivesse. Quatro anos depois, Julie enfim está pronta para tentar amar de novo e se vê dividida entre Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como uma rainha, e Mike Harris, um mecânico gentil que – junto com Singer – tem sido seu melhor amigo desde que ficou sozinha. Ela tem que tomar uma decisão. Só não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha transformará sua vida num pesadelo causado por um ciúme tão doentio que está a um passo de se tornar criminoso. O guardião contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas desta vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de muito suspense.


Sinopse: A guerra está chegando ao fim. Mas o planeta só pode ser salvo se todos se unirem para lutar. Último livro da série Os Legados de Lorien, Unidos somos um chega à sua conclusão repleto de surpresas e reviravoltas de tirar o fôlego. A guerra entre a Garde e os mogadorianos, que por tanto tempo ocorreu em segredo, tornou-se um conflito global. Agora, os humanos não só precisam lidar com a realidade de que alienígenas existem, mas também que terráqueos estão começando a manifestar poderes sobrenaturais. Além de adolescentes espalhados por todo o mundo que desenvolveram Legados, a Garde também vai poder contar com o reforço do Exército dos Estados Unidos, que conseguiu reunir uma equipe livre de agentes de infiltrados. No entanto, será necessário proteger esses novos recrutas sem treinamento, já que os mogs parecem interessados demais em usá-los para seus planos misteriosos. Só que John Smith não é mais o mesmo. Depois de perder as pessoas que mais amava nesse conflito, o Número Quatro não parece disposto a permitir que haja mais vítimas. E com um incrível poder recém-descoberto, John pode ser a arma mais forte contra os mogadorianos.  Mas que sacrifícios serão necessários na batalha final? Será que John abrirá mão da própria vida para proteger os demais? Em um desfecho cheio de ação e decisões difíceis, o destino da Garde nunca mais será o mesmo.


Sinopse: Abandonado pelos pais. Criado por corvos. Caçado pela escuridão. Caw, abandonado pelos pais quando tinha apenas 5 anos, sobrevive sozinho numa cidade governada pelo crime. Mas ele não está desamparado- é o último representante da linhagem dos ferinos de corvos e tem o poder de comandar e conversar com as soturnas aves. Caw vive escondido em um ninho, no alto de uma árvore, no parque da cidade de Blackstone, até que uma fuga na prisão local o força a se revelar aos humanos... E à Lydia, a filha do diretor do presídio. Juntos descobrem que os fugitivos também são ferinos que planejam trazer seu temido líder, o Mestre da Seda, de volta da Terra dos Mortos. Para impedi-los, Caw e Lydia precisam encontrar os ferinos que se escondem pela cidade e convencê-los a mais uma vez lutar pelas forças do bem.

Conto | Só Por Uma Noite - Renata Varela:

Título:  Só Por Uma Noite
Autora: Renata Varela
Página: 47
Skoob: Link

Sinopse: "Às vezes, tudo o que você tem que fazer é olhar em volta e perceber que tudo o que você precisa está bem ao seu lado."  O que você faria se o amor de sua vida morasse bem ao lado, mas vocês nunca tivessem se encontrado até o dia que ele está se mudando?  Alex e Alexia se encontram em circunstâncias não favoráveis, e o tempo que os resta para fazer alguma coisa acontecer é de, apenas, uma noite. Algumas horas serão determinantes para traçar o destino dos dois. Será só um laço de amizade criado em poucas horas, ou um romance apaixonado está sendo construído sem que eles percebam?

Opinião:
Só por uma noite é um conto curtinho da Autora Renata Varela, nele conhecemos Alexia que após chegar de um dia cansativo é obrigada a subir escadas e ao descansar antes de entrar em seu apartamento ela conhece Alex. Depois de uma conversa um pouco confusa ela descobre que ele foi seu vizinho por mais de um ano e eles nunca se encontram antes e agora ele está de partida, mas ao ajudar Alex ao organizar sua mudança  eles acabam conversando bastando e se conhecendo nessas poucas horas que restam antes dele partir.
 É um conto gosto, eu gosto de contos, mas as vezes queria saber mais dos personagens que acaba não sendo tão aprofundando, mas no jogo de mentira e nas perguntas de um outro jogo acabamos conhecendo um pouco mais de ambos e descobrindo o motivo de o porque Alex estar de partida. 
Bom e desde o momento que esses personagens começar a conversar, podemos notar uma tensão entre os personagens e o interesse, mas a coragem e momento certo parecia nunca chegar para eles. Ambos são personagens sozinhos  e com algo que desejam mudar em sua vida.
Eu gostei do conto e li ele super rápido, com uma escrita leve e gostosa.  Não tenho muito mais o que falar porque a história é curta, mas é legal ver a interação e a conversa dos personagens.

"Cavalos e espadas. Alexia voltou a delirar sobre fantasia medieval. Alex dava cada vez mais deixas para que ela viajasse completamente em sua imaginação."
"Pfff, Alexia pensou; tem, tem algo que você possa fazer sim, mas estamos confundindo os sentimentos aqui. Você pode me livrar desse calor que está subindo, por favor? Agradecida."

Resenha | Um Tom Mais Escuro de Magia #1 - V.E. Schwab:

Título: Um Tom Mais Escuro de Magia
Autora: V.E. Schwab
Páginas: 420
Nota: 4,5/5
Skoob: Link

* Cedido pela editora
Sinopse: Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.
Opinião:
Hey pessoal, era para ter resenhado esse livro antes da Bienal começar, mas acabei me enrolado com algumas coisas e ainda bateu um desanimo esses dias, mas enfim trago a resenha dele agra e espero que gostem.
Nessa  historia conhecemos Kell que é um Antari e consegue viajar ara mundos diferentes, ele vive na Londres Vermelha  e foi criado pela realeza. A Londres Vermelha possui magia mas não chegam a usar de forma sedenta. Os outros mundos são a Londres Cinza que não possui mais magia; A Londres Branca que possui magia e são bem perigosos e por fim a Londres preta que foi destruída.
Kell funciona como um garoto de recado, levando bilhetes entre essas Londres para que a harmonia possa ser mantida. Só que toda vez que viaja faz algo que não devia e quando retorna para a Londres vermelha acaba se metendo em um grande problema e ele precisa fugir e encontrar uma forma de resolver o que aconteceu, no meio disso tudo acaba conhecendo Lila que o chantageia para viajar junto entre os mundos. Os dois acabam formando uma boa dupla. 

“ – Me diga uma coisa, você subestima todo mundo ou só a mim? É porque sou uma garota?– É porque você é humana – explodiu ele. – Porque você pode ser a alma mais valente e destemida que eu já conheci, mas ainda é muito mais feita de carne e osso do que de poder.Astrid Dane é feita de magia e maldade”.
Kell é mistério, ele parece ter uma boa vida, foi criado pela Realeza, é um Antari o que é um pouco complicado, mas sente que ainda falta algo e parece estar procurando alguma coisa que nem sabe o que é. Apesar de ser considerado importante acaba quebrando regras e só o seu irmão sabe que ele contrabandeia coisas de outros mundos . Ele transmite uma sabedoria e uma calma mesmo nos momentos de mais ação, fora que ele parece ser mais velho do que é.  Adorei o personagens e acho que grandes coisas ainda estão para acontecer com ele, espero que não sejam só ruins.
Lila é da Londres Cinza e sonha em navegar em um barco, mas para isso precisa sempre estar roubando. Ela é uma garota que teve que aprender a ser forte desde criança, inclusive matar na adolescência para a sobrevivência. Ela é independente e mão leve.  Estou com uma teoria do que ela pode ser, que surgiu depois do encontro de Lila com o Tieren já que ele descobriu algo que ninguém percebia ao olhar para ela, quem já leu tem alguma teoria também?
Holland é um vilão, mas tem alguns momentos que cheguei a sentir dó dele, pois ele sempre sofreu e a consequência é a pessoa que se tornou, ele era uma posse de um rei, um escravo que não era considerado família e precisava fazer tudo que seu soberano manda. Apesar de ter dó dele em alguns momento, eu também senti raiva por conta das coisas que ele chegou a fazer como Kell.

 Um Tom Mais Escuro de Magia  é um ótimo livro, com ação, mistério já que um artefato misterioso aparece com Kell e ele não fazia ideia da onde ele tinha vindo, com traições de personagens e a luta pelo poder, além de pessoas mais sedentas por magia.
Eu queria ter feito uma resenha mais completa como umas que andei vendo, mas a dificuldade para escrever a resenha é grande, pois é uma história que tem um pouco de complexidade, mas uma leitura fácil. O livro é dividido em quatorze parte com títulos diferentes e os capítulos são bem rápidos de se ler, não são tão extensos o que deixa a história mais dinâmica, já que as vezes capítulos muitos longos deixam a história cansativa.
Gostei dos personagens, Kell que transmite uma sabedoria e parece ser mais velho do que é, e olha que ele  tem 21 anos e Lila uma jovem mulher que já viu muita coisa e que é independente, luta pelo que deseja inclusive com grande importância na história. Um personagem que curti e que apareceu pouco foi o Ryan o príncipe e irmão de Kell, ele é daqueles mulherengo, engraçado e com um semblante mais leve comparado a de Kell, espero que ele apareça mais nos próximos livros.

Esse foi o segundo livro da autora que leio, mas adorei esse, já que a minha primeira experiência com a escrita dela não foi positiva. Não podemos julgar um autor apenas por um livro.
"Na verdade, ninguém sabia o que levava ao nascimento de um Antari. Alguns acreditavam que era obra do acaso, uma jogada de sorte. Outros diziam que os Antari eram divinos, destinados a grandes feitos. [...] Mas independente das teorias sobre como surgiam, a maioria acreditava que os Antari eram sagrado. Escolhidos pela magia ou abençoado por ela, talvez. Mas certamente marcados por ela."
"Algumas pessoas dizem que a magia vive na mente, outras no coração – falou Holland calmamente – Mas você e eu sabemos que ela vive no sangue." -

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Desapegando

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.