[Dorama] Pinocchio:

Título: Pinocchio
Episódios: 20
Pais de Origem: Coreia do Sul
Ano: 2014
Áudio: Coreano
Legenda: Português Brasil
Onde Encontrar: Online  | Download

Sinopse: O drama conta a estória de um quarteto de repórteres novatos e habilidosos que estão a ponto de se lançarem em seu primeiro campo de batalha social aos 20 anos. Park Shin-Hye interpreta a heroína que sofre da síndrome de Pinóquio, o que faz com o que ela tenha crise de soluços toda vez que conta uma mentira. Lee Jong-Seok faz o papel de um jovem repórter que trabalha na bancada de notícias há um ano, mas devido a sua aparência relaxada — cabelo tigelinha, roupas surradas — ninguém presta muito atenção nele. Mas o que ninguém sabe é que ele possui uma memória extraordinária e muito jogo de cintura. Kim Young Kwang é um herdeiro chaebol que sempre teve uma vida de conforto e nunca precisou viver entre a “plebe” enquanto crescia. Lee Yubi interpreta uma ex- líder de um fã clube (no ensino médio e na faculdade) que utiliza toda sua habilidade de fã “roxa” no trabalho como repórter.
Elenco: Park Shin Hye, Lee Jong Suk, Kim Young Kwang, Lee Yoo Bi, Lee Pil Mo, Min Sunf Wook e Kang Shin II.

Opinião:
Comei a assistir esse dorama por dois motivos, sou fã dos protagonistas Shin Hye e Jong Suk e a sinopse me chamou a atenção. Achei diferente e também fala de assuntos como o Jornalismo e que uma noticia manipulada ou dada em ter muita informação pode prejudicar outras pessoas e até destruir famílias, fugindo da ética do Jornalismo.
Choi In Ha  é uma garota que te uma doença chamada Pinocchio onde ela soluça toda vez que mente ( a doença não exite na vida real) por esse motivo ela nunca consegue contar mentiras e quando tenta seus soluços a entrega, ela sonha sem ser uma grande Jornalista como a sua mãe que por sinal nem parece lembrar que ela exite. O Seu avó pegou um garoto para criar e cuidou dele como se foce o seu filho morto. Ela cresceu junto com Dal Po na qual ela era obrigada a chamar ele de Tio e viviam brigando, mas ela nem imaginava que ele sempre foi apaixonado por ela.
Dal Po cresceu com a família de In Ha e também com um desejo de vingança pela Jornalista que levou a sua família a ruína por ter inventado uma mentira sobre seu Pai o culpando por apenas poucas provas. Ele é um garoto super inteligente e a mulher que ele tanto odeia é a mãe da pessoa que ele amou desde sua infância, ele também decide virar jornalista e começa a trabalhar em uma empresa rival que a In Ha trabalha. Mesmo tentando se afastar do amor que sente por ela, ele não acaba resistindo e diz que ama In Ha até porque ela também ama ele e não pode mentir a respeito disso.

[Resenha] Cidade de Papel:

Titulo: Cidade de Papel
Autor: John Green
Páginas: 344
Skoob: Link

Sinopse: Quentin Jacobsen e Margo Roth Spiegelman são vizinhos e amigos de infância, mas há vários anos que não convivem de perto. Agora que se reencontraram, as velhas cumplicidades são reavivadas, e Margot consegue convencer Quentin a segui-la num engenhoso esquema de vingança. Mas Margot, sempre misteriosa, desaparece inesperadamente, deixando a Quentin uma série de elaboradas pistas que ele terá de descodificar se quiser alguma vez voltar a vê-la. Mas quanto mais perto Quentin está de a encontrar, mais se apercebe de que desconhece quem é verdadeiramente a enigmática Margot. Um romance entusiasmante, sobre a liberdade, o amor e o fim da adolescência.

Opinião:
 Depois de tanto ler resenhas negativas e positivas desse livro, consegui comprar meu exemplar para tirar minhas conclusões.  A resenha vai ser mais básica já  que existe milhares de resenhas sobre ele. 
Quentin é um garoto nerd que sempre foi apaixonada pela Margo sua vizinha e ex-amiga de infância, ela era o assunto  que ele mais gostava de falar. Uma noite dessas Margo entra em seu quarto e o convida para uma noite de aventura, depois de se vingarem de umas pessoas e invadirem alguns lugares Q fica imaginando como sera no dia seguinte na escola, se que margo some e isso já é algo que todos estão acostumados, mas Q acredita que Margo deixou algumas pistas para ele encontrar ela e junto com seus melhores amigos Ben e Radar eles entram nessa jornada para desvendar as pistas e encontrar Margo.
"Quanto mais eu trabalho, mais percebo que os seres humanos carecem de bons espelhos. É muito difícil para qualquer um mostrar a nós como somos de fato, e é muito difícil para nós mostrarmos aos outros o que sentimos."

[Série] The Librarians:

Título: The Librarians
Episódios: 10
Ano: 2014
Temporada: 1
Canal: TNT

Sinopse: Gira em torno de uma organização antiga escondida sob a biblioteca pública Metropolitan, que resolve mistérios impossíveis, combate ameaças sobrenaturais e recupera poderosos artefatos de todo o mundo. Nos últimos 10 anos, Flynn Carsen tem servido como o bibliotecário, coletando e protegendo esses artefatos e impedindo que caiam em mãos erradas. No entanto, o trabalho de bibliotecário tornou-se mais do que uma única pessoa pode controlar. Para ajudá-lo em suas funções, a Biblioteca recrutou quatro pessoas de todo o mundo: Eva Baird, uma agente contra-terrorismo altamente qualificada que é responsável por proteger o grupo e mantê-los todos vivos; Jake Stone, um trabalhador do petróleo em Oklahoma com QI de 190 e conhecimento enciclopédico da história da arte; Cassandra, uma jovem peculiar com o dom especial de alucinações auditivas e sensoriais ligados à recuperação da memória, conhecida como sinestesia; e Ezequiel Jones, um mestre de novas tecnologias e aficionado de crimes antigos.
Elenco: Rebecca Romijn, Christian Kane, Lindy Booth, John Kim, John Larroquette e Noah Wyle.

Opinião:
Quando vi o trailer dessa serie fiquei interessada em assistir, mesmo não tendo muitas pessoas não comentando a respeito dela.  Fiquei sabendo que ela é baseada em uma trilogia de filmes que eu não me lembro de ter assistido.
È uma série que traz mistério, comédias e cada episódio é um caso diferente para ser selecionado, pelos Bibliotecários. E tudo começou quando Eva é chamada para ser guardiã de Flynn ela não acredita em magia  e Flynn viveu 10 anos sem uma guardiã e acha que pode viver muito bem sem ela, até que pessoas que eram pretendentes a ser Bibliotecários começaram a morrem e com isso os dois foram atrás dos três restantes Jake, Cassandra e Ezequiel cada um especializado em áreas diferentes. Nesse meio tempo Flynn vai para uma outra missão tentar descobrir como trazer a Biblioteca de volta e com isso Eva fica responsável pelos outros três em ajudar eles nas missões.

[TAG] Literária:

Olá Pessoa, fui indicada para uma Tag pela Ana Carolina do blog Cantinhodacarolll, fazia tempo que não era indicada para uma.


1-Qual o primeiro livro que você leu na vida? (Não vale livro didático, nem livro infantil ilustrado.)
R: Eu não me lembro muito bem, li até livros do Sitio do Pica Pau amarelo, mais o que realmente me fez viciar foi Harry Potter.

2-Quem ou o que te incentivou a ler?
R: Minha Mãe elá sempre comprava livros infantis para mim, e ela pagava os que comprava depois que me tornei viciada em leitura.

3-Existe algum livro que você deseja muito ler/ter, mas ainda não conseguiu?
R: Vários, mais atualmente é o Sangue do Olimpo só falta ele e eu estou super agoniada para comprar.

4-Qual livro você leu mais de uma vez ou pretende reler?
R: O que mais li foi A Menina que Roubava Livros e também tem um que pretendo ler é Palavras Envenenadas (esse livro é muito bom)

[Resenha] A garota que tinha medo:

Título: A garota que tinha medo
Autor: Breno Melo
Páginas: 252
Skoob: Link

Sinopse: Diagnosticada com a síndrome do pânico, tudo o que Marina deseja é encontrar um lugar confortável neste mundo. Numa narrativa em primeira pessoa, detalhada e realista, Marina nos expõe sua vida amorosa e sexual, universitária e profissional, religiosa e familiar. Psiquiatras e psicólogos fazem os papéis de heróis neste livro tão impactante quanto revelador, que tem suas partes de amizade e amor ao próximo. Como não se emocionar com Péqui ou não se apegar ao veterano de guerra que cuida de Marina? A agorafobia é outro tema abordado de maneira tocante nestas memórias. Um drama original, escri- to em linguagem incrivelmente acessível, para quem deseja conhecer a síndrome do pânico, seus possíveis desdobramentos em nossas vidas e aqueles tratamentos mais famosos. Um romance moderníssimo, humano e esclarecedor.
Opinião:
O Autor entrou em contato comigo, perguntando se eu tinha interesse em ler o livro e em Dezembro ele chegou mais só peguei para ler agora no inicio de Janeiro. Pela Sinopse o libro parece ser interessante.
Marina é uma garota comum que passou na faculdade de Jornalismo e têm um namorado, mas em um dia normal antes de sair ela começa a gritar e a chorar, ou seja teve a primeira crise de Panico dele, depois disso os ataques se tornaram mais frequentes, mas ninguém sabia o que era e ela tinha vergonha desses acontecimentos e acabou ficando com medo de frequentar os lugares na qual teve as crises inclusive em seu quarto. Até  seu namorado a abandou e a chamou de louca. Com as crises ela foi se tornando cada vez mais reclusa e não saia para mais nada, nem ir a Igreja até que começou a fazer os tratamentos recomendados e tomar remédios. A doença foi um enorme obstaculo em sua vida que depois de conselhos ela foi a luta para vencer.

"Não quero outro distúrbio mental, pensei novamente. Na verdade, eu não queria distúrbio algum. Eu só queria concluir a faculdade e ter um namorado. Mas o médico não lia pensamentos."

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.