MÚSICA | PLAYLIST DA SEMANA #99:

Hey pessoal, tudo bom com vocês espero que sim. Bom uma nova playlist como de costume, esse ano não estou no clima para o natal por conta de alguns acontecimentos, por isso não fiz uma playlist especial para a época, mas espero que curtam e eu desejo adiantado um Feliz Natal.


TOP 5 | Favoritos de 2017

Hey pessoal, esse ano não li todos os livros que queria, mas felizmente as minhas leituras desse ano a grande maioria foram boas, espero que em 2018 seja assim também.


Sinopse: West Yorkshire, 1977. Um assassino em série está aterrorizando o pequeno condado inglês, e a polícia encontra dificuldade em resolver o caso – mesmo tendo interrogado o assassino (sem o saber) nada menos que nove vezes. Enquanto a história se desenvolve ao seu redor, Una, então com 12 anos, vivencia uma série de atos violentos pelos quais se culpa. Por meio de um entrelace de imagem e texto, Descontruindo Una examina o significado de se crescer em meio a uma cultura na qual a violência masculina não é punida ou questionada. Com uma retrospectiva de sua vida, Una explora sua experiência e se pergunta se algo realmente mudou, desafiando a cultura que exige que as vítimas de violência paguem por ela



Desconstruindo Una é uma graphic novel que li logo no inicio de 2017, é uma história pesada tratada com delicadeza, pois fala de abuso infantil e tudo que se passou na vida da personagem, esse livro é baseado na história real da autora, é como se fosse seu diário pessoal.


Quotes da semana:

Hey pessoal, tudo bom com vocês? espero que sim, bom tenho novidades, hoje eu encerrei o estágio que fazia e recebi a noticia que todos os estagiários serão contratados, com isso pra facilitar  e não deixar o blog tão parado mesmo fazendo os postes no final de semana pra postar durante a semana, vou procurar um colaborador, vou fazer primeiro a proposta para uma amiga e ver se ela aceita.
" Às vezes você fica tão presa na própria cabeça que não... Bem, você não vive de verdade. [...] é só que às vezes acho que você perde o que está acontecendo ao seu redor, porque está preocupada demais com o que os outros estão pensando sobre você e suas escolhas." (O Problema do Para Sempre-Jennifer L. Armentrout)
"Se alguém estivesse prestando atenção aos sinais, teria percebido que o ar fica esbranquiçado quando as coisas estão prestes a acontecer, os cortes de papel significam que há mais coisas escritas na página, palavras que os olhos não podem ver, e os pássaros estão sempre a postos, para protegê-lo daquilo que você não vê." (O Pessegueiro -Sarah Addison Allen)
"Era só uma questão de tempo até que tudo viesse à tona. Segredos nunca permanecem sepultados, independentemente do esforço que você faça." (O Pessegueiro -Sarah Addison Allen)
"Sempre há alguma coisa para descobrir  - sugeri"  ( Lock & Mori -  Heather W. Petty)
"Não acredito nas pessoas, mas, para abalar com minhas convicções, existem os... atos de bondade. (...) Os atos altruístas enfraqueciam as minhas crenças e, por mais que eu resista, insistem em me surpreender." (13 - FML Pepper)

Resenha | O Problema do Para Sempre - Jennifer L. Armentrout:

Título:  O Problema do Para Sempre
Autora: Jennifer L. Armentrout
Páginas: 392
Notas: 5/5
Skoob: Link

Sinopse: Mallory viveu muito tempo em silêncio. Mas o destino lhe reserva um novo desafio. E ela percebe que está na hora de encontrar a própria voz  Já na infância, Mallory Dodge percebeu que só poderia sobreviver se ficasse calada. Teve que aprender a ficar o mais quieta possível. Aprendeu a passar despercebida. A se esconder. Mas agora, após ter sido adotada por pais amorosos e dedicados, ela precisa enfrentar um novo desafio: sobreviver ao último ano do Ensino Médio numa escola de verdade. O que Mallory não imaginava é que logo no primeiro dia de aula daria de cara com um velho amigo que não via desde criança, quando viviam juntos no abrigo. E começa a notar que não é a única que guarda cicatrizes do passado, além de uma paixão adormecida e inevitável.
Opinião:
 Hey pessoal, faz uma semana que terminei a leitura desse livro, mas só hoje consegui trazer ela para vocês. Esse é o segundo livro que leio da autora e nenhum foi da saga lux da qual ela é muito conhecida. Bom nessa história conhecemos  Mallory uma garota de 16 anos que irá para escola pela primeira vez depois de 4 anos sem ir em uma por conta de algumas coisas pesadas que aconteceram em sua infância e ela acaba reencontrando Rider um garoto que morava no mesmo lar que ela e que acabaram se separando, ela teve sorte já que foi adotada por uma boa família,  ele não foi adotado mais foi para um lar que apesar das dificuldades são boas pessoas. Os dois eram melhores amigos e viviam juntos em uma situação difícil, eles precisam aceitar que o passado não pode mudar, principalmente a família da Mallory que precisa aceitar o passado para seguir em frente.

" Às vezes você fica tão presa na própria cabeça que não... Bem, você não vive de verdade. [...] é só que às vezes acho que você perde o que está acontecendo ao seu redor, porque está preocupada demais com o que os outros estão pensando sobre você e suas escolhas."
Gente essa é uma história mega envolvente e gostei de mais do livro da autora, nele temos a Mallory que é uma garota fechada, com dificuldades de se expressar e de interagir com as pessoas, muitos chegam a pensar que ela é muda, quando ela começa a estudar em uma escola acaba que ser um desafio cheio de obstáculos que ela vai enfrentando e vencendo aos poucos, além de começar a  confiar nas pessoas e a personagem acaba evoluindo no decorrer da história, ela cria forças e aprende a ser ela mesma para seus pais adotivos. Apesar de ser uma personagem frágil, ela precisou ser muito forte para sobreviver a uma infância difícil e tudo foi retratado de uma forma delicada.
Já o Rider adora ajudar as pessoas, mas tem dificuldade para imaginar um futuro e acreditar no seu talento, ele tenta esquecer os problemas ajudando os outros e se for ver bem ele está bem quebrado, mas ninguém ao seu redor percebe isso, gostei bastante do personagem, ele não é um bad boy, é respeitoso, amoroso, ou seja, um bom rapaz. Eles desenvolvem um romance simples, delicado e os personagens se amam e juntos tentam superar seus problemas.
Gente esse livro merecia uma resenha mil vezes melhor, mais não me sinto na capacidade de escrever uma boa, pois a dificuldade é grande, mas O Problema do Para Sempre é um livro com temas como abuso infantil, adoção e que apesar de tudo que os personagens passaram a história transmite tudo de uma forma delicada e que se desenvolve aos poucos conforme os personagens vão vencendo os seus medos.
É bom ler um livro em que as informações vão aparecendo quando necessários e não jogados para o leitor tentar decifrar,  super indico a leitura.

"Rider tinha dito que nada é para sempre, mas algumas coisas, algumas cicatrizes, são profundas demais para desaparecer."
 "Nós todos acreditamos ter a garantia de que as coisas que amamos vão durar para sempre. Mas o problema do para sempre é que ele realmente não existe." 



Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.