Música | Playlist da semana #56:

Hey pessoal, tudo bom com vocês? essa semana minha foi tão tensa e cheia de problemas, ainda bem que acabou se não eu iria ficar louca, agora vou poder e dedicar melhor ao blog, vou aproveita hoje e fazer alguns postes se der tempo.

Desapegando | Sorteio Entre Corações e Calibre 40:

Hey pessoal, trago mais um sorteio do desapego e dessa vez são dois livros sorteados para uma única pessoa.

REGRAS
- Ter endereço de entrega no Brasil
- Deixar o e-mail no comentário
- O ganhador terá 48 para responder o e-mail, se não outro será sorteado
- Enviarei os livros em até 30 dias.



a Rafflecopter giveaway

Nacionalizando | Dicas de livros #8:

Hey pessoal, mas um poste de dicas de Nacionais, não lembro se já falei de um aqui, mas como procurei e não achei, vou citar.

Sinopse: “Qualquer um pode cometer um erro.”
Yoko sempre teve uma vida relativamente boa e estável, participava da organização do Festival Cherry Blossom, tinha amigos com quem contar na escola, tocava violino e estava treinando para fazer parte da orquestra da Juventude de Macon quando tudo começou a dar errado. Seu pai se envolveu num grave acidente, que acabou matando um pai de família e, foi parar na prisão. Sem a referência paterna, e com todos os problemas financeiros que se acumulam, o distanciamento da mãe, Naomi, que está a cada dia mais se afundando em trabalho, Yoko vê o que sobejou, de sua família, totalmente desestruturado. Em meio à dor da perda, Yoko conhece Aidan Hirsch, um garoto que parece tão desestruturado quanto ela, taciturno e solitário, e que é capaz, acima de tudo, de não julgar, simplesmente ouvir. Aos poucos, um sentimento singelo e inefável ganha forma, surgindo uma história delicada de autoconhecimento, arrependimento, culpa e superação que poderá mudar a vida desses adolescentes se assim escolherem.
Esse foi um e-book que gostei muito de ter lido ano passado, a Yoko passou por tanta coisa e teve que pagar pelos erros cometido pelo seu Pai, vocês sabem como são os adolescentes e como gostam de julgar e colocar a culpa em outros. Ela sofre bastante bullying  na escola, fiquei morrendo de dó dela, mas ela não é daquelas personagens que ficam fazendo drama pelo que sofre, sim ela sofre, mas também tenta se manter forte.  Foi um romance que me encantou.

Resenha | Dois Mundos (Tesouro da tribo de Dana #1) - Simone O. Marques:

Título: Dois Mundos
Autora:  Simone O. Marques
Páginas: 256
Editora: Butterfly
Skoob: Link

* Livro cedido pela editora
Sinopse: Num futuro distópico, Marina é uma jovem brasileira que carrega a força e os poderes de três grandes deusas celtas. Ela é aquela que cria, acolhe e mata. Protegida por guerreiros, perseguida por mortais e desejada por deuses, precisa encontrar os míticos tesouros da Tribo de Dana se quiser salvar o que restou do mundo... Ano de 2021. A Terra está devastada e poucos são os sobreviventes. No Brasil, grupos se reúnem em pequenas vilas em torno da água potável. O oásis neste caos fica na Chapada dos Veadeiros, na Fazenda Tribo de Dana, onde vive um povo guerreiro que acredita tudo ser parte dos planos da Grande Mãe. Neste paraíso vive Marina. Considerada o avatar de três grandes deusas celtas, precisa lidar com poderes diversos de cura, vida e morte. Ao abrir o véu que separa o mundo de mortais e deuses, a jovem liberta antigas divindades. E dois domínios distintos estão prestes a colidir quando ela descobre que detém nas mãos o destino da humanidade.
Opinião:
Recebi esse livro de parceria da editora, era para ler lido ele antes, mas quando peguei ele na primeira vez só consegui ler cinco páginas porque a minha mente estava focada em outra leitura, mas depois de um tempo e quando peguei li focada nele, o que fez a leitura andar bem.
Esse é um livro bem rápido de se ler, inicialmente somos apresentados a Marina ela é um avatar/casulo para a Deusa Dana e possui os poderes de três mulheres bem poderosas e por esse motivo ela não pode levar uma vida normal, fora que ela trouxe destruição para o mundo, na qual a primeira onda ela levou as armas, na segunda os templos religiosos, milhares de pessoas morreram, cidades deixaram de existir,  é praticamente um mundo pós apocalíptico, mas nesses Deuses que podem ser perigosos querem retomar seus lugares.
Marina vive na chapada dos veadeiros, um lugar que parece ter saído de outro época, sem influências do mundo exterior, onde s guardas usam espadas e as mulheres não usam roupas modernas. Bom por conta da teimosia da Marina vão parar em um lugar que pensavam só existir nas histórias.

"— A jovem é apenas um casulo. E não vai impedir que a Deusa se manifeste quando precisar. Espero que entenda isso quando o casulo tiver que se romper de vez, Brian. Não coloque em risco sua lealdade a Dana por causa de uma garota bonita e quebradiça — o deus ferreiro disse e se virou saindo do salão."

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.