Música | Playlist da Semana #154

Hey pessoal, demorei  para postar aqui, hoje meu minha cachorrinha amanheceu doente, quase fiquei loca aqui de preocupação, levei no veterinário e comprei alguns remédios, parece que foi  algo que ela comeu, já que ela come tudo que vê pela frente e ela só tem 5 meses, mas parece que deu uma melhorada, e na parte da tarde fui fazer um curso na faculdade de metodologia. 

Lidos em Março:

Hey pessoal, primeira vez que faço um poste de lidos no mês, mas a preguiça de terminar de escrever as resenhas que comecei é maior. O mês que passou foi bem proveitoso por conta do feriado até poque no meu serviço emendou ai consegui ler vários e-books, mas no decorrer do mês li mais e-books do que livros físicos dessa vez, já que físico só li 3.
Vários eu ainda não resenhei, mas as resenhas estão a caminho, com paciência elas saem, algumas não foram leituras tão boas, mas explicarei quando postar a resenha.

Sinopse: Repetir um movimento várias e várias vezes ajuda a clarear a mente uma lição que Finley aprendeu muito cedo, nas quadras de basquete. Numa cidade comandada pela violência do tráfico e da máfia irlandesa, vestir a camisa 21 e dar o sangue em quadra é sua válvula de escape. Vinte e um também é o número da camisa de Russ, um gênio do basquete. Ou pelo menos era. Recém-chegado à cidade de Bellmont depois de ter a vida virada de cabeça para baixo por uma tragédia, a última coisa que ele quer é pegar de novo numa bola. Russ está confuso, parece negar o que lhe aconteceu e agora se autointitula um alienígena de passagem pela Terra. Finley recebe a missão de ajudá-lo a se recuperar e, para isso, precisará convencê-lo a voltar a jogar, mesmo sob o risco de perder seu lugar como estrela do time. Contra todas as probabilidades, Russ e Finley se tornam amigos e, por mais estranho que pareça, a presença de Russ poderá transformar a vida de Finley completamente. Uma emocionante história sobre esperança, amizade e redenção, com a prosa sensível e inteligente de Matthew Quick.

 Sinopse: Rainbow Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá que se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo em que precisa deixar sua introspecção de lado. Mas Rainbow não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, se obrigando a deixar as pessoas entrarem na sua vida. Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta.



Sinopse: O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela. Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais. Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação


OUTRAS LEITURAS:

RESENHAS:


Séries| Manifest:


Título: Manifest | Episódios: 15 | Status: Em exibição | Temporada: 1 | Duração: 60 min

Sinopse: Manifest é um thriller de mistério sobre um avião que desaparece do radar sem deixar vestígios e reaparece anos depois, como se nada tivesse acontecido. Embora o tempo não tenha passado para os passageiros, cinco anos se passaram para seus entes queridos. A série acompanha os dramas pessoais dessas famílias, bem como o mistério desse evento e seu propósito na vida dessas pessoas. Josh Dallas (de Once Upon a Time) interpreta Ben Stone, um superpai e analista de inteligência que tem dificuldade em lidar com as coisas que não pode controlar – seja o câncer raro de seu filho ou a voz misteriosa que agora está dentro de sua cabeça. Melissa Roxburgh (de Valor) vive o papel de Michaela Stone, irmã de Ben, que vive com um sentimento de culpa sobre um trágico acidente e questiona seu papel na polícia e como noiva. Ao retornar depois de anos desaparecida, ela encontra um novo propósito em sua vida.
Opinião:
Manifest estreio em 2018 e teve sua primeira temporada finalizada recentemente. A história dessa série me deixou curiosa. Um avião desapareceu, cinco anos depois o retorna com todos os seus passageiros vivos, para o pessoal do avião a viagem só durou algumas horas, porém para seus familiares se passaram anos, cinco anos de saudades, onde cada um tentou seguir sua vida normalmente sem seus entes queridos, porém cinco anos depois o avião aparece e por incrível que parece as pessoas não envelheceram, um bom exemplo é Carl que tinha 10 anos e permaneceu nessa idade, enquanto sua irmã gêmea encontrava-se com 15 anos. As pessoas do avião passaram ser observadas, surgiu até Igrejas de Fanáticos pelas pessoas que estavam no voo. Os passageiros só podiam confiar neles mesmo, pessoas de fora corriam perigos ou não eram confiáveis.
Os passageiros meio que adquiriram um dom, na qual sentiam chamados, muitas vezes não tão claros e isso ajudou a salvar várias pessoas, muitos achavam que eles estavam doidos, pois era algo impossível de explicar, os poderosos queriam fazer testes e as pessoas comuns queriam venerar, claro que alguns tinham medo, mas não podiam ignorar o que aconteceu.
Confesso que comecei essa série sem esperança e depois me vi toda semana ansiosa esperando a legenda de um novo episódio de tão imersa que fiquei na série, levantei várias teorias algumas bem erradas, eu realmente gostei muito da série e o episódio final meio que explodiu minha mente, principalmente na cena final.
A série ainda não foi renovada, mas estou torcendo muito para que seja, pois merece.  O poste ficou pequeno, tenho muita coisa para falar da série, mas é melhor não correr o risco de spoiler, porém Assistam essa série, ainda mais para quem gosta de mistério e coisas difíceis de se explicar.


Vídeo:


Resenha | As maravilhas de Alice - Tânia Picon:

Título: As maravilhas de Alice 
Autora: Tânia Picon
Páginas: 252
Nota: 3,4
Skoob: Link

Sinopse: Alice tinha tudo o que uma garota poderia querer: vestidos bonitos, inúmeros sapatos, um pai e uma irmã amorosos e uma vida bastante confortável. Gostava de festas e de diversão. Sua vida era fácil e cheia de maravilhas, até que um dia tudo mudou e virou de cabeça para baixo.  Agora sozinha, e sem as suas maravilhas, ela foi obrigada a mudar. De garota mimada, ela se transforma em uma mulher batalhadora. E enquanto se recupera do caos, ela se apaixona pela primeira vez. O homem certo – ou não? – só que na hora errada.  Alice está ocupada demais tentando sobreviver e agora pensa que romances, sapatos e diversão são superestimados, mas não consegue resistir a Roberto, o seu novo chefe. Segundo livro da trilogia que inicia com Desde que você nasceu e finaliza com Em dose dupla

Opinião:
Nesse segundo livros tem como um dos protagonista Rodrigo, irmão e primo dos protagonistas da história Desde que você Nasceu, confesso que não gostei dele no primeiro livro, nesse ele já me agradou, apesar de certos momentos parecer uma criança.
Bom conhecemos ao realizar a leitura Alice, uma jovem que tinha tudo, amava sapato, não dava muito valor aos estudos e era um festeira de mão cheia, além de não ligar nem para as próprias amizades, se tinha interesse em um namorado de uma amiga ia para cima. Ela vivia com seu Pai e sua irmã mais nova, mas quando o homem morre, elas descobrem que estão falidas. Sua irmã optou pelo lado mais fácil (isso me deu raiva).
Alice preferiu realizar suas próprias conquistas e se virar,  com as poucas roupas e dinheiro que conseguiu pegar, acaba indo morar em um primeiro momento em um hotel decadente, mas passa a se dedicar na faculdade, depois consegue um emprego e um quartinho na casa de um casal de idosos. Alice que antes vivia na luxuria e não dava valor ao que possuía, mudou radicalmente de vida, contava os centavos e todo tempo que conseguia sempre era para conseguir alguns bicos e a estudar.
Em seu emprego ela passa a conviver com o seu chefe Rodrigo, que possui uma namorada insuportável e eles logos se dão bem,  Alice é secretária dele e o homem passa a ser dependente, pois nunca sabe onde estão suas coisas e vive perdendo suas chaves e a secretária sempre sabe onde estão.
As Maravilhas de Alice é um romance leve de se ler, mas também consegui enxergar esforço, pois algumas vezes as pessoas só sabem que são capaz de realizar algo quando perdem regalias que tinham antes e que não davam valor, exatamente como aconteceu com a protagonista da história.
Percebe-se que Alice e Rodrigo possuem sentimentos um pelo outro, mas não se entregam, em um primeiro momento por trabalharem juntos, depois eles acabam descordando em algumas coisas, o que é bom porque podemos ver o romance desenvolver, não é uma história que o personagem já tá apaixonado nas primeiras páginas.
Um pouco sobre Rodrigo ele tem mania de que para ele tem que ser Tudo ou Nada, pois não aceita muito bem a opinião das pessoas, ele fez isso no livro anterior e parou de falar por muitos anos com sua prima e melhor amiga e fez isso novamente, quase perdendo sua chance de ser Feliz por conta de seu temperamento.
Curti a leitura desse e-book, li na época do feriado de carnaval e nesses dias estava procurando histórias leves e rápidas de se ler, um ponto que gostei é que os protagonistas da história anterior aparecem um pouco nesse e podemos saber o que aconteceu depois do final da primeira história.
Esse é uma trilogia, eu já tenho o e-book da última história que tem como protagonista a irmã da Alice, assim que ler também postarei a resenha.

"Credo, só eu mesmo! Sou um clichê ambulante: a secretária idiota e pobre que se apaixona pelo seu chefe médico, bonito, rico e bem sucedido."
"Eu só te emprestei as minhas chaves. Aliás, acho que vou fazer algumas chaves extras para o sen... Quero dizer, para você. – eu me corrigi – Ou mandar fazer um colar de chaves para que você as deixe sempre no pescoço e então não as perca."
"- Sim. Eu queria ter isso que vocês têm, Alice. O que você e o Augusto têm. Não queria estar sozinha agora. Eu me agarrei à faculdade quando tudo estava afundando como se ela fosse a minha tábua de salvação." 


Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.