Música | Playlist da Semana #151:


Hey pessoal, antes tarde do que nunca, só para não faltar a playlist de hoje. Estava estressada mais cedo, fui no salão a cabeleireira erro a cor da minha tinta e agora ficou em uma cor que odiei, espera desbota para passar outra tinta por cima agora.

Quotes da Semana:

Hey pessoal, aproveitando que hoje não teve aula, para postar algo. Fiquei com preguiça de escrever resenha e olha que estou com algumas para escrever.

"Nem sempre é possível escolher o papel que vamos desempenhar na vida, mas, independente do que se faça, que seja da melhor forma possível. " ( Garoto 21 - Matthew Quick)
" A verdade é que muitas coisas aconteceram comigo, coisas boas e ruins. Eu precisaria de muitas palavras para explicar, mais palavras que sou capaz de dizer." ( Garoto 21 - Matthew Quick)
“Quando ficamos tentando ser superiores a outra pessoa é porque já descobrimos que não valemos nada e tentamos a todo custo pisar no outro, mesmo que seja com desprezo, porque isso dá uma ligeira paz em nossa cegueira de superioridade.”(Tratado dos Párias (Príncipe Caçador #1) - Isabela Allmeida) 
 " Aprendi que ser corajosa significa sentir medo o tempo todo. A coragem não nos domina, ele luta e enfrenta as dificuldades por meio das palavras e das atitudes que você toma." ( Imperfeitos (Flawed #1) - Cecelia Ahern)
 "Se nunca comete nenhum erro, jamais será uma pessoa sábia." (Imperfeitos (Flawed #1) - Cecelia Ahern)




Divulgação | Financiamento coletivo - Denise Flaibam


Sinopse do primeiro livro: O mundo acabou como uma tempestade. Primeiro houve o caos, e então o silêncio. A Morte se espalhou pelas ruas de todo o mundo. Morte, porque ela tomou a humanidade para si. O silêncio do fim foi substituído por uma orquestra de sons grotescos, pelo arrastar lento e caótico de corpos moribundos; pelos sons do medo.  O que antes regia a sociedade não existe mais. Tudo foi deixado para trás.  Viva ou morra. Lute ou morra. Mate ou morra.  Dylan ouviu falar sobre um lugar seguro. Lá, ela e Max podem ter uma nova chance. O garotinho de quem ainda está cuidando, mesmo quando tudo acabou, é o seu gatilho para seguir em frente. Se não existe esperança, para que lutar?  As fronteiras artificias que marcam o fim do mundo trilham perigos e incertezas para aqueles que escolheram viver, e uma assustadora pergunta passará a comandar todos os movimentos dos que ainda resistem: até onde você irá para sobreviver?

O Financiamento:
Esta campanha nasceu para que a edição física da duologia possa chegar até os leitores. As Coisas que Perdemos e As Coisas que Encontramos serão impressos nas capas originais (com arte finalizada da própria Mirella Santana) e brindes exclusivos para todos os apoiadores. Além, é claro, de autógrafos e dedicatória em cada exemplar!





Resenha | a secretária do CEO - Jariane Ribeiro:

Título: a secretária do CEO 
Autora: Jariane Ribeiro
Página: 79
Nota: 4,5
Skoob: Link

Sinopse: Brooklyn é uma mulher azarada, não apenas porque todos os seus relacionamentos dão errado e ela se envolve com os piores tipos, mas sim por colecionar demissões e ter desistido do seu maior sonho. Tentando não desmoronar, ela aceita o emprego como secretária de um importante CEO.
Mesmo sabendo que não tem vocação alguma para o cargo, Brooklyn se torna a secretária perfeita, mas uma convicção sem sentido, somada a uma paixão secreta, pode colocar tudo a perder. Em seu novo conto, Jariane Ribeiro traz o clichê de um CEO, mas de uma forma que você nunca viu.

PODE CONTER SPOILER 
Opinião:
a secretário e o CEO é uma história bem rapidinha de se ler, apenas com 79 páginas, sim o nome é clichê, mas não julguem a história antes de ler. É muito mais do que uma secretária que se apaixona por seu chefe, é uma história primeiramente de amizade entre os protagonistas, amigos que se conhecem a vida toda, que são confidentes um do outro. 
A história não mostra aquele amor/atração instantânea e sim uma amizade construída no decorrer dos anos, um compartilhamento de experiências. Brookly perdeu a mãe cedo, foi criada praticamente por homens, seu melhor amigo tornou-se seu maior confidente, Dave era quem mais conhecia Brookly, sabia quando ela precisava apenas de um chocolate e ficar deita em sua cama.
Acompanhamos inicialmente os personagens em algumas fases de sua vida, da pré adolescência, faculdade,  trabalhando com o seu melhor amigo.
Brookly tinha um sonho e não era ser secretária, mas algo aconteceu e o sonho se perdeu, ela concluiu a faculdade, mas o que ela realmente queria não aconteceu, mesmo formada ela não procurava empregos em sua área e quando conseguia acaba ficando pouco tempo nesses empregos, o que a desmotivava ainda mais, pelo menos conseguiu uma certa instabilidade na empresa de Dave.
Dave é um fofo, sempre está lá para apoia-lá, sempre preocupado, queria um desses na minha vida, o relacionamento vai surgindo naturalmente até eles criarem coragem de revelarem seus sentimentos.
A história é envolvente e bem gostosinha de se ler, ótimo para intercalar com uma leitura mais pesada, a escrita da Jariane é envolvente, já li outros histórias dela e gostei bastante.  Recomendo a leitura, sim a história possui seus clichês além do título, mas como falei anteriormente é mais que isso, até porque clichês bem escritos sempre valem uma leitura. Gosto quando a história mostra a amizade dos protagonistas, além do romance.

"Seco o rosto com as costas da mão e observo os créditos do filme surgirem. A vida não é um filme, nem todo mundo tem tanta chance assim."
"— Talvez eu tenha uma queda por caras que não prestam, mas que têm braços fortes e tanquinho semelhante a pãezinhos fofinhos." 
"Dave me segura em seus braços e eu o abraço, escondendo o rosto em seu pescoço e respirando o cheiro familiar do seu perfume. — O que aconteceu, Brooklyn? — ele pergunta e eu consigo identificar a preocupação em sua voz." 

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Desapegando

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.