19 de junho de 2017

Resenha | Anatomia de Um Excluído - Andrea Portes:

Título: Anatomia de Um Excluído
Autora: Andrea Portes
Páginas: 320
Nota: 5/5
Skoob: Link

* Cedido pela editora
Sinopse: De fora, Anika Dragomir é a terceira garota mais popular da escola. No íntimo, ela sabe que é uma freak: um misto de pensamentos obscuros, planos vingativos e, se os boatos estiverem corretos, DNA de vampiro (afinal, seu pai é da Romênia). Mas ela mantém tudo isso bem escondido por trás do gloss labial e longos cabelos ondulados. Afinal, um passo fora da linha e a nazista ultrapopular Becky Vilhauer fará de sua vida um inferno na Terra. E, para piorar mais as coisas, de uns tempos para cá, Anika anda obcecada com o loser mais recluso de todos: Logan McDonough. Desde que ele apareceu na escola de lambreta, vestindo um casaco de couro e emanando um ar de mistério, ela não consegue pensar em outra coisa. Mas seria insano desperdiçar sua popularidade por um pária como ele, ainda mais quando Anika cai nas graças de Jared Kline, o crush desejado de todas as garotas da cidade. Dividida entre dois pretendentes e cansada de fingir ser uma garota malvada para agradar Becky, Anika, pela primeira vez, está prestes a tomar coragem para se defender e colocar Becky em seu devido lugar.
Opinião:
Hey pessoal e aqui estou com mais uma resenha de um livro que gostei de ler. Ia começar essa resenha contando um pouco da história, mas como a sinopse já diz tudo eu vou ir direto ao ponto,
Anika é uma garota que possui alguns pensamentos obscuros , bom ela reclama algumas vezes de seu pai e não gostaria de voltar a morar com ele. Ela vive com sua mãe, irmãos e um padastro e pelas suas descrições seu lar não parece ser feliz, irmãs mal humoradas, irmãos que vivem em seu mundinho, uma mãe que gosta das aparências e um padastro que não parece ligar para nada e confesso que essa falta de afeto me incomodou um pouco, mas foi acontecer algo triste na história que podemos ver que eles realmente se amam e se preocupam com a Anika, que cada um tem o seu papel fundamental na família
Fora a parte familiar, a Anika é uma garota que se afunda na pressão social, principalmente por ser a terceira na escala de popularidade, é meio que uma seguidora da Becky junto com sua amiga Shelli a segunda na ordem e tanto Anika como Shelli não suportam a Becky e vivam reclamando, mas ao mesmo tempo elas tem medo de ir contra a garota mais popular da escola e ter suas vidas infernizadas, afinal Becky arruinou a vida de alguns alunos por coisas muito pequenas e também por tédio.
"Tentamos o quê? Jantar com uma pessoa negra? Fingir que não somos uma casa cheia de péssimas pessoas em geral? Tentamos ser menos autocentrados. Tentamos parar de focar em nossas obsessões idiotas e notar outras pessoas. Tentamos ser abertos, para variar. Tentamos não ser uma família ligeiramente racista. Tentamos ser iluminados. Tentamos ser bons. Tentamos ser todas as coisas... que não somos.""Tentamos o quê? Jantar com uma pessoa negra? Fingir que não somos uma casa cheia de péssimas pessoas em geral? Tentamos ser menos autocentrados. Tentamos parar de focar em nossas obsessões idiotas e notar outras pessoas. Tentamos ser abertos, para variar. Tentamos não ser uma família ligeiramente racista. Tentamos ser iluminados. Tentamos ser bons. Tentamos ser todas as coisas... que não somos."
Ela saia com um garoto chamado Logan ele era um fofo, mas Becky o considerava um perdedor e para ajudar Anika chama a atenção do garoto mais popular e super desejado e precisava escolher entre eles, mas leva em consideração o que outras pessoas irão achar da sua escolha.
Anatomia de Um Excluído fala de temas como racismo, descriminação de imigrantes já que Ankia é filha de um Romênia e que viveu com ele por alguns anos, então sua "amiga" vivi jogando isso na cara da garota.
Acontece uma coisa tão triste na história e eu não esperava por aquilo, na verdade esse livro foi uma boa surpresa, li a sinopse e me interessei, por isso solicite, mas não esperava tanto dele e pensei que seria algum romance mais clichê, mas foi diferente do que esperava, esse livro trata de assuntos sérios. A protagonista Anika é uma personagem como eu, você e outros que se preocupa com a opiniões da pessoas e que deixa de fazer o que quer, andar com quem quer e até se vestir de forma diferente porque pode ser malvista por outros jovens e essa situação acaba deixando a jovem confusa, ela sabe que algumas escolhas são erradas, sabe que tudo o que Becky faz é errado, mas ela também é uma adolescente que quer terminar a escola da forma mais tranquila, mesmo ela tendo que fazer o que os outros esperam.
Mas também podemos ver uma personagem arrependida e mostrando seu verdadeiro eu, mesmo que isso traga consequências ou não, porque as vezes é preciso que alguém tenha coragem de expor  a verdade para os outros, para que faça eles pensarem nos seus atos, mesmo que esteja correndo o risco de ser a vergonha da escola.
"Pedalando rápido, rápido, rápido, esta é minha única chance de impedir. Esse é o instante em que parece que tudo vai dar horrivelmente errado e que não há esperança, mas, de repente, como num filme, existe esperança no fim das contas e uma surpresa que muda tudo, e todos dão um suspiro de alívio e vão para casa, sentindo-se bem consigo mesmos, e talvez peguem no sono no carro."


Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Estou bem curiosa para ler esse livro. A capa não me chamou nada a atenção quando foi lançado, mas pela sinopse, parece ser bem interessante :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie Denise =)

    Confesso que a primeira vista esse é o tipo de livro que passa batido por mim. Na verdade se não fosse por sua resenha eu jamais ia imaginar que a história tinha esse toque delicado e profundo.

    Gosto bastante de enredos assim, mas cá entre nós que essa capa não ajuda né rs...

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Como eu ainda não conhecia esse livro?! Fiquei bem curiosa para lê-lo... Adorei a resenha!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oláá! Tudo bem?
    sabe que olhando a capa, eu nunca imaginaria essa história.. interessante! fiquei curiosa para saber mais!
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise

    Essa capa engana bastante! Hehehe
    Que bom que o livro foi uma surpresa positiva. Achei também interessante e importante a abordagem do racismo, por exemplo, mas o livro xomo um todo, infelizmente, não chamou muito minha atenção.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Dê!
    Achei a capa e o títulos bem cara de clichê mesmo, mas que bom que não é só isso. Anotei a dica porque fiquei bastante interessada.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Três Anos do blog A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise
    Não conhecia o livro, mas achei interessante o enredo. Até fiquei com vontade de ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Denise! Tudo bem?
    Nossa fiquei impressiona com o conteúdo da obra.
    Essa capa não me chama atenção e eu não imaginava nada disso... Já peguei o livro em uma livraria e acabei deixando de lado pois essa capa não me motivou a ler a sinopse e acabei comprando outro.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Denise.
    Olhando para essa capa eu nunca leria esse livro. Que capa mais sem graça. mas achei o enredo interessante e se surgir a oportunidade lerei. Gostei dos temas abordados.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. curiosa com esse livro
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise!
    Não conhecia o livro pra variar rsrs
    Mas a resenha me chamou bastante atenção, gostei!
    Beijos *_*
    www.talytaxavier.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Denise, sua linda, tudo bem?
    Acho muito triste quando as pessoas baseiam suas escolhas na opinião de outros, nas busca de aceitação e popularidade. Não conhecia esse livro é a primeira vez que o vejo, vou colocar na lista. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir