6 de abril de 2017

Resenha | Não Era Eu, Era Você - Renata Varela:

Título:  Não Era Eu, Era Você
Autora: Renata Varela
Páginas: 263
Skoob: Link

Sinopse: Francine se orgulha de várias coisas.
Ela sabe que é uma ótima corretora de imóveis e se orgulha de ser valorizada em sua profissão. Francine também sabe que o amor de sua família é grande e se orgulha da relação que mantém sempre balanceada com as irmãs, Franciele e Fernanda. Ela também se orgulha de ter o coração "de pedra", como costumam descrever, e não ter se apaixonado de verdade desde os quinze anos.  Agora, Francine acaba de completar vinte e cinco verões. Está no começo da vida, na flor da idade, e esse ano tem tudo para ser o melhor de sua vida. Ela está no topo de tudo, mas, se há um problema de estar no topo, é que o vento lá por cima é sempre muito forte; pode fazê-la despencar em um piscar de olhos.

Opinião:
Não era eu, Era você é a terceira história da autora que leio e infelizmente confesso que não curti muito esse, principalmente porque eu adorei os outros dois que li da autora.
Bom na história conhecemos Francine uma jovem de 25 anos bem sucedida na profissão de corretora e que adora uma festa e que não se apega a nenhum namorado, fica sempre com aquela sensação de algo está faltando em sua vida. Se envolve com alguns caras por poucos meses ou só para uma noite. Ela possui um senso de liberdade e enquanto ela é mais livre sua irmã é mais contida e não é só ela que passa por problemas de relação, sua melhor amiga e irmã também tem seus próprios problemas a respeito dos homens.
"Passo uma semana inteira forçando uma dieta, mas sempre tem algum dia que as coisas saem do controle. É a situação mais normal do mundo. Como alface, rúcula e tomate seco todos os dias, me forçando a acreditar que, assim, vou conseguir entrar naquela calça manequim 36, mas no final de semana – geralmente – só consigo enxergar os doces e gor-duras em vitrines de padarias."

A escrita da autora é bem envolvente e por ser uma história rápida só largamos quando termina,  a protagonista está na crise dos 25 anos, que se valoriza em vários sentidos, mas que na parte de romance não sabe o que tem de errado.
Francine é jovem, livre e faz o que quer da vida sem se preocupar com o que pensam dela, ou seja, uma mulher independente.
A história é legal, mas infelizmente não consegui me conectar com a protagonista, ela me irritou em algumas cituações, nunca aceita o que era melhor e até na hora de dar conselho para uma adolescente ela foi irresponsável, vou ser sincera a protagonista não me convenceu e eu vi mais carisma na irmã do meio dela, do que na Francine, pelo menos depois apareceu o Arthur e ele tornou ela suportável.
Apesar de eu não ter curtido a protagonista o livro mostra a personagem amadurecendo e tentando conhecer seus sentimentos, sim tem romance no livro, mas o Arthur não tem grande destaque é só mais pro final, porque o foco é a protagonista e todo o sentimento que envolve ela, tentando descobrir o que é o amor na verdade, não o amor de irmã ou família, mas por outra pessoa, mas que para isso ela acabou fazendo escolhas erras e quando encontrou o que era certo ficou com medo de se render aqueles sentimentos que explodiam em seu coração.


Comentários
14 Comentários

14 comentários:

  1. Oi Dê! Eu não sabia que tinha crise dos 25 anos, eu devo ter passado por essa tb, dos 25, dos 30, daqui a pouco chego nas dos 35 kkkkkkkkkkk Crises a parte, quando a gente não se conecta com os protagonistas a leitura fica bem difícil mesmo, uma pena, mas acontece.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Hey, Dê!
    Poxa, é uma pena quando já estamos gostando da escrita de um autor e nos decepcionamos não é? Mesmo não querendo, criamos certa expectativa e auto-confiança no autor, e quando a leitura não dá certo com a gente, é bem ruim.
    Estou com um livro da autora para ler, e o lerei ainda esse mês. Chama-se "Nem Tão Simples Assim"... Espero adorar! <3
    Ah, já assistiu "Lovely Love Lie"? Vi que gosta de doramas e estou bem curiosa por esse!! <3
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li nada dessa escritora, mas só pela sinopse a história não me chamou tanto atenção. Eu digo que tenho um certo preconceito com protagonistas, porque tem autores que não consegue desenvolvê-los bem por serem os papeis principais, por isso acabo sempre preferindo o coadjuvante.
    O que odeio é protagonista que se perde entre ser independente ou estar tentando ser e acaba sendo idiota, então acho que não iria gostar deste livro. Até porque, se eu não gosto da protagonista, dificilmente irei gostar do romance do livro.
    Bom, quero conhecer os livros da autora, mas provavelmente não será por esse.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  4. Oi, Dê!
    Eu acho que iria me identificar com a protagonista porque por um tempo eu fui como ela: só na lei do desapego haahhahah
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise.
    Puxa que pena que não curtiu tanto esse livro, acho tão chato quando o protagonista não nos ganha.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Passei pra dizer: QUE CAPA LINDA!!! Kkkkkkkkkkkkk
    Pena que a história não te agradou muito. Acontece!!

    Blog Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  8. Oi Denise
    Pena que a leitura não foi bem como vc esperava. Normalmente comigo acontece se eu não simpatizo com a protagonista a leitura se torna maçante, é difícil de terminar. Confesso que o enredo não chamou muito minha atenção.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Denise!
    Porque essas protagonistas dificultam a nossa vida né? No meu caso, se eu não gosto da principal, raramente consigo gostar da história, então é complicado.
    Uma pena que esse livro não foi lá grandes coisas, mas acontece né?!
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, Denise.
    Achei esse titulo bem interessante porque a frase geralmente é o contrário hehe. Nãos ei se leria esse livro porque se a gente não se identifica com o protagonista o livro perde a graça.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise, sua linda, tudo bem?
    Que pena que não conseguiu gostar tanto desse livro quanto dos outros. Mas acontece. Confesso que acho que não iria me envolver com a história sem uma conexão com a personagem. Gostei muito da sinceridade da sua resenha como sempre.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Denisa,
    Eu já ouvi muitos elogios sobre a Renata Varela, preciso ler algo dela também!
    Vou procurar na Amazon!
    Obrigada pela dica.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro ainda e nem a autora. Mas adorei a resenha. Sempre bom conhecer novos livros. Parabéns pela resenha sincera. Nem sempre gostamos tanto assim dos protagonistas, né? Faz parte. Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Denise!
    Tô lendo esse livro há dias, confesso que também não estou gostando muito pois não consigo me conectar com a personagem também. Diferente de você, não "peguei e não larguei" rs
    Vamos ver como será até o final. E quem é Arthur? kkk eu podia jurar que ela ia ficar com o Lucca!

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Abril você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir