21 de junho de 2016

[Resenha] O Doador de Memórias - Lois Lowry:

Título:  O Doador de Memórias
Autor: Lois Lowry
Páginas: 192
Skoob: Link

Sinopse: Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.
Opinião:
O doador de memórias é um livro que queria ler fazia um tempo, acabei ganhando ele em um sorteio só que demorei para pegar ele para ler.
Nessa história somos apresentados a uma comunidade onde todos têm os mesmos direitos e não existe guerra, só que também não existe vontade própria já que tem que pensar em todos, nem sentimentos como amor, carinho e tudo é tratado com uma frieza, mas Jonas é um jovem diferente e por isso na cerimônia dos 12 ele acaba recebendo o papel do receptor de memórias, ele pode ver além diferente dos outros, quando começa o treinamento dele com  doador Jonas começa a conhecer a neve, cores, mas também a dor e também enxerga as coisas de uma maneira diferente e sua revolta piora depois que ele descobre o que a cerimônias de dispensa são, ele quer algo diferente.

"- Adquirimos controle sobre muitas coisas. Mas tivemos de abrir mão de outras."
Eu gostei do livro, mas confesso que me estressava um pouco com a frieza de alguns personagens, entendo que eles foram criados assim só que é  meio estranho. Jonas é diferente ele vê o que outras pessoas não podem, ele tenta entender o porque as abriram mão de coisas como a cor, na comunidade atual as pessoas se vestem parecidos, com roupas do mesmo estilo e depois são destinados a suas profissões.  Eu gostei da personalidade dele, é inteligente, esperto e diferente e têm dois melhores amigos, que acaba até se afastando um pouco pela falta de tempo e como começa a receber informações acaba tendo uma visão diferente dos outros e por conta disso fica difícil de conversar até porque ele não pode falar nada sobre as memorias que recebe. No decorrer da leitura acompanhamos o amadurecimento dele.
O leitor percebe que essa comunidade que que todos sejam iguais, mas abriram mão de muitas coisas, só que na minha visão a população dessas comunidades são manipuladas pelos mais poderosos , as pessoas precisam sentir e não podem ser privadas de emoções, as coisas que fazem na cerimônia de dispensa é algo tão triste e até fiquei preocupada com o Gabriel o bebê que a família do Jonas cuida por um tempo antes dele ser enviado para outra casa.
Essa resenha ficou um pouco superficial, e que eu não queria falar muito para não dar spoiler e não quis fazer comparação com o filme, mas uma coisa digo achei o livro muito melhor que o filme e O doador de memorias faz parte de  uma série com quatro livros, onde já se têm 3 publicados no Brasil, o final do livro fica em aberto, mas li resenhas do segundo e terceiro livro e as histórias vão se conectando, o que é bom já que eu pensava que isso não aconteceria e com certeza pretendo ler os outros livros, até o terceiro volume foi publicado esse ano.

"Não vamos nos castigar com memórias amargas. Não vamos sofrer duas vezes, quando podemos sofrer apenas uma.”
Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. oi, oi.

    Dê, não é bem o tipo de história que eu curto, pq ainda sou adepto dos romances água-com-açúcar, mas, a tua resenha me deixou tão curioso pra saber mais sobre os personagens... adoro quando isso acontece (de eu me envolver numa simples resenha. hahaha). deixei salvo aqui o teu post pra depois procurar o livro. ;)

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  2. Que chic! Uma grande responsabilidade para o jovem rapaz!
    Eu gostei da quota final, é bem verdade!
    bj, Debi
    http://www.deborabrazil.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie Denise =)

    Confesso que o livro em si nunca me chamou a atenção, mas assisti só o finalzinho do filme e por mais que a tenha ficado um pouco curiosa para conhecer a história como todo, ainda não consegui ver o filme inteiro.

    Se eu gostar do filme como todo, vou me arriscar na leitura, senão acho melhor deixar quieto rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Ooi! Eu adoro a adaptação deste livro, apesar de nunca ter lido o livro. Também achei estranho as pessoas serem tão frias, acho que no livro isso fica muito mais claro também e mais incomodo.
    Espero ler em algum momento.Beijos
    Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise,
    Esse é um livro que está na lista de leitura já tem um tempinho.
    Gosto muito de distopias, então com certeza é uma leitura para mim.
    Fico feliz que tenha gostado.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  6. AMO essa distopia, não é 100% devido a alguns probleminhas, mas a criação de uma sociedade p&b, sem sentimentos, sem nada, praticamente, foi uma ideia genial. Adorei, assim como o filme.

    Resenha | Fangirl, Rainbow Rowell

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise, tudo bem?
    Jura que você gostou mais do livro do que do filme? Eu odiei o livro e amei o filme!! hahaha
    Achei o livro muito curto e muito rápido, não tenho vontade nenhuma de continuar os outros livros da série ):
    Espero que você goste do resto então!!
    Beijinhos!

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  8. Denisee sua lindja


    Eu adorei o livro - vi o filme ha pouco tempo e amei a ideia de ir colocando as cores aos poucos, deixa mt mt mt lindo ... Nao sei dizer qual gostei mais, mas eu gostei dos dois! hahahah da uma raiva no livro ne? D: umas coisa absurda! mas curti rsrsrs
    ainda nao li os outros tb mas espero que tenha um desfecho real

    espero que gostei de AGAD quando ler hehehe :D
    beijos!
    www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito do blog, você escreve muito bem e as resenhas são ótimas! Já tem uma nova seguidora, beijoss

    literalizza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. um livro diferente de todos que já vi ainda mais pelos personagens fora a resenha muito boa rs :)
    beijos


    http://www.loucaapaixonada.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise!
    Eu só assisti o filme e curti bastante, de verdade, tanto q pretendo ler os livros. O final deixa muita curiosidade no ar, precuso saber como termina a história. Só fiquei chateada por serem 4 livros q só se conectam no último né, mas fazer oq?
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    Ps: tem sorteio rolando no blog ;) #2AnosDeACDH

    ResponderExcluir
  12. Oi, Denise!
    Assisti o filme e amei, mas confesso que nunca bateu a vontade de ler o livro...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  13. Amei o filme e sou louca para ler o livro, como você disse, o livro sempre acaba sendo melhor do que o filme né,
    No filme eu já sentia uma raiva imensa de ver toda aquela população sendo manipulada e vivendo daquele jeito, imagino como isso deve ter sido no livro,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
  14. adorei a resenha vou ver se vejo o filme e leio o livro, bjs : )
    http://lanibelezafeminina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Não sabia que os volumes seguintes se conectavam! Ainda não pretendo ler eles, mas gostei muito de Doador de Memórias também! É um livro totalmente diferente e reflexivo, tudo o que vemos diariamente, a beleza da natureza, e não damos valor

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oie,
    Quero ler esse livro já faz um tempo, acho que estou esperando o momento certo.
    A sua resenha ficou muito boa!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi Denise!!!

    Não li o livro, mas tenho vontade de ver o filme, quem sabe assistindo me interesso pela leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  18. Muito mesmo, querida :D Obrigado :D

    Não gosto muito quando os livros deixam um final aberto mas, ainda assim, não me importava de o ler :D

    NEW REVIEW POST | Yongnuo: Camera Lense 50mm for Canon.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  19. Oie,
    não li o livro nunca consegui comprar, mas vi o filme e achei bem interessante. O livro esta na lista de desejados

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  20. Sou louca para ler esse livro, é bem interessante mas tenho outras prioridades.
    Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu morreria sem saber que esse livro tem continuação. Quando assisti ao filme pensei que gostaria de ver em um livro, mas quando vi que era super curtinho desanimei. Bom saber que tem outros volumes por aí. Talvez um dia eu dê uma chance.


    Conhece o nosso blog? Estamos sempre retribuindo visitas e comentários de nossos amigos blogueiros :D
    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir