6 de junho de 2016

[Resenha] Fale! - Laurie Halse Anderson:

Título: Fale!
Autora: Laurie Halse Anderson
Páginas: 248
Skoob: Link

Sinopse: “Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra - insultos e deboches, sim - ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir. Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?
Opinião:
Faz uns dias que terminei esse livro e fiquei enrolando para escrever a resenha e até agora não sei muito bem o que falar. Ele não é um livro tenso, pelo contrário ele tem uma leitura envolvente e o que aconteceu com a protagonista não é descrito no momento, mas é explicito o que houve e por ser tratar de uma tema delicado que acaba ficando um pouco complicado para escrever a resenha.
Em Fale! somos apresentados a Melinda uma jovem que é calada, é isso mesmo pela descrição do livro ela era uma garota feliz e cheia de amigos, mas tudo mudou nas férias, algo aconteceu e ela ainda acabou perdendo seus amigos e se tornando a garota mais odiada da escola. Ela não falava o que sentia, preferia guardar tudo dentro dela e ainda sofria pelo desprezo dos colegas e o descaso dos Pais que pensavam ser apenas mal criação da garota, já que até as notas dela que eram altas cairão., menos o da aula de Arte, já que ela se esforçava bastante para desenvolver seu projeto. Ela até consegue uma "amiga" que acaba se mostrando falsa com a coitada da Melinda, abandonou a garota sem ter dó nenhuma e ainda depois vai pedir ajuda, ninguém merece uma pessoa dessas em sua vida.
Bom fora isso o troço que estuprou ela anda pelos mesmos corredores da escola e ainda fica em algumas situações, puxando papo e dando uns olhares para a Melinda que tremia de medo, mas continuou sem contar a verdade para ninguém, uma outra garota começa a conversar com ela e não repela mais e as duas e acabam descobrindo outras coisas sobre o troço.

"Eu não tenho amigas.Não tenho nada.Não digo nada.Não sou nada.”

  Fale! não é um livro pesado, sim apesar do tema que é presente ele é fácil de ser lido, você sabe o que aconteceu com ela, mas a descrição não é explicita e é possível perceber mais a guerra interna da personagem e seus sentimentos, além do medo e do segredo que ela esconde. Além disso vimos o dia a dia de uma adolescente desprezada e que sofre, mesmo não demostrando isso.
E o meu coração doía de dó da personagem (sério mesmo), mas também ficava agoniada para ela se abrir e se sentir mais leve, para que ela voltasse a florescer. É tão triste ver uma jovem nessa situação e vitima de estupro, nenhuma mulher merece isso e ainda é mais triste e que essa situação anda muito presente em nossas vidas, nessas ultimas semanas tantas noticias sobre esse assunto, várias vitimas e isso precisa ser mudado.
O leitor fica apreensivo com a situação da Melinda e ainda dá muita raiva dos Pais dela que vivem brigando e parecem esquecer que ela precisa ser amada, fora que a garota antes tinha amigos, era feliz e diferente da nova Melinda, eles podiam imaginar que algo estava errado com ela, mas simplesmente não tinham tempo para ela e muito menos para conversar e pedir para ela se abrir e normalmente eles também brigavam com ela.
Bom depois de uma Melinda calada, podemos também ver ela querendo mudar, mesmo que esses sinais sejam mais sutis e chegando perto do final e isso é bom, já que podemos ver ela querende voltar  a sorrir e a se sentir mais leve e tudo escapa dela depois que o troço tenta fazer algo novamente, ai ela volta a falar ( de forma simbólica), já que ela falava, mas não as coisas que queria e sim o que as pessoas queriam e escondia seus sentimentos esse na minha visão é o sentido da fala dela. Fale! foi uma ótima leitura e que me fez sentir um aperto no coração por conta da Melinda.
Sei que existe um filme baseado no livro, mas que ainda não assisti só que ainda pretendo ver ele.

“Tem um monstro nas minhas entranhas, posso até ouvi-lo arranhando minhas costelas. Mesmo quando descarto a lembrança, ela continua comigo, me ferindo.”
A valentina fez uma ótima edição no livro e além de uma boa história escrita pela Laurie Halse Anderson, no inicio do livro tem um poema bonito sobre vitimas não só de estupro, mas que também sofrem por apanhar ou ter um pai bêbado e eles foram retirados de cartas que jovens mandaram para a autora contando suas experiências e falando até que Fale tirou elas da concha e mudou a vida.
Além do poema que tem no inicio do livro, no final tem uma entrevista com a autora e ela fala como Melinda surgiu e também que alguns perguntarem se vai ter uma continuação mostrando como ela ficou depois de falar, mas a autora falou que se algum dia a Melinda voltar a aparecer para ela , nem que demore muitos anos ela até pode escrever, fora isso não.
Eu ia até esquecendo de falar sobre a capa que acho bonita e têm relação com o projeto que Melinda está trabalhando na aula de artes dela.
Penso que esse é um livro que deve ser lido por todos, até uma garota das mensagens do poema falou que ia sugerir que ele fosse lido em sala.

"Está cada vez mais difícil falar. A minha garganta vive ferida, os meus lábios, em carne viva. Quando acordo pela manhã, o maxilar está tão contraído que me dá dor de cabeça."
"Você é uma boa menina.Acho que tem muito a dizer.E eu gostaria de ouvir.”
Comentários
15 Comentários

15 comentários:

  1. Oi, De!
    Esse livro é de quebrar a gente :( Eu ainda estou me preparando emocionalmente pra lê-lo
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise

    Gente, eu ia morrer sem saber que o filme o Silêncio de Melinda foi baseado nele, não lembro de ter lido nenhum "baseado em" no filme! hahahaha
    Assim que li a sinopse já lembrei do filme, você tem que assistir, Denise!
    E agora eu tenho que ler o livro! hahahaha

    Beijos
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Denise!
    Não conhecia esse livro, mas, fiquei impressionada com a premissa dele. Deve ser muito interessante acompanhar a história de Melinda, principalmente, nessa época em que os telejornais estão voltados pro assunto do estupro.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii Denise

    Essa autora sempre esquece sobre temas bem fortes e atuais. Eu já tinha até esquecido desse livro, mas agora que li sua resenha com certeza quero elr quando tiver a oportunidade

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  5. Não lembro o nome no momento, mas já li um livro com uma história parecida. É triste ver como essas coisas acontecem né?! :/ Fiquei curiosa para fazer a leitura, quem sabe... Um beijo grande ♡ http://www.vanessabayer.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Denise! Tudo bem?

    Puxa, que resenha master! Adorei o modo como você descreveu o drama de Melinda.
    E nestes últimos dias que o assunto é estupro (infelizmente), os leitores deveriam ler esta história.

    Quando li fiquei em choque, porém, encantado com a forma que a escritora desenvolveu a narrativa.

    Fico que feliz por você ter ler gostado do livro, pois como nós do Irmãos Livreiros, lhe presenteamos e juro, fiquei pensando... será que e a Denise irá gostar, assim como eu gostei? E agora fico muito feliz com sua resenha linda!

    Beijos!
    Danny
    Participe do sorteio Dia dos Namorados no Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  7. Obrigado querida :D Também espero que sim eheh :)

    Adoro muuito este género de livros com histórias super atuais!

    NEW REVIEW POST | Kiko Milano: Universal Fit Hydrating Foundation.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    A premissa parece tão bonita, essa coisa de usar a arte para mudar a vida da personagem. *_* Fiquei curiosa.

    Beijos,
    Postando Trechos

    ResponderExcluir
  9. Oie Denise =)

    Esse livro :'( ... eis uma história que partiu meu coração em mil pedaços. Um dos melhores livros que li em minha vida até hoje.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. De fato o livro me chama muita atenção. E achei essa capa muito bonita, criativa e chamativa. Fiquei impressionado quando li na resenha que ela tem a ver com um contexto específico dentro do livro, o que a torna ainda mais especial.

    Ótima resenha!

    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
  11. ótima resenha, depois vou ler bjs : )
    lanibelezafeminina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, Denise.
    Eu já me interesso em ler esse livro só por ser da autora que li outro livro dela e gostei bastante. E também era com um tema bem delicado, no caso a anorexia. Assim que der eu vou ler esse.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oi Denise!
    Faz um tempo que tenho vontade de ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  14. Oi Denise, tudo bem? Já faz um tempo que quero ler esse livro e agora lendo sua resenha, lembrei dele (já tinha ficado um pouco esquecido). Realmente é um tema que deve ser discutido. Pior que é muito difícil para a vítima falar. Sem mencionar o fato, de que muitas vezes as meninas/mulheres falam, mas ninguém escuta, ninguém acredita. É muito difícil isso tudo :(
    Um beijão
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, não conhecia o livro, mas ele parece ser interessante. O tema me deixou curiosa pra saber como a autora o conduziu. Vou pesquisar mais sobre a obra, mas espero pode lê-la em breve.

    ResponderExcluir