11 de novembro de 2015

[Resenha] Indiana:

Título: Indiana
Autora: Lina de Alexandria
Páginas: 216
Editora: Butterfly
Skoob: Link

Sinopse: É na Índia, Terra dos Segredos, mistérios e tradições, que Natasha se transforma em uma nova mulher. A jovem polonesa deixa uma vida de sofrimento para trás e agora quer ser Indiana...Amparada pela sabedoria de Dahalin e Shinara - devotos de uma religião secular - vai descobrir que a ignorância é escuridão que precisa ser iluminada pelo conhecimento...Assim como Samsara, a roda da vida, que não pára de se movimentar, Indiana, sentindo que é hora de partir, vai ao encontro do seu passado. Acompanhe-a nessa viagem emocionante que vai ensiná-la a libertar-se da amargura, perdoar e amar de verdade...

Opinião:
Eu vi a sinopse dele lá no site da editora Butterfly e achei interessante e solicitei o livro para a leitura e gostei muito, achei super envolvente e tocante a história.

Natasha é uma mulher Polonesa e que têm um irmão e sobrinhos e uma boa mãe, além disso está prestes a casar com o homem que ama, só que em um dia tranquilo algo que ela e a população Polonesa não imagina acontece, a guerra chegou  e com isso pessoas foram presas sem nem saber o que está acontecendo e entre os prisoneiros levados Natasha estava entre eles.
Ela chamou a atenção de um tenente Alemão (não lembro se era realmente tenente) e ele a transformou em sua mulher, mesmo a contra gosto dela, mas depois é mandada para um outro campo. Natasha acaba sendo socorrida por um soldado Inglês e por um Indiano que está atrás de sua filha, depois de um tempo e já recuperada ela resolve partir com o indiano chamado Dahalin e passa a conviver com sua família e depois de viver na índia ela vai para a Inglaterra trabalhar e seguir o seu caminho e aprender a perdoar mesmo que isso demore anos para acontecer, vou parar por aqui se não falo de mais.

“Somos parte de algo muito maior que imaginamos, cada um de nós precisa fazer sua parte. Talvez você tenha fugido do que deveria ser feito.”


Natasha era uma mulher que tinha sonhos e eles foram destruído pela guerra inclusive uma parte de sua família, a guerra deixou ela cheia de marcas profundas e uma foi a pior de todas, apesar de todo ensinamento recebido por ela e os que elas passavam para os pais das crianças surdas  sobre o amor, aceitação e o perdão, ela não conseguia aceitar isso no seu interior, ajudava as pessoas e quando era a sua vez de perdoar fechava o coração até que chance bate em sua porta, mas antes dela aparecer ela resolve adotar uma garotinha indiana que está sem família e a transforma em sua filha e ainda trata bem das crianças surdas na escola, inclusive depois de tanta insistência até aceita uma criança alemã, mais ainda com uma dor no coração.
Ela é uma mulher forte, que sofre e muito, mas foi acolhida por uma família Indiana, aprendeu seus costumes e seu jeito de vestir que levou para a vida toda, uma mulher Polonesa que se vestia de Indiana.  
Mesmo passando tantos ensinamentos para quem precisa e ela percebe que está surda e cega para o perdão e para o arrependimento e quando percebe pode ser tarde demais.
O livro fala de outros personagens mais não vou citar eles aqui para não dar Spoiler.

"Humildade, disse Dahalin, é o ensinamento que a alma não pode jamais esquecer." 
Um livro que fala de recomeços, perdão e família e que me conquistou logo no incio da leitura, como nunca tinha lido uma resenha dele não sabia o que esperar e gostei dele. A Indiana passou por muitas coisas vida e mesmo assim conseguiu seguir em frente e ajudou muitas crianças necessitadas e suas famílias a conviverem com a surdes, apesar disso ela continuava a negar o perdão e aceitar o que aconteceu,  mas não adianta se esconder do passado, pois ele pode vir a tona e mudar a vida de muitas pessoas, a guerra até poderia ter acabado, mas continuava em seu coração, e mesmo assim aceitou e ajudou uma criança alemã inocente e que não têm culpa pelo que aconteceu.
Apesar dela ter feito muitas coisas boas, sentia um vazio na personagem, faltava algo na vida dela e algo que ela queria tanto no inicio do livro acabou sendo deixado de lado pelo sofrimento de ter perdido muitas coisas e ela sonhava em se casar quando jovem, ela merecia ser feliz, ainda bem que encontrou bons amigos.

Sobre a diagramação a capa não é a mais bela da minha estante, mas eu gostei e ainda condiz com a história do livro, as folhas são brancas e no inicio de cada capitulo têm alguns detalhes e uma fonte um pouco mais estilizada, a edição está boa e não percebi nenhum erro.
Em fim Indiana foi uma boa leitura e é um livro que poderia ser mais conhecido, não é um romance, mais um livro sobre dificuldades da vida , um livro gostoso de se ler e que li ele em um final de semana. 

Comentários
15 Comentários

15 comentários:

  1. Adorei a resenha! <3
    Com certeza eu leria esse livro pois gostei muito da história, bem envolvente.
    Beijos
    http://mahkemmely.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise!

    Puxa, que história linda!
    Meu Deus! Quero conhecer este livro! :)
    Adorei sua resenha!

    Beijos!
    Participe do sorteio #SomosTodosIguais no Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Realmente esse romance parece ser ótimo. Parece representar bem esse drama do casamento forçado e como isso acaba com as pessoas envolvidas. Fiquei muito intrigada pelo desfecho da Natasha e fiquei com vontade de ler.
    Beijos!!
    Quer falar de livros?

    ResponderExcluir
  4. Ei, Denise!
    É bom quando a gente se identifica com a leitura, né?!
    Gostei da sua resenha, mas sei que essa história não fluiria comigo. Não é o tipo de livro pra mim e prefiro nem arriscar. rs

    Abraços,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e nem a autora, mas parece ser uma história intensa e envolvente.
    Não faz muito o meu gênero, e por isso não sei irei ler.
    Mas, pra quem curte histórias fortes assim, deve ser uma boa pedida.
    bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Denise
    Terminei de ler sua resenha na duvida se leria ou não. Algumas partes me chamaram atenção e outras não. Eita vida! hahhahah
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi,tudo bem?
    Não sei se leria mas achei interessante.
    bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie Denise =)

    Não conhecia o livro, mas pela premissa achei a história bem interessante. Gosto muito de narrativas que se passam na segunda guerra e principalmente que abordem outras culturas.
    Dica anotada =)

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Olá, Denise.
    Eu gostei da capa do livro hehe. Me interessei bastante pela história, gosto de ler livros assim, mesmo que fique querendo entrar na história e mudar essa realidade que acontece.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Não sou bem o tipo de leitor para esse livro, mas sua resenha ficou excelente. Talvez eu leria sim!!!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  11. Olá Denise
    Tudo bem??
    Caramba a história e realmente linda, mas tenho uma confissão as vezes evito esses livros não por que a história seja ruim, mas e praticamente real e existe esses casos e maioria das vezes eu leio pra fugir da realidade e quando me deparo com esses livros fico tão triste por que e tudo tão difícil a vida dessas pessoas, e pelo percebi a protagonista sofre pra caramba! Mas gostei da resenha e da premissa mas não sei se leria agora!
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  12. Oi, Denise, tudo bem?

    Não conhecia esse livro. Sua resenha está ótima, mas infelizmente o livro não chamou muito a minha atenção.
    Parece ser um livro bonito, já que você comentou da superação e etc, mas não me conectei com o enredo...
    Mas que bom que você se surpreendeu positivamente! É ótimo quando isso acontece, né?

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  13. Ooi! Apesar de não ser fã de livros assim acho que esse eu pegaria para ler, principalmente mostrando uma personagem tão forte e uma cultura que eu acho legal.

    Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  14. Aff que ódio odeio folhas brancas kkkkkkkkk Meu deus queima minhas vistas não consigo ler, não tem condições kk. Amei a resenha, mas essa capa não curti também, muito amadora, muito caminho das indias rsrs. Abraços #Guto

    http://lumenseries.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Denise,

    Que história interessante e exótica e amei a capa. Não conhecia a autora e portanto o livro. Obrigada por divulgar.
    Abç,
    Boo Nina
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/11/a-luva-de-cobre-um-vai-falhar-um-vai.html

    ResponderExcluir