20 de outubro de 2015

Série - Bates motel!

Título: Bates motel
Status: Em exibição
Ano: 2013-2015
Temporadas: 3
Canal: A&E



Bates Motel mostra como Norman desenvolveu seu lado sombrio e psicótico entre a infância e a adolescência, explicando como o amor de sua mãe ajudou a moldar um dos mais conhecidos maníacos da história do cinema. A 1º temporada da série contém 10 episódios muito bem estruturados, graças ao bom roteiro de Anthony Cipriano. Quando comecei a ver a série, assim como muitos, fiquei com o pé atrás, e com o pensamento, será que eles vão consegui realizar um “prequel” a altura ou chegar perto do que foi Psicose? A princípio fiquei estranhado o fato de o cenário ser uma mistura moderna com vintage, mas com o passar dos episódios isso se tornou uma observação esquecida. Depois de passar pelo início que é de certa forma lento, a série consegue evoluir e muito, passando a ter uma qualidade surpreendente.
Opinião:
 Essa série, na minha opinião, revolucionou o termo suspense e drama. Vocês possivelmente conhecem o filme Psicose? Caso não tenham visto, já façam o download para assistir, para primeiro concentrar-se no filme e depois na série, é apenas uma dica. 
   O enredo mostra a juventude de Norman Bates nos dias de hoje, ele até tem Iphone, vê se pode. A mãe dele adquiriu um Motel numa pequena cidade do Oregon, chamada White Pine Bay, assim que seu marido morreu. Ela tinha como objetivo, recomeçar a vida após aquela tragédia. Aos poucos as dificuldades vão se revelando. Perceptivelmente conseguimos notar como um garoto ingênuo e meigo se tornar um Serial Killer, a conturbada relação com sua mãe Norma (Sim, esse é o nome dela), as mentiras entranhadas em suas histórias e as situações perigosas que enfrentam ao longo do seriado. 
     Posso lhes contar que as três temporadas foram significativamente incríveis, pois a ansiedade por novos tramas coloca você em uma posição de refém a série. Sem comentar que Vera Farmiga é uma atriz excepcional, que assistiu A orfã no idioma original, sabe do que eu estou comentando. Inicialmente ela era a única razão para eu acompanhar a série, mas percebi que o cast é extremamente talentoso. Assistam e comentem sobre!

Colunista: David Anzoategui





Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Eu já falei sobre essa série algumas vezes lá no blog, e não me canso de elogiá-la!
    Bates Motel, sem dúvidas, é o prólogo perfeito para Psicose, com uma carga de drama e suspense que prendem o espectador a cada temporada.
    Muito bom o post!!

    Até mais,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uma amiga me indicou essa serie, eu vi o primeiro capitulo e acabei nem dando continuidade, mas nem sei bem o motivo

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  3. Amo amo amo amo <3
    O que falar mais. Li Psicose e vi o filme, então estou traçando um paralelo entre as obras todas. Em breve vc vai ver no blog. Adorei a dica. As pessoas precisam conferir essa série. É boa demais!!!

    www.vidacomplicada.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Flor
    Tudo bem?
    Eu Já assisti alguns episódios dessa serie e realmente fiquei impressionada o.o
    adorei a atuação de cada personagem eles realmente arrasam, e o Fato de Norman ser tão novo, nos pega desprevenidos, e uma serie muito Bem elaborada o tema e muito bem abordado e espera que eu possa assistir realente com calma HAHAHA , Fico Feliz que você Tenha gostado da Serie Também!
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie Denise =)

    Apesar de falarem super bem dessa série, confesso que ela nunca me chamou muito a atenção.
    Quem sabe uma hora eu dê uma chance para ela e acabe gostando ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Oi Denise,

    Eu até gostei de Psicose e suas continuações, se não me engano foi feito até o Filme 4, mas essa série ainda não assisti. Mas, pelo que leio e ouço parece muito boa, que faz jus ao clássico de Hitchcock. Pela sua resenha que confirma isso, fico feliz que foi feita uma boa adaptação.

    Abraços,

    Alessandro Bruno
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/10/a-dura-realidade-de-beasts-of-no-nation.html

    ResponderExcluir