18 de setembro de 2015

[Resenha] Just Listen:

Título: Just Listen
Autora: Sarah Dessen
Páginas: 308
Editora: Farol Literário
Skoob: Link

Sinopse: Just Listen - Depois de ter sido pega com o namorado da melhor amiga numa festa, Annabel Greene começa o ano letivo sozinha e sendo ignorada pelo resto da escola. Mas o que realmente aconteceu naquela noite ainda é segredo, que ela não se arrisca a contar para ninguém. Os problemas de Annabel são explicitados pela recusa da família em admitir os próprios problemas, a fissura da mãe para que as filhas virem modelos famosas e Whitney, a irmã do meio, que sofre de anorexia. Uma amizade com Owen, o DJ da rádio comunitária, que tenta constantemente ampliar os gostos musicais de Annabel, fará a tímida jovem aprender a falar a verdade, doa em quem doer.

Opinião:
Recebi esse livro em parceria com a editora Farol Literário e estava curiosa para conhecer a escrita da Sarah Dessen e posso dizer que eu curti a leitura desse livro.
Annabel Greene era uma garota popular, mas após  uma festa sua vida mudou e depois de um verão sem entrar em contato com ninguém, se tornou uma solitária no colégio e sem sua melhor amiga Sophie, mas algumas coisas que acontecem com ela e acaba a aproximando do garoto briguento do colégio o Owen que vive com os seus fones de ouvido escutando música. Ele mostrou um novo lado da música para Annabel, mesmo ela não curtindo as músicas que ele gosta. Será que ela irá conseguir contar o que aconteceu naquela festa que destruiu uma amizade.

“Seja uma música, uma pessoa ou uma história, não há como saber de algo quando se conhece apenas um trecho, quando se deu uma rápida olhada ou se ouviu parte de um refrão.”
 Annabel é uma garota quieta, não gosta de trazer problemas para a sua mãe e por isso ela guarda todos os seu sofrimento e raiva dentro de si, ela tem medo de magoar a mãe já que as suas irmãs já fizeram isso e por conta disso não consegue contar que não quer ser mais modelo. Depois de uma festa que teve ela passou a ficar sozinha e sem amigos, mas ai ela conhece o Owen que mostra para ela um novo significado para a música e os dois começam a andar juntos. Da para perceber que ela sofre pelo que aconteceu e não tem coragem de contar a sua mãe. Eu gostei muito da Annabel e ela me lembrou um pouco pela falta de confiança em si e pelo medo de falar o que sente, a mãe dela tem depressão e já passou por tanta coisa que ela fica com medo de se abrir e no decorrer do livro ela vai tentando ter voz e coragem para dizer o que perturba.

Owen ele é um pouco briguento por não controlar sua raiva, mas depois de frequentar um lugar ele desenvolveu um sistema para se controlar e ele também é super sincero, sempre fala a verdade porque não gosto de mentir, ele não é um playboy. Achei o Owen um personagem sensível por conta da música, ele fala que só pessoas iluminadas curte as mesmas músicas que ele e que são consideradas não comercial . Eu adorei esse personagem, pois ele mostra uma nova visão para Annabel e está lá caso ela precise desabafar. E também ele é amoroso com sua irmã (mais vive brigando  com ela), já que sua irmã é o oposto animada, colorida e adora música pop.
Whitney é a irmã do meio de Annabel e ela por causa da profissão de modelo acabou tendo problemas alimentares e volta a morar com a família, ela é um pouco distantes de todos inclusive de Annabel, mas elas vão se aproximando, ela não é uma personagem que aparece muito, mas evoluiu no decorrer da leitura.
Sophie não aparece muito, mas pelo que percebi desde que ela era criança era uma garota insuportável, ela entrou em um grupo de amiga (dupla no caso) e acabou separando elas e ainda tudo tinha que ser do seu jeito, acho que ela nunca foi uma amiga de verdade da Annabel e como era mandona deixava as amigas com um pouco de medo que acabavam fazendo tudo que Sophie mandava.
‘‘Que dizer que, se alguém é realmente uma pessoa próxima, é normal você ficar chateada ou a pessoa ficar chateada e as pessoas não mudam por causa disso. Isso apenas faz parte do relacionamento. Acontece. E você lida com isso.’’
Eu gostei muito da leitura, li esse livro em dois dias e a história é super envolvente não conseguia parar de ler ele  e gostei também porque fala sobre música e os sentimentos que se tem ao escutar elas, eu gosto de músicas diferentes da que Owen gosta, mas me sinto mas leve ao escutar musica quando estou estressada. 
Uma leitura gostosa e que também fala sobre criar coragem para demonstrar seus sentimentos, porque guardar tudo as vezes pode fazer muito mal e era o que estava acontecendo com a protonista. 
Foi o primeiro contato que tive com essa escritora e foi muito positiva, eu indico e muito esse livro para a leitura.

Sobre a edição, diferente de outros que li da editora não está tão bonita assim, eu até acho a capa legal, mas não é algo que chama a atenção. As folhas são brancas e as letras estão em um bom tamanho, como eu li muito rápido achei que as páginas não atrapalhou a leitura por ser branca.

"Don't think or judge. Just listen."

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Adorei a sinopse!
    Fiquei curiosa para saber o que aconteceu naquela festa haha
    Já quero ler <3
    http://mahkemmely.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    ouvi falar desse livro e a autora tem ótimas recomendações. Gostei da sinopse e, pelo que você diz, o livro dá uma boa leitura. Meu problema é com a capa, achei-a muito fraca, sem atrativos. De qualquer forma, não dá pra julgar um livro pela capa, então... ótima dica :)

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise,
    Eu li um outro livro da autora e gostei.
    Gostei de como ela trabalhou com a protagonista nesse e coragem pra demonstrar sentimentos hahaha quem não precisa?

    bjs e tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi, Denise! Tudo bem?
    Adorei a sua resenha, mas eu não fui muito atraído pelo livro. Nem a capa me chamou muito a atenção.

    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Flor
    Também preciso dizer que a capa e nem a historia chamou a atenção
    apesar de ser desenvolver bem a Historia e bastante simples!
    mas a quem goste, então parabéns pela Resenha Flor
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise, tudo bem?
    Mais um livro que fico conhecendo por aqui.
    Eu gostei da sinopse e sua resenha me deixou animada para conferir esta história.
    Dica anotada flor.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise, tudo bem? A capa é mesmo linda, mas não chama muito a atenção :(
    O que mais me atraiu é que fala um pouco sobre distúrbios alimentares. Se eu puder, lerei sim :)
    beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir