13 de maio de 2015

[Filme] Jovem e Bela:

Título Original: Jeune & Jolie
Título: Jovem e Bela
Gênero: Drama
Duração: 94 Minutos
Ano: 2013
Direção: François Ozon
País de Origem: França
Elenco: Marine Vacth, Géraldine Pailhas, Frédéric Pierrot, Fantin Ravat, Johan Leysen, Charlotte Rampling, Nathalie Richard, Lucas Prisor
Sinopse: Durante uma viagem de verão com a família, a jovem Isabelle (Marine Vacth) vive a sua primeira experiência sexual. Ao voltar para casa, ela divide o seu tempo entre a escola e o novo trabalho, como prostituta de luxo. A adolescente explora a sua sexualidade e logo começa a ganhar dinheiro com os seus clientes, mas um incidente irá fazer com que a sua mãe, Sylvie (Géraldine Pailhas), descubra as suas atividades secretas. Ao longo das quatro estações do ano, Isabelle irá viver diversas experiências, passando por altos e baixos.

Eu baixei esse filme de início pela capa, eu não costumo ler sinopses, então quando comece a assisti eu não sabia bem do que se tratava.

Isabelle é uma jovem de 16 anos que está de férias com a sua família, e nessas férias ela conhece um carinha lá do qual esqueci o nome, e decide que quer perder a virgindade com ele. Ela tem uma relação meio liberal com o irmão mais novo dela, ele vê ela nua da cintura para cima e isso é normal, falam sobre sexo e tal, e ela pede ajuda a ele numa certa noite, para entreter o pessoal que está em casa para que ela saia escondida com o carinha lá.

E acontece o que ela queria, ela perde a virgindade com ele, e foi bom? Não. Foi romântico? Não. Acho que o cara estava desesperado para transar com ela e só. Depois desse desastre, eles voltam para casa e agora, a Isabelle se torna uma prostituta, isso mesmo povo, e ela costuma cobrar caro mesmo.


Mas Isa (carinhosamente apelidada por mim) não é uma prostituta de rua, igual tem várias, ela é de luxo, ela tem uma conta num site lá, onde tem algumas fotos calientes dela, e seus clientes marcam com ela por sms, e ela os encontra sempre muito bem vestida, em hotéis chiques, onde seus clientes pagam a hospedagem.

Aí acontece um incidente da pesada no meio de uma transa, e eu não posso contar porque seria um mega spoiler, e assim sua mãe, padastro, irmão, e algumas outras pessoas acabam descobrindo o que ela fazia e a mandam para um psicólogo.

Eu não sei bem porque a Isa começou a se prostituir, mas acredito que, por sua primeira vez não ter valido nada, ter sido péssima, ela quis experimentar novas coisas e encontrou isso na prostituição, eu acredito que tenha sido por isso.

Eu gostei do filme, mas ainda fico meia confusa do porquê a Isa fazer isso e tal, mas eu gostei do filme e por isso eu recomendo ele.

Trailer:

Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Oi, Denise!
    Apesar do filme ser intrigante, não despertou muito minha vontade de assistí-lo.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    Sorteio de caneca personalizada de A Culpa é das Estrelas. Participe!

    ResponderExcluir
  2. Uuuhhhmm ... Não sei se assistiria esse tipo de filme , sabe ?
    É que esse gênero de filme não me atrai muito , prefiro comedias românticas , dramas e coisas do tipo :)
    Mas , enfim que bom que você gostou !

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. É a primeira vez que vejo falando desse filme, é uma história um pouco confusa como você disse, pois não da para entender direito porque ela começou a se prostituir, mas parece ser um bom filme mesmo. Talvez assista algum dia.

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Adoro filmes franceses, geralmente eles tem roteiro bem construído, fotografia maravilhosa e atuações intrigantes, você não mencionou muito isso por isso fiquei intrigada e agora quero assistir! Seria mais interessante se tivessem dado um motivo plausível porque ela começou a se prostituir, mas talvez a intensão tenha sido deixar vago, afinal ela queria experimentar uma certa liberdade e ainda ganhar por isso né?
    Enfim, quero entender melhor a personagem e por isso quero ver, obrigada pela dica!
    Beijos
    Paradise Books

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o filme e não me interessei por ele. Me lembrou o livro 100 escovadas antes de ir pra cama.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Isso aii foi trauma psicológico. kkkk Só não sei se poderia chegar a tanto. A primeira vez foi ruim e ela mergulho no negócio de cabeça. Imagine se tivesse sido ruim. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Parece ser uma história interessante!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  7. Poxa, adorei o seu blog
    e super lindo e cheio de estilo!!!<3

    ResponderExcluir
  8. Oi Denise!
    Dica anotada, não conhecia esse filme, mas já sei o que esperar dele \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi De! Voltei mulher! Então, já vi vários filmes franceses, eles geralmente são bons, mas são meio pesadinhos, me surpreendi com o enredo desse, pela capa pensaria em outra coisa! Boa indicação! beijos
    Ps: Acabe com a Ansiedade antes que ela acabe com você
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/05/resenha-acabe-com-ansiedade-antes-que.html

    ResponderExcluir
  10. O cinema francês é simplesmente fantástico e dá pra imaginar que se trata de uma produção muito bem trabalhada no geral. O enredo também parece ser interessante, então vou anotar a dica. :D

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Denise.
    Essa questão de não explicar do motivo de ela sair de virgem para prostituta me incomoda um pouco, mas fiquei bem curiosa sobre o que fez todo mundo descobrir, hehe.
    Posso dar uma chance ao filme.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir