3 de abril de 2015

[Resenha] Quem é você Alasca?

Título: Quem é você Alasca?
Autor: John Green
Páginas: 229
Skoob: Link

Sinopse: Quem é Você, Alasca? - Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".



Opinião:
Miles vai estudar no mesmo colégio interno que seu Pai estudo ele vai em busca de seu Grande Talvez. Ele na sua antiga vida não tinha nenhum amigo. Em seu novo colégio ele conhece Chip que é chamado de Coronel, seu colega de quartos e acabam se tornando amigos e fala sobre as coisas do colégio e como Miles é magro o Coronel apelida ele de Bujão. E lá ele também conhece Alasca uma garota que aparenta ser cheia de problemas e um pouco bipolar em que um momento está feliz bebendo e fumando com amigos e no outro dando piti sem ninguém saber o motivo. Acompanhamos o dia dia de Miles e seus companheiros nesse colégio onde só têm pessoas inteligentes.

“Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.”

Miles é um cara comum e sem amigos, quando ele chega ao novo colégio se apaixona logo de cara por Alasca, mas ele idealiza uma Alasca totalmente diferente em sua cabeça e que essa pode largar o namorado e correr para ele. Tinha uma garota dando ensina dele e que Miles nem prestava atenção pois sonhava com quem não podia ter. Achei legal que ele encontra bons amigos, algo que nem tinha e também decora as últimas palavras das pessoas que morreram e gosta de ler bibliográficas por conta disso, uma manina meio mórbida mais legal. Quando entrou no colégio não bebia e nem fumava e fumar acabou se tornando um vicio.
Capitão é o amigo e colega de quarto de Miles, ensina muita coisa para ele. Um garoto pobre que vai estudar em um colégio interno e mesmo aprontado muito no colégio ele é muito inteligente estuda o Atlas, o Dicionário e sempre aprende coisas novas.  Ele se torna um grande amigo de Bujão levando o garoto sair da sua zona de conforto e aprontar. Gostei desse personagem cheio de atitude e que se preocupa muito com a mãe.
Alasca pode se dizer que é uma garota bipolar muda de humor muito facilmente uma hora está alegre e outra já está triste e de mal humor, adora ler e têm uma enorme coleção de livro, apesar de ter um namorado que ama e amigos, Alasca as vezes deseja morrer e ela se culpa pelo que aconteceu com sua mãe quando era criança e por esse motivo se afastou de seu Pai. Ela mostra ao Miles como aproveitar a vida, além disso é uma garota feminista que gosta que as Mulheres sejam respeitada e não gosto de desrespeito nem pelos seus amigos, ela também é inteligente até porque para estudar no colégio Culver Creek têm que ser. Apesar de ter gostado dela, teve em algumas situações que ela me estressou e até achei um pouco egoísta.

"Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela, um furacão.".
Eu até gostei da leitura, mas não foi grande coisa acho que é porque estava com muita expectativa depois de ler várias resenhas positivas, tinha hora que a leitura não andava e acabei achando um pouco massante algumas partes, até parei e fui ler um livro com mais páginas que li bem mais rápido do que esse, e olha que me deu uma vontade de abandonar a leitura mais fui persistente e acabei curtindo algumas coisas. O que eu não gostei muito e que Miles só pensava em Alasca e até criou uma totalmente diferente na cabeça, se importava muito com a opinião dela.
Até hoje só li três livros do autor e o que mais gosto é A culpa é das estrelas. Quem é você Alasca é como Cidade de Papel que o personagem principal fica submisso a garota e criando expectativas que muitas vezes não vão acontecer.
John Green têm escrita envolvente, mas mesmo assim pelei para me apegar a leitura do livro.

A minha capa é a que tê uma fumaça e gosto da capa porque acho que têm haver com a personagem e ainda gosto de capa preta. A diagramação não é nada de mais, porém gostei da contagem regressiva dos capítulos. A contagem inicia em Cento e trinta e seis dias antes de um acontecimento como livro é dividido o em duas partes essa é a parte do antes e O dia seguinte assim por diante faz parte do O Depois.
Eu posso não ter gostado tanto do livro, mas ele não deixa de ser ruim, como eu sempre fala é melhor ler e tirar suas próprias conclusões pois já li tantos livros que muitos não gostam e eu adorei.

"Eu sei que ele me perdoa, assim como eu a perdoo. As últimas palavras de Thomas Edison foram: "O outro lado é muito bonito." Eu não sei onde fica o outro lado, mas acredito que seja em algum lugar e espero que seja bonito.
Comentários
16 Comentários

16 comentários:

  1. Único livro do Green que ainda não li acredita? E nem tenho vontade, foram tantas decepções com o autor que não da nem pra contar kkkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. não gostei muito do livro, quando li kkk achei muito melo dramático kkk beijos
    http://livro-azul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise!!
    Todo mundo fala tão bem desse livro, mas sempre tive abuso dele porque todo mundo AMA e ADORA e mimimi, mas gostei da sua resenha, da sua opinião verdadeira sobre o livro e agora, sei que "Quem é você Alasca" vai continuar lá no fim da minha lista de livros, continuo com abuso dele, ainda mais com uma protagonista meio egoísta! U_U
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  4. Tô enrolando milênios pra resenhar esse livro porque como você, tinha uma grande expectativa com ele e foi meio morno. :/
    Beijoos

    http://luddzilla.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Eu não tenho muita vontade de ler esse livro, a premissa dele é até bacana, mas não me dou muito bem com esse autor.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. AAA que pena que c não gostou, esse na minha opinião é um dos melhores do JG, a Alasca é super profunda, e me deixou bem curiosa, mas enfim... rs

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá, adorei a resenha, este livro eu já li e continuei lendo mais pela a Alasca, o Gordo não foi um personagem que me prendeu, mas a Alasca foi ao contrário, ela me prendeu do começo ao fim! Adorei a resenha!!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Esse livro foi o único que eu não li do autor, talvez pelo fato de já ter escutando muitas criticas eu nunca tive muito interesse. Gostei da sua resenha bjus http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/2015/03/filhos-de-lilith.html

    ResponderExcluir
  9. Essa semana li outra resenha desse livro e um breve comentário me deixou com certo receio do desfecho. Ainda assim, acho que a experiência tem tudo para ser agradável, mesmo que ainda não conheça o trabalho do autor.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Denise!
    Quando a gente tem expectativas demais é complicado mesmo!
    O único livro do autor que eu foi "A culpa é das estrelas" que eu amei, mas também não sei se gostaria desse livro.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi, Denise! Tudo bem?
    Sempre leio resenhas positivas sobre esse livro, mas quando li... nossa! Que decepção. Tipo, o livro é legal, mas eu esperava tanta coisa! Custei a prender na leitura, custei a interessar pela história.
    Eu gostei muito de A Culpa é das Estrelas, mas "Quem é você, Alasca" e "O Teorema Katherine" foram duas decepções. Histórias massantes, parecidas e com poucas novidades. Ainda não li "Cidades de Papel", mas por tudo que li sobre ele, segue na mesma linha. Garoto nerd, garota diferente/rebelde (zZzz).
    Fora que o drama do John Green chega a ser tediante !

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá Denise, já vi/ouvi diversas resenhas sobre esse livro e eu continuo dividido. Li apenas 3 livros do autor e assim não achei isso tudo que todos falam, porém depois da sua resenha, me deixou mais curioso. Espero ler ainda esse ano.
    Abraços :)
    www.chamandoumleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Oi Denise!!
    Gosto muito desse livro,apesar de não ser o melhor do John.
    Acho que gostei bastante porque não fui com muita expectativa,aliás foi assim que comecei a ler John Green,sem nenhuma expectativa.
    Também me incomodou a relação do Miles com a Alasca,meio obsessiva kkkkkkkkkkk
    Beijos!!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. De todos os livros do Green esse é o que menos me atrai... Não tenho a menor vontade de ler. Apesar de ter algumas capas bem bacanas.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  16. Eu não li esse livro e sinceramente, por todas as opiniões que já ouvi, não me interesso não... Sei lá, talvez se eu lesse eu mudaria de ideia, mas... a lista é extensa demais rs
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir