22 de dezembro de 2014

[Resenha] Tão mais bonita:

Título: tão mais bonita
Autora: Cara Hoffman
Páginas: 283
Skoob: Link


Sinopse: Haeden é uma pequena cidade no norte do estado de Nova York que tem como principal empregadora uma fábrica de laticínios. Seus habitantes são pessoas que fincaram raízes por lá e nunca mais foram embora – pessoas que não gostam muito de forasteiros. É o caso da família Piper, que fugiu da confusão da cidade grande com sua precoce e encantadora filha, Alice, procurando um novo começo, e de Wendy White, uma mulher doce e caseira, que desapareceu misteriosamente.
Recém-chegada a Haeden, a repórter Stacy Flynn decide reconstituir a vida de Wendy, que fora assassinada, organizando todos os fragmentos que encontra na tentativa de solucionar o caso. Ela escreve um apaixonado artigo para o jornal local, que desperta em Alice o desejo de também investigar o crime. Enquanto Alice e Flynn, separadamente, observam as pessoas ao redor em busca do assassino, o destino de Alice é entrelaçado para sempre ao de Wendy, quando um segundo crime abala as estruturas da cidade.

 Comprei esse livro faz uns dois meses em uma promoção das Americanas e quando fui procurar resenhas sobre ele só vi uma positiva até fiquei com medo de realizar a leitura, mas acabei me surpreendendo com a leitura e foi um livro que fluiu muito bem, só demorei um pouco para ler poque agora trabalho e ai fica difícil ler o dia inteiro.Vou tentar fazer uma resenha sem  dar muito spoiler,
Um Assassinato acontece em uma pequena cidade chamada Haede  a garota era muito conhecida e se chamava Wendy que acabou desaparecendo logo depois de sair do trabalho, passando meses sem encontrar pistas do desaparecimento e uma jornalista chamada Flynn obcecada com o caso, além disso temos a protagonista Alice uma garota diferente e inteligente que cresceu na cidade e foi criada de uma forma livre pela sua família.

O que sabemos sobre Alice Piper? Tecnicamente, ela é um gênio. O QI é de 158. Obteve 2.300 pontos no Exame de Aptidão Escolar. É atleta. Agora, pense no que isso significa. Pense no que isso significa para uma garota em Haeden.

 Li Muitas resenhas negativas desse livro e fiquei um pouco em dúvida de ler, mas eu gostei muito da história, muitos acharam confuso mais eu percebi que a forma que a história fluía era importante para chegar aos acontecimentos na escola.
O livro começa com a narração da Jornalista Flynn  falando como ela se envolveu muito no caso e logo depois a história passa narrar a infância da Alice com seu amigo Theo e a forma que eles foram criados, adoravam viver no mundo da imaginação, as conquistas realizadas por Alice como o Borboletário e sua evolução na natação, chegando até o porque das escolhas de Alice onde sua vida e a da cidade mudou totalmente. Ela era uma boa menina e fez as escolhas achando que era o certo que precisava cortar o mal pela raiz.
O livro intercala as narrações dos capítulos sobre o passado de Alice contada pelos seus Pais e por ela, além do Theo e as provas que podem levar a policia e a população entender o que aconteceu.

Acontece o tempo todo: uma mulher desaparece, a família se lamenta, e o caso permanece sem solução.
Apesar de ter gostado da leitura, algumas coisas ficaram em aberto e eu gostaria muito de saber o que aconteceu realmente com a Wendy, porque sequestraram ela e o que fizeram e principalmente ter certeza de quem eram os responsáveis por esse desaparecimento, entendo que o foco principal era a Alice, mas seria bom se essas duvidas tivessem sido sanadas.
Mas ao contrario de outros não ache o livro confuso. Tem livros que li e achei confuso e outras pessoas não e esse foi ao contrario.
O livro tem uma bela diagramação, páginas amareladas e uma capa bonita mais que mudaria pois não tem nada a ver com a história, até pensei em alguns símbolos que representassem a Alice como a natação e o trapézio.
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, mas parece ser um bom livro. Não é meu gênero preferido, porém espero encontrar ele em promoção, fiquei curiosa.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    não conhecia o livro e a capa não me chamou atenção, mas a história parece ser interessante

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi De, tudo bom?
    Não conhecia o livro e assim como você, eu ficaria com receio de o ler depois de tantas resenhas negativas, rs!
    Mas que bom que você insistiu e finalizou a leitura... A premissa me pareceu intrigante..
    Grande beijo ♥

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  4. A sua pé a primeira resenha que vejo desse livro. Nem conhecia ele. Me interessei pela história, mas já fiquei com um pé atras quando você disse que ficam algumas pontas soltas.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oii...
    Conheci esse livro logo quando lançou, ele logo me chamou a atenção.
    É horrível quando ficam algumas pontas soltas.

    Feliz Natal!
    Beijinhos ;**
    Leitora Online

    Instagram | Twitter | Facebook

    ResponderExcluir
  6. Não lembro de ter lido resenhas desse livro, mas achei a premissa interessante e acho que também poderia apreciar. Só é uma pena que nem todos gostaram como você.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir