3 de novembro de 2014

[Resenha] Mathilda Savitch:

Título: Mathilda Savitch
Autor: Victor Lodato
Página: 312
Skoob: Link

Sinopse: Mathilda Savitch tem conflitos que extrapolam as dores comuns da adolescência: sua irmã mais velha é brutalmente assassinada, jogada na frente de um trem por um desconhecido. Com a angústia de uma nação em guerra contra o terrorismo e os pais enlutados pela tragédia familiar, Mathilda decide usar a maldade para provocar alguma reação neles, que estão completamente catatônicos. Eleito o melhor livro de 2009 pelo The Christian Science Monitor, pela Booklist e pelo The Globe and Mail, o romance de estreia do poeta e dramaturgo Victor Lodato retrata, de maneira impressionante, a vulnerabilidade e a aparente ousadia adolescente.


Opinião:
Mathilda é uma garota de treze anos que teve junto com sua família uma grande perda, sua irmã mais velha e queridinha da família que morreu atropelada por um trem e isso acabou desestabilizando sua família, principalmente sua Mãe. Os seus Pais se fecharam para o mundo e parece que vivem em uma concha e por conta disso Mathilda quase não recebe atenção dos seus Pais, quer dizer seu Pai da atenção para ela e conversa, mas não da carinho.
Por essa falta de atenção ela faz algumas coisas erradas, só para provocar seus Pais e assim lembrar a eles que ela está lá . Está perto de completar um ano da morte de sua irmã mais velha e a queridinha da Família, ela não para de pensar nisso, pois também sente falta da irmã. Mathilda também começa a reler uns e-mails de um antigo namorado de sua irmã e fica curiosa para saber sobre ele.
Além desses problemas com sua família ela é apaixonada por um garoto chamado Kevin que gosta de sua amiga Anna, mas a mãe de sua amiga não gosta que elas andem juntas,

"O que vai acontecer, quem você se tornarão. Ás  vezes eu gostaria que o tempo se acelerasse, para poder ter agora o rosto de meu futuro."

 Mathilda não é um livro que tem um romance necessariamente, mas sim na mente de uma garota e a todos que o cercam. Um livro que mostra uma família tentando se recuperar de uma morte e de Mathilde mostrando que ela também sente falta da sua irmã, mas que ela está viva ao lado de seus Pais. Ela acabou deixada de lado por esse motivo se tornou uma garota revoltada, ela mesmo amando sua mãe as vezes tinha pensamentos ruim sobre ela. A garota só queria carinho e que sua família voltasse ao normal, mas o passado tudo dependia da irmã e no presente também.
Mathilde tinha horas que me dava dó, outras estressava , mas gostei da personagem além de todos os problemas passando pela sua mente ela ainda arrumou mais um, pois não parava de pensar em terrorismo.  Ela passou por muita coisa, inclusive a descoberta e a vontade do Sexo, pensava se sua irmã já tinha feito.
A garota sempre acreditou que tinham empurrado a sua irmã, mas depois que se encontra com uma pessoa descobre alguns segredos que pode ter levado a morte de sua irmã, mas isso ela vai manter em segredo para não fazer seus Pais sofrer mais do que já estão.
Desse livro mesmo só gostei da personagem principal e do Pai dela. A mãe dela a ignora só olha com cara de desfeita para a garota, não sorri não troca palavras de carinho ou ao menos palavras menos secas e a garota sente falta da mãe dela. Deve ser doloroso perder um filho, mas tem que lembrar que ela tem uma filha com 13 anos e que precisa de uma mãe por perto, precisa de conselhos para não entrar no mal caminho.

" A pessoa que lê o livro é como deus, enxerga o passado e o futuro, mas  o fato é que o leitor não pode fazer nada."
Já os outros personagens que não gostei foi a Anna achei ela muito superficial e que se distanciou muito fácil da Mathilda quando sua mãe pediu, ela era a única amiga da garota. Agora o Kevin na minha mera opinião é um bobão queria a amiga da Mathilda  e não percebia que ela que gostava dele, mas nem tem muito o que falar dele.
Me senti um pouco confusa com a leitura em algumas partes e achei que teve algumas partes sem explicações, mas como o foco é a Mathilda da para entender um pouco. Gostei da leitura e levei três dias para ler..
O livro tem um tamanho pequeno as folhas amareladas e letras em um tamanho bom para ler e a capa do livro é bonita e simples. Em geral gostei, mas teve algumas partes paradas. Comprei e esse livro em uma promoção e valeu muito apena.

" Eu queria que ela soubesse que algumas pessoas podem fazer mais do que apenas ficar sentadas, fumando cigarros. As pessoas podem acordar, se quiserem.
Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Oi, Denise.
    Achei bem diferente essa história. Mas gostei da tua resenha, mostra os fatos marcantes do texto, como uma menina de 13 anos resolve vingar-se.

    beijos.
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não ser uma leitura que estou acostumada, gostei do livro. Se der vou ler. Li um livro esses dias em que acontece mais ou menos a mesma coisa e é incrível como os pais esquecem que tem outros filhos e só pensa no que se foi.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Parece bem estranho... não sei mas o mundo já anda tão cheio de dores e violência, devemos ler coisas mais alegres... só minha opinião.

    Bjaum flor!

    Aline Laitarte - www.bomboneca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Acho que é uma leitura mais pesada, e não é pra qualquer um hahaha
    Mas me chamou bastante atenção, gosto de leituras fora do clichê.

    www.booksever.blogspot.comConcorra a 16 livros no SORTEIO DE NATAL.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise!
    Já tive vontade de comprar esse livro, mas estava na dúvida se erabom ou não.
    Não imagina que a protagonista tivesse só 13 anos, muito nova.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  6. Oii !

    Sempre escuto falar desse livro mas nunca li, confesso que tenho muita vontade de lê-lo ><

    Bjoos Miih

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia o livro, mas adorei a resenha
    deu muita vontade de ler

    beijo

    A Estranha no Paraiso
    Facebook
    Instagram
    Twitter

    ResponderExcluir
  8. Oi! Eu sempre li a sinopse e nunca pensei que era uma garota de 13 anos, achava que era mais velha, isso muda muito a minha percepção da história. Estou louca para ler! Vou aproveitar a feira-do-livro para comprar heehe.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Não sei se eu iria conseguir aproveitar completamente o livro. Acho que não se encaixa muito no meu gênero de leitura.
    Porém, sua resenha ficou ótima.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de novembro

    ResponderExcluir
  10. Oi Denise.
    Eu adoro uma promoção e sempre vejo esse livro, mas ainda não sabia exatamente o que esperar dele, mas sua resenha foi bem esclarecedora.
    Gosto de enredos bem contextualizados e explicados, então acho que esse livro não me conquistaria.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise.
    Eu sempre tive vontade de ler este livro, estava sempre em promoção, mas ficava meio na dúvida se valeria a pena ou não comprá-lo. Após ler sua resenha, pode ter certeza que ele entrará na minha lista.
    Beijos!

    http://chuvacafeelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir