18 de maio de 2014

A Historia destarada de Amor da minha amiga:


Júlia é uma garota que não liga muito para o que acontece ao seu redor, é apenas uma garota Geek, que adora ficar em seu mundio e Sonhar acordada quando está escutando música.
Ela estuda em um prestigiado internato do estado do Mato Grosso do Sul e está no ensino médio, mesmo que ela não goste de chamar atenção é uma garota muito bonita e adora moda. Mas ela tem um pequeno defeito é a garota mais desastrada do colégio e já se meteu em encrenca por conta de seus desastre.
Uma garota que tomba em tudo que está pela frente e cai muitas vezes, por isso ela prefere ficar em uma zona segura quando não está em aula, normalmente no seu quarto ou na sala de diversão.

-E aqui começa a historia da minha melhor amiga, ela acha ruim quando eu saio contado a historias de desastre para todo mundo, mas não posso fazer nada, já que eu adoro contas suas historias, mesmo ela odiando e fazendo aquela cara de poucos amigos. Afinal Amigos servem para bastante coisas, inclusive fazer passar vergonha. Eu já ia me esquecendo eu me chamo Adriana e fiquem atento a essa história dela é a minha preferida.

A Júlia nunca foi de se apaixonar por ninguém, ela prefere ficar no mundo da lua ao invés de sofrer pelo Amor, mas acho que isso é algo que acontece com todos nós, alguns tem sorte de viver muitos anos com o primeiro amor. Mas vamos dizer que seu destino muda, quando ela quase cai da escada do colégio.
Um Garoto que nunca tinha visto e sem camisa de uniforme, ajuda ela antes de o pior acontecer. Ela só agradeceu, voltou a colocar seus fones e seguiu enfrente. Ainda não me conformo disso o cara era o maior gatinho, mas pelo jeito ela nem reparou.

- Estou pressentido que ela está me mandando aquele olhar de vou te matar por contar essa historia, mas como eu disse nem ligo para isso, agora deixa eu voltar a história.

Bom essa cara que ajudou ela era o novo interno do colégio e que caiu na nossa turma, o nome dele era Michel e posso dizer as garotas do colégio ficaram caidinha nele, mas como sempre a Júlia nunca reparou nele, ela nem teria percebido que ele era o garoto que ajudou ela naquele dia se ela não tivesse escorregado e caído no chão na hora que estava indo para o refeitório, e eu envés de ajudar cai na gargalhada, pois foi muito engraçado, ai do nada surge o Michel não posso negar que meu coração deu uma acelerada quando viu aquele olhos verdes.
Michel ajudou Júlia novamente e falou olhando para mim, esses dias ajudei sua amiga que quase caiu na escada, vendo ela caída aqui no chão e escutando o que fala dela, deu para perceber que isso é normal e que ela é desastrada, na hora que ele falou aquilo ela olhou feio e sai revoltada para o seu quarto sem agradecer. Já eu fiquei conversando com o Michel e agradeci por ela e depois fui ver se ela estava bem.

Como já estávamos no meio do ano Júlia nunca converso do que poucas palavras com o Michel, chegamos ao final do ano letivo e cada uma de nós fomos para um canto e nós encontramos em uma viajem internacional para aproveitar as férias.
Poucos dias depois a professora escolheu duplas para realizar 3 trabalhos e a Júlia caiu com o Michel, e eles começaram a ser amigos e passamos a andas nós três, mas eu sentia que ele estava interessada nela, mas ela nunca percebia.
No dia que ela bateu a cabeça ao cair da escada, Michel ficou desesperado e resolveu falar o que sentia, desde que ele confessou ela passou a fugir dele, mas não conseguiu, porque ela tinha sentimentos por ele também.
Em uma sábado no colégio, ele pegou ela desprevenida e  a beijou, começaram a namorar pouco tempo depois, até tentaram separar eles umas invejosas mais nunca conseguiram.

- E essa é uma historia simples e sem sofrimento do primeiro amor de sua mãe e que 10 anos depois eles se encontraram e hoje vocês o chamam de Pai.

- Semana que vêm se vocês quiserem eu posso contar mais historias sobre a mãe de vocês, mas agora é melhor eu ajudar ela a fazer o Jantar se não eu vou escutar o monte.

" Nem tudo na vida é perfeito, mas muitas vezes essas imperfeições podem ser o caminho da sua felicidade, basta se deparar com uma chance de ser Feliz, pois nem sempre você vai ter uma segunda chance."

Historia Fictícia escrita por Denise Crivelli
Frase: Denise Crivelli
Imagem: http://weheartit.com/
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Oie Denise =)

    Me identifiquei um pouco com a Julia, pois tb sou muito desastrada rs...
    Gostei da história. Muito fofinha *-*

    Beijos e uma ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary



    Beijos e uma ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  2. Oii,

    Muito legal a historia, você escreve muito bem!!!!

    Parabéns!

    Também sou muito desastrada :(

    Beijinhos,

    entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii!

    Ah, também sou muito desajeitada em alguns momentos... hahaha tenho históricas de "micos" que eu paguei por isso... hahaha

    beijos.

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    É uma linda história, impossível não se emocionar!

    :)

    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br/2014/05/resenha-o-amor-chegou-tarde-em-minha.html

    ResponderExcluir
  5. Parecida comigo...rs

    BJux, Jell
    www.urbanoeretro.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ei Denise, você escreve incrivelmente bem!
    Sério, continue!!!
    Adorei a história hahaha muito divertida e emocionante.
    Abraços.
    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Haha, adorei a história. Eu sou uma pessoa mais das amizades, meus dois relacionamentos envolveram amigos muito próximos que viraram namorados.
    Sou a favor do conforto da amizade numa relação.
    Você escreve muito bem, parabéns.
    Blog Cookie Cookie

    ResponderExcluir
  8. Muito fofinha a história, parabéns!!

    ResponderExcluir