5 de março de 2014

[Resenha] Sangue Quente:

Título: Sangue Quente
Autor: Isacc Marion
Páginas: 256
Skoob: Link


Sinopse: R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos.
Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. 




Opinião:
R é um Zumbi diferente dos outros que estamos acostumadas a assistir/ler, ele tem consciência e pensa muito, os zumbis que ficam no aeroporto são uma comunidade, tentam conversar do seu jeito e até se casam.
Em uma das casadas de alimento deles R se depara com Julie e acaba salvando ela de ser comida por outros Zumbis e leva ele com ela para o avião que é sua moradia. Julie acaba percebendo que R é diferente dos outros, ele aprecia música e se questiona a respeito das coisas.
Esse foi o primeiro livro que li sobre Zumbis, ele não chega a ser aquela maravilha mais é interessante de se ler, tem um filme baseado nesse livro que também naos é grande coisa.
"A dor das lágrimas queimam meus olho, mas meus canais não têm mais fluidos para derramar... É a primeira vez que sinto dor desde que morri."


O livro em sua maior parte se passa dentro da mente de R, ele tendo diálogos com ele mesmo, sonhos, questionamentos e conversar e lembranças de Perry que estavam no celebro que ele comeu, não vão esperar ação com esse livro por ser de zumbi, porque vai ser difícil encontrar, ele é mais como um romance sobrenatural.
"Mas o que me deixa mesmo triste é esquecermos nossos nomes. Isso me parece ser a coisa mais trágica de tudo. Sinto falta do meu e lamento pelos outros, porque gostaria de amar todos, mas não sei quem são eles."
Os personagens me agradaram muito, principalmente por lutar pelo que quer e contro o que eles são.
 A ação nesse livro começa lá pro final do livro e também mostra uma possível cura para quem é zumbi, eu não sei como colocar minha opinião nessa resenha, porque o livro não me agradou muito em termo de historia e é conteúdo, mas é interessante para se ler, mas sem criar muitas expectativas.
"O futuro para mim é um borrão, tão grande quanto o passado" 
Outros Quotes:
"Quando o mundo inteiro é construído com horror e morte, quando a existência é um estado constante de pânico, é difícil ficar preocupado com uma coisa só. Os medos específicos se tornaram irrelevantes. Nós substituímos por um cobertor sufocante muito pior." 
"Posso jurar que estou sentindo meu coração bater. mas provavelmente é apenas o dela, que está pressionado contra o meu peito." 
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Nossa, acabo de fazer uma troca e este livro está para chegar aqui em casa hahaha. Estava louca por ele, pois assisti Meu namorado é um zumbi e descobri que foi baseado nesse livro, desde então, desejo loucamente, amei o filme kkk.
    Ótima resenha ;)

    Beijos
    Comente ;)
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/03/resenha-vivencia-de-clarisse-isabella.html

    ResponderExcluir
  2. nao conhecia mais parece ser um historia bem legal
    seguindo
    beijos

    Caprixos Teens

    ResponderExcluir
  3. Nossa me interessei vou ver se eu acho na saraiva na minha cidade!!Seguindo retribui?
    http://chuvasdesetembros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Dê!
    Eu ainda não li o livro, mas morro de vontade de ler.
    No geral a história é batida e clichê, mas o autor tinha uma mensagem implícita em todo o livro que é 'a sociedade está morrendo e só o amor pode nos curar'. Acho que é bem válido pro nosso momento atual e eu meio que entendi a história como uma metáfora bem bacana. Adorei a resenha!
    Pena que o livro não te conquistou, quem sabe o próximo :)

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu morro de medo de zumbi, mesmo que o livro/filme/série não seja sinistro eu simplesmente não consigo assistir/ler!
    Esse parece bacana mas...
    O trauma é grande :(
    Beijinhos
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros e séries de zumbi, acho que irei gostar desse livro! ;]

    ResponderExcluir
  7. Acho que não me interessei nem um pouco em ler o livro. Parece ser aquele livro que você deve ler apenas para não dizer que não leu nada. '-'

    verbalismos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor! Eu li e adorei esse livro, justamente porque foge completamente dos enredos de ação quando o tema é zumbis. Gostei do R! Ele não é apenas um zumbi, mas dá para ver que guarda resquícios dos seus valores humanos. Assisti ao filme e não gostei, porque não foi uma adaptação fiel ao livro. Mas a leitura em si foi, sim, prazerosa para mim. Também fiz a resenha sobre ele no blog. ^.^
    Beijos!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Como já assisti o filme, acho que não vou ler o livro.
    Mas eu gostei bastante do filme e em determinados momentos o achei bem divertido.
    O R é um fofo.
    Nunca li nenhum livro sobre zumbis e não tenho muito interesse nesse gênero de leitura.
    Gostei muitos dos Quotes.
    Bjokas
    nerdworldofgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir