25 de janeiro de 2014

Meu Diário:



Ola, olha eu aqui de novo, depois de tanto tempo sem escrever uma única palavra, mas é porque as coisas andaram um pouco difíceis para mim e quis evitar lembrar delas ao escrever aqui.
Em apenas dois meses sua vida pode virar de ponta cabeça e foi exatamente isso que aconteceu comigo.
Há dois meses atrás tudo estava indo as mil maravilha e um dos meus sonhos estava quase se realizando, eu estava muito feliz com tudo que estava acontecendo, mas existiam pessoas próximas que não gostam de ver a felicidade de outras pessoas e fazem de tudo para destruir ela.
Tinha conseguido um bom emprego na Capital e estava noiva de Bruno e já havíamos marcado o casamento. Eu estava muito ansiosa para a data chegar.
Resolvi viajar para a Capital e procurar um apartamento para morar, já que em breve teria que ir trabalhar lá, agora que já sou formada em Arquitetura fui contratada por uma grande empresa e meus sonhos estavam se encaminhando bem, além disso recebia todo apoio da minha família e amigos principalmente da Juliane.
Fui viajar e tive que passar quase dois meses longe do meu noivo, já que ele não podia ir por conta do trabalho e nem me visitar ele é Engenheiro e estava terminado uns trabalhos importantes.
No dia 15 de Agosto de 2009 eu estava de volta a minha querida cidade Nova Esperança e com tudo encaminhado lá na capital, voltando descobri que Juliane estava gravida de quatro meses. Ela só não me contou antes porque queria fazer uma surpresa. Já Bruno tinha ido visitar a mãe dele e estaria de volta no dia seguinte. Eu estava muito ansiosa para ver ele.
No dia que eu e Bruno nós encontramos ele me mostrou uma grande surpresa e falou que avia comprado uma linda casa na capital, por isso ele tinha mentido para onde havia ido viajar . Não posso mentir fiquei mega feliz e contei para todas as pessoas que via pela frente.
Toda essa felicidade que eu sentia estava perto de mudar, foi no dia do Chá de bebê de Juliane em que tudo começou a desmoronar. Juliane tinha ido no quarto do bebê pegar uns presentes que ela tinha recebido antes e começou a demorar então resolvi ir atrás dela e acabei tendo uma grande surpresa, imagina vi meu noivo Bruno aos beijos com Juliane e depois depois que se beijaram escutei uma conversa mais ou menos assim:


- Juliane você sabe que esse filho é meu. Porque não me deixa abandonar a Sophia?
- Meu querido tudo ao seu tempo, quero que você há abandone no altar no dia só casamento. Vai ser uma cena prazerosa de se assistir.
- Mas pra que fazer ela sofrer tanto, você já conseguiu o que queria Eu.
- Não vem om essa não, você sabe que eu nunca gostei dela, pois ela sempre teve tudo o que eu quis. Uma Família rica, viagens internacionais, notas boas e é claro você.
 Eu entendo que você sempre foi apaixonada por mim, mas a Sophia chegou primeiro e você nunca perdoou isso e agora você me tem.
- Isso não basta para mim quero ver ela sofrendo !
Pois é diário foi isso que aconteceu e depois de escutar essa conversa resolvi sair de trás da porta e chorando falei um monte para eles e sai correndo. O pior de tudo foi dias depois, porque faltava dois meses para o casamento, mas os convites já tinham sido entregues e tive que comunicar a todos que o casamento não aconteceria mais e ainda tive que suportar escutar a pergunta:
- Porque o casamento não vai acontecer? vocês pareciam se amar tanto
E eu tive que falar que era porque o amor acabou, mas dentro de mim eu sabia que ainda amava ele, mas ele me traiu e deixou de me amar.
Além disso Juliane além de roubar o meu noivo, também pegou o meu emprego, já que ela envenenou a cabeça do meu chefe e dois meses depois de tudo ainda recebi uma ligação falando que os planos da empresa na Capital tinham mudado e que iam adiar um pouco a construção do Teatro e quando foce  retomar quem estaria no meu lugar na parte de Arquitetura era Juliane. Não foi algo que me destruiu, já que eu não iria trabalhar nessa profissão pelo resto da minha vida.
Faz seis meses que tudo isso aconteceu, meu coração ainda está machucado, porque eu não perdi apenas o Meu noivo, perdi também uma amiga ao ser traída por ela. Eu ainda estou me curando aos pouco e tenho certeza que um dia vou encontrar alguém que me ame de verdade.
Depois de um tempo  resolvi começar  estudar outro curso na faculdade, para poder assumir os negócios da família e por enquanto estou gostando do que aprendi e ainda por cima conheci ótimas pessoas.
Agora eu sinto que mesmo estando machucada as coisas estão começando a voltar aos eixos e em breve não restara mais cicatrizes no meu coração.

Assinado: Sophia Vasques

Texto fictício escrito por: Denise Crivelli Nascimento
Imagens retiradas do sitehttp://weheartit.com/
Comentários
16 Comentários

16 comentários:

  1. Oie Denise =)

    Tem tantas Julianes pelo mundo ... já passei por uma situação semelhante de descobrir que a minha melhor amiga era na verdade minha inimiga numero um e é o tipo de coisa que realmente doí.

    Belo texto!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...

    ResponderExcluir
  2. amooo esse textos gente *-*
    você está de parabéns!
    eu já me enganei com uma pessoa que fingia ser minha amg tbm ;/
    beijos
    http://pontinhomv.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o blog, to seguindo.
    rebeldiaemv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu texto flor!
    Bjos

    Samy
    http://livroscomresenhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiee, é a primeira vez que entro no seu blog mas ja amei é tudo muito lindo, parabéns !!

    Poderia retribuir a visitinha e seguir meu blog se gostar ? Comenta avisando que eu sigo de volta !! Estou recomeçando do 0 e sua ajuda é muito importante, te aguardo lá em <33
    Beijoss

    http://lotof-nothing.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Deus Que malvada!
    Amei o texto!
    Maravilhosa!
    Beijos
    Ps: Nova Resenha: Minha pequena, grande mulher - Para amar e proteger - Simone Fraga
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/01/resenha-minha-pequena-grande-mulher.html

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei da ideia do texto. Julianes estão por todas as partes, infelizmente.
    Tenho algumas críticas a fazer...
    Primeiro, sempre revise um texto antes de publicá-lo. Tem alguns erros de digitação e formatação, que seriam evitados com uma boa revisão. Aliás, dê uma olhada quanto aos nomes. Primeiro você falou que o noivo dela era o Renan, depois falou que era o Bruno. Fiquei confusa. Cuidado com a pontuação também; algumas estão erradas, outras ficaram faltando.
    Espero que não se sinta ofendida com o que falei. Juro mesmo que não foi por maldade (:

    Beijos, Luu
    http://degradeinvisivel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Nossa gostei demais desse texto!!
    E é bem assim mesmo, as vezes pensamos estarmos indo pelo caminho certo, e a vida dá uma reviravolta, que no começo não entendemos, ficamos revoltados mas que no fim descobrimos que nada acontece por acaso!!
    Adorei mesmo!!

    Beijos, Bá.

    http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito da resenha.
    Beijos
    blogdabellas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Deni.

    O texto esta super demais e sempre vamos encontra pessoas para nos trai e ainda se dizerem amigas (os). Tive algo com alguém e a pessoa só mentiu, mas como sempre eu disse a ele, ele se atolou, mas próprias mentiras e ainda se achou no direito de ficar com raiva de mim. kkkkkkkkkkkkk vê se pode.


    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Oi De!
    Adorei o texto.
    Temos é que com tomar cuidado com tantas "Julianes" que encontramos por aí.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Denise! Por um momento eu pensei que tudo tivesse acontecido com você mesma, então desci até o finalzinho do post e respirei aliviada por saber que era ficção (apesar de ser essa uma ficção bastante real, se formos fazer uma comparação com o nosso mundo mesmo). A Sophie deve ter ficado arrasada, perder um amigo ou um amor é ruim demais, imagine um combo? Meu Deus!
    Mas enfim, um belo texto. Você escreve muito!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  14. De! Por um momento tive certeza que era um texto REAL, e mesmo sabendo que você o escreveu com maestria, ainda posso afirmar que é uma história parecida com tantas que chegou a ser palpável.
    Parabéns!

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  15. Não sei se odiei mais a Juliane ou o Bruno.... hauahuaha
    Gostei do texto! :)

    Beijooos

    sugarylemonade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Uau, primeiro eu tenho que dar parabéns a autora e depois dizer que eu achei esse texto lindo e triste e espero por uma continuação.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir