12 de janeiro de 2014

A felicidade está ao seu lado:


Tudo na vida depende das escolhas que são feitas para ser feliz eu fiz as minhas e encontrei o Grande Amor da minha vida. 
Ela era muito linda, mas pude perceber que também era solitária e que não tinha amigos, já fazia seis meses desde que ela mudou para o Condomínio Esperança.
Nunca tinha vista ela conversar com ninguém, mas sempre via ela sair de manha provavelmente para trabalhar e retornava no final da tarde e o máximo de conversa que tinha com ela era a palavra "Oi". E veja bem nós eramos vizinhos e nunca tínhamos sido apresentados.
Mas um dia tudo mudou me candidatei há Síndico do Condomínio onde morávamos e ganhei as eleições em um belo dia tinha que ´passar nos 20 apartamentos existentes no prédio onde morava para agradecer a confiança deles e avisar para entrar em contato comigo toda vez que precisassem.
O último andar que visitei foi o meu, até aquele momento nunca tinha criado coragem para bater na porta dela e dessa vez eu tinha que fazer isso era o meu trabalho.
Bati na porte e ela me recebeu bem seu nome como eu já sabia era Sophia e ela tinha um lindo sorriso.
Meu dialogo com ela foi mais ou menos assim:
Eu: Ola
Ela: Oi
Eu:Sou o novo Sindico daqui do prédio me chamo Gustavo e quero agradecer a confiança de vocês por me escolherem e se precisar de qualquer coisa estarei a disposição.
Ela: Espero que você faça um bom trabalho e que cuide bem do local onde moramos.
Eu: Pode deixar, eu só queria agradece mesmo é melhor eu ir andando. A gente se vê por ai.
Ela: Então tá tchau.

Crianças eu já estava indo embora quando conseguir reunir minha coragem e segurei a porta antes dela fechar e de ficarmos sem se falar de novo por um bom tempo.
- Sophia você gostaria de tomar um dia desses um café comigo ou um chá
Ela: Pode ser
- Que tal amanha já que é sábado as 15 da tarde no café Liberdade que fica aqui na esquina.
Ela: Está bem... e foi bom conhecer você.
 Eu: fiquei ansioso até o dia seguinte e com medo dela não aparecer no café, pois depois ficaria envergonhado de olhar para ela, mais na hora que deu 15:00 da tarde para a minha surpresa ela realmente apareceu.
Começamos a conversar e a conhecer melhor um ao outro e eu descobri muitas coisas a respeito dela. Há partir desse dia passamos a nós encontrar sempre que possível e esse velho aqui usando a desculpa que queria ser amiga dela.
Isso que eu contei durou mais ou menos cinco meses até que ela se apaixona-se por mim e quando abrimos nosso sentimentos um para o outro foi um grande alivio.
Começamos a namorar no dia 15 de Janeiro de 2000, ela com 21 anos de idade e eu com 24. Dois anos depois aconteceu nosso casamento e ela estava linda.
Hoje estamos no ano de 2040 sua avó com 61 anos ainda continua linda.
- São seus olhos meu querido, agora pare de atormentar as crianças com essas historias antigas e deixe elas irem se divertir.
- Há vovó essa historia é legal, gosto de saber como vocês se conheceram.
- Amanda não ligue para a sua avó não, vá brincar com os seus primos lá fora.
- Mais vovô
- Vai se divertir minha queria, ainda falta muito tempo para você ter sua historia de amor.
-Está bem.
Só não se esqueça que muitas vezes a felicidade mora ao seu lado e você nunca vai perceber se não tomar coragem e enfrentar seus medos, pois vai saber quando outra chance irá surgir.
Seja feliz e aprecie as coisas da vida e não se esquece que tudo tem seu tempo, mesmo que você tenha coragem para lutar. Como você viu eu ainda levei alguns meses para conquistar a sua avó.
Agora pode ir e não se esqueça que eu Amo você e seus primos.
- Eu também te amo vovô.

Texto fictício escrito por: Denise Crivelli Nascimento
Foto:  Weheartit




Comentários
15 Comentários

15 comentários:

  1. Dê, que texto lindo!!!
    Sempre espero que eu mesma conte histórias de amor para meus netos!
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  2. Que lindo e que surpresa no final. Amei!

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. texto super lindo, amei tudo
    beijos!
    http://charming-pink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei,Denise!
    Parabéns!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que texto mais fofo, é lindo como tem pessoas que não desistem do amor.
    Facebook: Teorema de Mary
    Blog: Teorema de Mari

    ResponderExcluir
  6. Que texto lindinho, parabéns!

    Beijos,
    http://algoadefinir.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto, e tem como não? Uma história que fala sobre o início do amor é o bastante para me tirar um sorriso. :)
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Texto fofo!
    Seguindo de volta!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi flor! Adorei seu texto. Queria poder escrever bem assim *.*
    Bjokas

    Samy
    http://livroscomresenhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Toda história de amor é linda e texto ficou lindo também! Parabéns!

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. O texto é lindo!
    adoro historias assim!
    beijao e já estou te seguindo! ;)
    http://ana-dodia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Texto fofo demais! :D
    Adoro histórias assim!

    Um beijo,

    http://www.algumasobservacoes.com/

    ResponderExcluir
  13. Nossa que texto lindo, você escreve super bem, adorei!


    seguindo aqui, passa lá?

    nacaoesmaltada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Esse texto realmente é suuper lindo! Gostii
    Seguindo,beijos;
    http://coffeecomsugar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adorei o texto, uma gracinha. Acho que meu amor não mora ao lado, na frente, atrás, em lugar nenhum. Porque tá difícil, viu? HAHAHA
    Blog | Curte?

    ResponderExcluir