28 de maio de 2018

Resenha | Sem Filtro: Sem vergonha, sem arrependimentos, apenas eu mesma. - Lily Collins:

Título: Sem Filtro: Sem vergonha, sem arrependimentos, apenas eu mesma.
Autora: Lily Collins
Páginas: 240
Nota: 4/5
Skoob: Link

Sinopse:  Lily Collins — estrela de filmes como Instrumentos mortais, Espelho, espelho meu e Simplesmente acontece — estreia na literatura com um livro confissão; uma conversa entre amigas. Honesta. Sem filtro. Pela primeira vez, Lily fala da vida pessoal e confessa seus segredos mais bem guardados. Lily desnuda suas vulnerabilidades com uma coragem comovente, e lembra que a vida não é feita apenas de risos e um eterno alvorecer cor-de-rosa. Para cada alegria há, também, dor e desilusão; luz e trevas, como em qualquer trama bem urdida. Aceitação é a palavra mágica. Para Lily, olhar o espelho e gostar do que vê, fazer as pazes com você mesma é a chave para suportar os dias ruins. Embora o caminho para o amor-próprio possa ser sinuoso, a autora aprendeu que basta uma pessoa estender a mão, alguém tomar uma pequena atitude para todos os demais entenderem que não estão sozinhos. Engraçada e terna, a voz de Lily irá inspirar você a ser quem é e a sempre dizer o que sente. Chegou a hora de achar sua voz. E viver sua vida... plenamente.

Opinião:
Sem Filtro é a primeira Autobiografia escrita por um famoso que leio, peguei esse livro para sair um pouco da minha zona de conforto que ultimamente está tendo bastante romance. Nesse livro conhecemos um pouco mais da atriz Lily Collins conhecida por filmes como Instrumentos Mortais, Simplesmente Acontece, Espelho Espelho Meu.
Ela conta um pouco da sua infância e de como se sentia a respeito de sua aparência a primeira coisa eram suas sobrancelhas grossas que ela não curtia muito, mas que depois passou a amar e aceitar elas como eram (acho linda a sobrancelha dela), depois veio a questão do peso de querer ser mais magra, bonita e com isso veio junto os distúrbios alimentares que ela sofreu muito com isso, fala também da experiência de gravar o filme To The Bone que é a respeito da mesma situação que ela passou sobre disturbo alimentares e que acabou trazendo alguns fantasmas por um tempo. Ficamos sabendo de seus relacionamentos tóxicos, de namorados que sumiam de sua vida sem dar uma explicação.
Mas além de lermos sobre situações que não foram tão boa, também vimos uma pessoa que aprendeu a se amar, que dá valor as pequenas coisas da vida e que fez as pazes com cozinha de como quando teve suma primeira experiência cozinhando e o sentimento de satisfação que teve por conseguir ultrapassar mais esse obstaculo;
Lily Collins em sua autobiografia nos mostra dois lados diferentes, um lado frágil que sofreu por doenças, relacionamentos tóxicos, mas que também mostra uma jovem forte, que aprendeu ter amor próprio e que procura sempre estar positiva e ver o lado bom das coisas. Ao ler a história parece que somos amigas próximas em que ela conta sobre situações da vida em uma conversa com momentos sérios e descontraídos, mas esse não é um livro que precisa ser lido de uma vez, pode ser lido aos poucos, consegui sentir a sinceridade dela em suas palavras. Para quem é Fã da atriz eu super recomendo a leitura.
"Se destacar na multidão é muito melhor do que se misturar a ela."
"Quanto mais gente carismática você conhece, mas seu caráter se constrói. Quanto mais interessante sua história, mais interessante sua vida."
"O feedback negativo e as conversas constantes sobre minha aparência realmente me atingiram. Eu as ouvia em salas de reuniões, em casting de modelos e, mais tarde, em testes para filmes. Ouço até hoje! E, por um tempo, acabei me sentindo completamente estagnada, como se não tivesse permissão de amadurecer. "
"Às vezes é preciso revisitar o passado para se preparar para o futuro. Isso sempre me soou extremamente cafona, mas agora é mais verdade do que nunca..." 




22 de maio de 2018

Desapegando | A Menina Submersa: Memórias


Hey pessoal, faz tempo que não faço um sorteio do desapego aqui no blog, os dois últimos que foram realizados foi pela página do facebook do blog. Fazia dias que queria começar o sorteio, mas acabei enrolando e só saiu agora.

REGRAS:
  • Curtir a página do Facebook
  • Seguir as Regras do Formulário
  • Morar em território Nacional
  • O ganhador terá 48 horas para responder a mensagem com o endereço
  • DEIXE O E-MAIL NOS COMENTÁRIOS




a Rafflecopter giveaway
BOA SORTE!

21 de maio de 2018

Recebidos | Abril de 2018:

Hey pessoa, fazia um tempinho que não trazia um vídeo de recebidos por aqui, bom esse ficou meio escuro e com um áudio um pouco baixo, mas prometo procurar um lugar com mais luz para o próximo, foi a primeira vez que gravei vídeo pelo meu celular novo.
Confesso que ainda não li nenhum desses, mas estou bem curiosa com a leitura deles.

19 de maio de 2018

Música | Playlist da semana # 118:

Hey pessoal, semana passada não teve playlist, mas hoje tem. aproveitei uma pausa nos trabalhos para vir postar e daqui a pouco vou aproveitar esse frio assistindo.


14 de maio de 2018

TOP 5: Livros encalhados na minha estante:

Hey pessoal, tudo bom? Bom como vocês sabem ando sem tempo para ficar lendo e por esse motivo surgiu esse TOP 5 com livro que estão sem ler na minha estante confesso que devo ter mais de 20 para ler.


Sinopse: Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente. O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro. O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso. Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração. A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.



Sinopse: Quando um coração falha, não é apenas o corpo que trai. Mas sonhos desfeitos, amores não vividos, destinos cruzados. Maribeth Klein tem a própria cota de problemas: do marido omisso até a chefe e ”ex-amiga” Elizabeth, passando pelos gêmeos superativos. Ela está sempre tão ocupada que mal percebe um ataque cardíaco.  Depois de uma complicação inesperada no procedimento cirúrgico, Maribeth começa a questionar os rumos que sua vida tomou e faz o impensável: vai embora de casa.  Longe das exigências do marido, filhos e carreira, e com a ajuda de novos amigos, ela finalmente é capaz de enfrentar o passado e os segredos que guarda até de si mesma.



13 de maio de 2018

Quotes da Semana:

Hey pessoal, andei sumida semana passada, falta de tempo unido com preguiça, mas até dia 07/06 eu já vou estar mais tranquila, ontem eu não postei a playlist porque sai com a minha mãe fui na rua, aproveitei que as lojas ontem ficavam até mais tarde aberto, mas foi uma decepção total, queria compras umas blusas de frio para trabalhar (porque aqui está fazendo frio), mas entrava nas lojas eu só achava roupas para pessoas magras, e as que diziam ser GG claramente não eram o tamanho real, assim fica difícil achar roupa.
Bom poste de quotes para terminar o final de semana, estou lendo 3 livros e não terminei nenhum para resenhar.
"Os dias perfeitos são para pessoas com sonhos pequenos, possíveis de serem realizados. Ou talvez para todos nós eles só aconteçam em retrospecto: só são perfeitos agora porque contêm alguma coisa irrevogável e irrecuperavelmente perdida." (Três Coisas Sobre Você - Julie Buxbaum)
“Estava acostumada a ser invisível. As pessoas raramente me viam e, se viam, nunca me olhavam de perto. (…) Mas essa é a questão. Você sempre acha que quer ser notada. Até ser notada.” ( Os Bons Segredos - Sarah Dessen) 
"O que você e eu entendemos, Jamie, é que ter veneno não torna uma criatura má. Veneno é uma forma de proteção. Quanto mais frágil o animal, mais ele precisa se proteger. Portanto, quanto mais veneno uma criatura tiver, mais devemos ser capazes de perdoá-la. Elas são as que mais precisam do veneno." (Suzy e as aguas vivas - Ali Benjamin)
"Tenho a impressão de que muita coisas não está sendo dita. Acho que minha família toda é assim: evitamos falar das cosias sobre as quais não podemos falar e cobrimos cada superfície para nos proteger do momento inevitável em que tudo virá à tona."(Temporada de acidentes -  Moïra Fowley-Doyle)
 "Quando você tranca tudo bem apertado para que a dor não possa sair, você também impede que as coisas boas entrem." (Salve-me - Rachel Gibson)
"A vida é como um piano. Teclas brancas representam a felicidade e as pretas as angústias. Com o passar do tempo você percebe que as teclas pretas também fazem música." ( A última música - Nicholas Sparks)
"Não existe uma vida sem alguns machucados, sem uma dor aqui e outra ali. Isso não quer dizer que não vale a pena. Eu não posso impedir que ele aprenda com seus erros, porque não tenho uma resposta para o que ele"  (A Segunda Chance de Zoe - Layla Casanova) 

 

9 de maio de 2018

Resenha | Uma Sombra Ardente e Brilhante (Kingdom on Fire #1) - Jessica Cluess:

Título: Uma Sombra Ardente e Brilhante
Autora: Jessica Cluess
Páginas: 336
Nota:3,2/5
Skoob: Link

Sinopse: O primeiro livro da série de Jéssica Cluess, perfeito para surpreender fãs de fantasias já bem habituados com magia, profecias e triângulos amorosos Henrietta Howel tem o poder de explodir em chamas. Quando é obrigada a expor suas habilidades ela tem certeza de que será executada. Apenas os feiticeiros podem usar magia, e nenhum deles é mulher. Ela se surpreende quando não só é poupada da guilhotina, mas também nomeada a primeira feiticeira em séculos. Ela é a garota profetizada, aquela que derrotará os Ancestrais – seres sanguinários que aterrorizam a humanidade. Henrietta então passa a treinar dia e noite com um grupo de feiticeiros ansiosos para testar as habilidades – e o coração – da garota da profecia. Mas será que Henrietta é mesmo a garota da profecia?
Opinião:
Um mundo onde as mulheres não são muito aceitas como feiticeiras no mundo dominado por feiticeiros, elas são vistas com mal gosto. Bom a história de Uma Sombra Ardente e Brilhante é a respeito de Henrietta Howel uma jovem que trabalhava como tutora no colégio que estudo, mas que sofria nas mãos do diretor do colégio junto com o seu melhor amigo Rook que é considerado um impuro, por conta das marcas que possui pelo copo, por ser vitima  de um dos Ancestrais. Ela possui segredos e que só uma pessoa sabia até o momento, mas a situação muda quando um Feiticeiro vai ao colégio procurando algo e após uma situação descobre que  a Henrietta consegue controlar o fogo e que ela pode ser a Feiticeira da profecia com o poder de derrotar o Ancestrais, mas ela não está bem confiante com essa descoberta.
Ela vai com o Feiticeiro Agripa para que possa realizar o treinamento com outros jovens que possuem praticamente a mesma idade que ela, na qual dois dos jovens que ela conhece é o Magnus e Blackwood, mas ela precisa ligar com aqueles que não aceitam uma mulher como Feiticeira, pois foi uma mulher que colocou eles nessa situação de perigo. 
Ela ainda descobre algumas coisas a respeito de deus pais e também sobre ela mesma, mas que acaba sendo um segredo, já que pode acabar com a chance de melhorar a sua vida e a de seu melhor amigo. Uma jovem que cai de cara em uma nova situação e ainda precisa lidar com o peso das mentiras.
“Os feiticeiros eram diferentes de todos os outros, irremediavelmente diferentes. (...) Meu caminho atual estava me levando para longe de pessoas como Lilly, Charley e Rook, os tipos com quem eu havia crescido. O tipo de pessoa que eu havia sido.”
Henrietta é uma jovem que lidou com a perda dos pais e depois com o abandono da tia, que se vêm um mundo cheio de magia, na qual precisa conquistar o seu lugar em um mundo dominados por homens, uma personagem que ainda tem o que amadurecer e aprender a lidar com essas novas descobertas. 
O Magnus é aquele cara que fica dando encima da Henrietta a torta e a direita, descarado, ou seja um espirito dele e confesso que não shippei nem um pouco ele com a protagonista, fiquei com um pé atrás com ele a leitura toda. Já o Blackwood é um personagem que aparenta ser frio, mas ele teve que amadurecer muito cedo para tomar posse de um legado cheio de responsabilidade e sem a oportunidade de fazer amigos, ele é duro com a Henrietta porque pensa no melhor para o seu povo, ainda mais na questão da garota da profecia e por fim Rook o melhor amigo da protagonista que também passa por um período de descobertas, mas que não podem ser considerados boas como ele pensa.

Esse livro além de ser uma fantasia também mostra as dificuldades de mulheres feiticeiras, na verdade mulheres ao todo serem aceita em outros lugares que não seja cuidando da casa e dando aulas, então ele precisa provar que é capaz como qualquer um. 
Uma coisa que percebi é como teve personagem que pode enganar fácil, não acreditei que um dos amigos dela foi capaz de fazer uma coisa e falar algumas palavras detestáveis, a coitada teve que enfrentar algumas traições.
Uma história legal de se ler, mas espero que como esse o segundo livro ainda mantenha o romance em segundo plano e de mais destaque a luta para derrotar os ancestrais.
Bom a resenha não ficou como queria, mas já é alguma coisa, levei um mês para ler esse livro, mas não porque ele é chato e sim porque estou lotada de trabalhos por esses dias.

“Blackwood assentiu para mim, o retrato da boa educação, mas entendi. Ele não me aceitaria como igual. Ele não me considerava uma feiticeira”. 
 "Nunca vou me casar. Nenhum homem me deixaria participar de batalhas, e eu não iria querer ninguém que pudesse me impedir de cumprir meu dever."
“Nenhuma vida inocente é mais valiosa do que outra. Nunca”.

5 de maio de 2018

Música | Playlist da Semana #117:

Hey pessoal, só passando para atualizar mesmo, to fazendo resumos a mão da faculdade são 20 que o professor pediu e eu ainda estou no terceiro.

4 de maio de 2018

;TOP 5 | Livros desejados no Momento

Hey pessoal, tudo bom com vocês? espero que sim. O poste de hoje não os livros que desejo no momento, mas que não vou comprar enquanto não diminuir minha fila de livros para ler, como vocês podem ver 3 são continuações e dois são romances que eu estou louca para ler e espero poder comprar eles logo. Vocês já leram alguns desses?



1. A Profecia das Sombras (As Provações de Apolo #2)
Sinopse: Não basta ter perdido os poderes divinos e ter sido enviado para a terra na forma de um adolescente espinhento, rechonchudo e desajeitado. Não basta ter sido humilhado e ter virado servo de uma semideusa maltrapilha e desbocada. Nããão. Para voltar ao Olimpo, Apolo terá que passar por algumas provações. A primeira já foi: livrar o oráculo do Bosque de Dodona das garras de Nero, um dos membros do triunvirato do mal que planeja destruir todos os oráculos existentes para controlar o futuro.  Em sua mais nova missão, o ex-deus do Sol, da música, da poesia e da paquera precisa localizar e libertar o próximo oráculo da lista: uma caverna assustadora que pode ajudar Apolo a recuperar sua divindade — isso se não matá-lo ou deixá-lo completamente louco.  Para piorar ainda mais a história, entra em cena um imperador romano fascinado por espetáculos cruéis e sanguinários, um vilão que até Nero teme e que Apolo conhece muito bem. Bem demais. 

2. A Noiva do Capitão (Castles Ever After #3)

 Sinopse: Madeline possui muitas habilidades preciosas: é uma excelente desenhista, escreve cartas como ninguém e tem uma criatividade fora do comum. Mas se tem algo em que ela nunca consegue obter sucesso, por mais que tente, é em se sentir confortável quando está cercada por muitas pessoas… Chega a lhe faltar o ar!  Um baile para ser apresentada à Sociedade é o sonho de muitas garotas em idade para casar, mas é o pesadelo de Maddie. E, para escapar dessa obrigação, a jovem cria um suposto noivo: um capitão escocês. Ela coloca todo o seu amor em cartas destinadas ao querido – e imaginário – Capitão Logan MacKenzie e convence toda a sua família de que estão profunda e verdadeiramente apaixonados. Maddie só não imaginava que o Capitão “MacFajuto” iria aparecer à sua porta, mais lindo do que ela descrevia em suas cartas apaixonadas e pronto para cobrar tudo o que ela lhe prometeu.

3. Um Encontro de Sombras (Tons de Magia #2)

Sinopse: Kell e Lila estão de volta nesta sequência de Um tom mais escuro de magia Quatro meses se passaram desde que a pedra sombria caíra nas mãos de Kell. Quatro meses desde que seu caminho cruzara com o de Delilah Bard. Quatro meses desde que Rhy fora ferido, que os gêmeos Dane foram derrotados e que a pedra fora enviada com o corpo moribundo de Holland, pelo portal, de volta para a Londres Preta. Em diversos aspectos, as coisas quase voltaram ao normal, apesar de Rhy ficar mais tempo sóbrio e de Kell estar sempre assolado pela própria culpa. Inquieto e tendo desistido dos contrabandos, Kell é frequentemente visitado por sonhos sobre acontecimentos mágicos de mau agouro, acordando apenas para pensar em Lila, que desapareceu no píer como sempre desejara fazer. Conforme a Londres Vermelha finaliza as preparações para os Jogos Elementais (uma competição de magia internacional e extravagante com o intuito de entreter e manter saudáveis os laços entre os países vizinhos), certo navio pirata se aproxima, trazendo velhos amigos de volta ao porto da capital. Mas, enquanto a Londres Vermelha está absorta em bajulações e nas emoções dos Jogos, outra Londres está gradualmente voltando à vida, e aqueles que se pensava estarem perdidos para sempre retornaram. Afinal, uma sombra que se esvai no meio da noite reaparece pela manhã, e tudo indica que a Londres Preta se ergueu novamente. Sendo assim, para manter o equilíbrio da magia, outra Londres deve perecer.

4. Senhorita Aurora

Sinopse: Nicole é uma jovem bailarina brasileira e está prestes a realizar seu sonho: Estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores: o temido Sr. Daniel Hunt. Um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios. Porém, quando uma tempestade de neve os isolam em uma mansão centenária, eles terão que encarar de frente não apenas os segredos que atormentam Daniel, como uma paixão proibida que nasce entre os dois.  Uma história sobre amor e superação. Um romance intenso, tocante e perturbador que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro

5. É Assim Que Acaba

Sinopse: Lily nem sempre teve uma vida fácil, mas isso nunca a impediu de trabalhar arduamente para conquistar a vida tão sonhada. Ela percorreu um longo caminho desde a infância, em uma cidadezinha no Maine: se formou em marketing, mudou para Boston e abriu a própria loja. Então, quando se sente atraída por um lindo neurocirurgião chamado Ryle Kincaid, tudo parece perfeito demais para ser verdade. Ryle é confiante, teimoso, talvez até um pouco arrogante. Ele também é sensível, brilhante e se sente atraído por Lily. Porém, sua grande aversão a relacionamentos é perturbadora. Além de estar sobrecarregada com as questões sobre seu novo relacionamento, Lily não consegue tirar Atlas Corrigan da cabeça — seu primeiro amor e a ligação com o passado que ela deixou para trás. Ele era seu protetor, alguém com quem tinha grande afinidade. Quando Atlas reaparece de repente, tudo que Lily construiu com Ryle fica em risco. Com um livro ousado e extremamente pessoal, Colleen Hoover conta uma história arrasadora, mas também inovadora, que não tem medo de discutir temas como abuso e violência doméstica. Uma narrativa inesquecível sobre um amor que custa caro demais

2 de maio de 2018

Série | Little Women:

Sinopse: Sinopse: A minissérie conta a história de quatro irmãs: Meg, Jo, Beth e Amy March, desde a infância até a idade adulta. Enquanto o pai está ausente pela guerra que divide o país, as meninas com a ajuda da mãe, Marmee, enfrentam os diversos desafios, que vão desde os papéis de gênero à rivalidade entre irmãos, primeiro amor, perda e casamento.
Little Women é uma minissérie de apenas 3(Três episódios) que conta a história de uma família com 4 filhas na qual o pai esta ausente, pois está na guerra, sendo criadas pela mãe que sempre está ajudando as pessoas e ainda tem a cozinheira da casa. Elas não são ricas,mas possuem o suficiente para viver, as mais velhas inclusive trabalham e todas são muito apegadas a mãe e sentem muita falta do Pai.
As meninas são: Jo March (Maya Hawke) que apesar de não ser a mais velha se sente responsável pelas suas irmãs, ela ama escrever e seu sonho é publicar suas histórias, além de rejeitar as investidas do fofo do Laurie seu vizinho.
Amy March (Kathryn Newton) é a a espevitada da família e em certos pontos mimada por não conseguir o que sempre quer. Adoro desenhar e pintar, dentre todas as irmãs é a que causa mais confusãoMeg March (Willa Fitzgerald) é a mais velha entre as irmãs, trabalha como tutora e seu sonho é em se casar, mas ela não procura homens ricos e sim o amor e por fim a Beth March (Annes Elwy) a irmã mais quieta e tímida, que toca piano super bem, mas também é a mais frágil de todas. 
Dentre todos os personagens outros que possuem grande destaque é o Laurie Laurence (Jonah Hauer-King) que se torna vizinho e ótimo amigos da família, que investe na Jo, sem muito resultado só que a amizade sempre prevalece e uma coisa eu falo ele realmente queria fazer parte da família March e por fim a  Marmee March (Emily Watson) a mãezona das meninas, que possui um grande coração e que se preocupa muito com suas meninas, mas também confia nas escolhas delas.

Apesar de possuir apenas 3 episódios a série trás muito emoção para quem assisti, vimos personagens amadurecer, se apaixonar, sofrer uma grande perda e mesmo assim permanecerem unidas e fortes, uma inclusive sofre por ter medo de não ser feliz (confesso que sinto o mesmo que essa), mas até essa apesar de parecer ter um coração fechado para o amor, acaba encontrando um.
Uma miniserie que fala da união de irmãs, família, amigos, amor, que buscam ganhar o mundo e realizarem seus sonhos, mas sabem que quando precisam podem voltar para o lugar que se sentem bem.
Fiquei triste quando acabei de assistir, pois queri mais episódios, mas os 3 foram o suficiente para a história, com uma conclusão fechadinha e um final feliz para os personagens. Para leitoras de romances de época como eu é uma ótima pedida, super indico vocês conhecerem essa família com um grande coração.

Ao pesquisar mais sobre ela para fazer o poste, descobri que ele é baseado em um livro de inspiração autobiográfica de Louisa May Alcott publicado em 1868, que se passa durante a guerra civil americana e que possui uma continuação Good Wives" em 1869. (Informações do Wikipedia)
E essa não é a primeira adaptação da história, existem 6 filmes baseados nessa história e o último parece que é de 1994 e 3 minissérie, duas nos anos 70 e 1 lançada no final de 2017 que é está da resenha.

1 de maio de 2018

Resenha | Amor em Primavera (Os Petersons #3) - Bella Blair:

Título: Amor em Primavera
Autora: Bella Blair
Páginas: 126
Nota: 3,2/5
Skoob: Link 

Sinopse: Rose Peterson queria apenas um contos de fadas. E do jeito mais improvável, descobriu em Christian Rohan, seu príncipe encantado, sem cavalos mas com flores. A vida estava de brincadeira com Rose. Após pensar que tinha encontrado seu amor, o destino lhe dá uma rasteira. Traída bem debaixo do nariz e com um convite de encontro de ex-alunos, ela se vê em uma cadeira de balanço rodeada de gatos no futuro. Ela só não contava encontrar em seu jardim, o homem que lhe tiraria do fundo do poço, trazendo a tona o sentimento que ela tanto esperou com palavras, atitudes e flores. Flores essas que Christian fazia questão de dar todos os dias. Afinal de contas, uma flor muda sim a vida de uma pessoa.
Opinião:
Hey pessoal, e aqui estou com a resenha do terceiro livro dessa série e agora só falta terminar a leitura do último e-book;
Nessa história conhecemos a única irmã dos Peterson a Rose, conforme citaram nas outras histórias os relacionamentos de Rose sempre são fadados ao fracasso, ainda mais ela que tem um grande coração e que se apaixona com facilidade e nisso sempre acaba se ferindo. A história começa com ela descobrindo uma traição e quando volta para casa acaba conhecendo o jardineiro Cristian que na verdade só está substituindo seu jardineiro, mas que no momento não ligou muito, apesar de achar ele lindo, ela tinha acabado de passar por uma péssima experiência. 
Apesar de estar sofrendo, ela precisa achar alguém para a acompanhar na reunião de ex-alunos e mostrar para as mulheres que faziam bullying com ela que agora é uma ótima profissional e com uma boa vida, mas para não ficar por baixo acaba mentindo que está casada e a única solução encontrada é pedir um pequeno favor para o Cristian, ou seja, que ele finja ser seu marido nesse reencontro de alunos e para isso vão começar a passar um tempo juntos, então vocês imaginam o que pode acontecer né?
Esse terceiro como os anteriores é clichê, mas legal já que eu me vi torcendo para que eles dessem certo, diferente do anterior esse não tem nenhum drama para manter os personagens separados, eles só vão convivendo e o amor vai surgindo, ainda mais que a Rose é bem romântica e o Cristian é um bom homem para ela,  eles  se divertiram junto e se tornaram próximos, mas a Rose ainda estava com medo de entregar seu coração. 
Esse é uma história mais fofinha que coincidi com a personagem da Rose, leve e sem muito drama, uma história gostosinha de se ler. Eu ainda estou na Vibe de ler histórias mais rápidas, então não se pode contar muitas coisas, penso que  no mês 06 as coisas vão estar um pouco mais tranquila.
"Ah Rose, não tem que ter medo, erros servem para aprendermos no futuro. Olha, em minha opinião, ao contrário dos namorados que já teve, esse apesar de ser de mentira te dá flores e se preocupa contigo. Talvez haja verdade nele, e talvez ele se sinta da mesma forma que você."
"Não sei se foi a distância ou o fato de meu coração já ser dele. O que eu sentia era amor e não pretendia perder de novo." 
" — Você é especial, Rose. Nunca deixe que digam o contrário. Se precisar de um ombro ou punhos, eu estou aqui. — comunico recebendo seu sorriso."