6 de abril de 2015

[Resenha] E se fosse verdade:

Título: E se fosse verdade:
Autor: Marc Levy
Páginas: 232
Skoob: Link

Sinopse: E Se Fosse Verdade... - Autor francês mais lido em todo o mundo, Marc Levy deve em muito o sucesso de suas vendas e críticas positivas a E se fosse verdade..., livro que marcou sua estreia literária. O romance nasceu da ideia de Levy, à época um empresário de sucesso, escrever uma história para seu filho, para que ele a lesse quando chegasse à idade adulta.
Lauren é uma jovem médica com muito potencial: faz residência no San Francisco Memorial Hospital, na Califórnia. Porém, sua carreira promissora é interrompida quando ela é vítima de um grave acidente de carro e fica em estado de coma. Com morte cerebral confirmada, ela acorda e descobre que está fora de seu corpo – incomunicável como um fantasma. De forma misteriosa, Lauren consegue ser vista apenas pelo solitário Arthur, o novo inquilino de seu apartamento. Cético, ele leva algum tempo para acreditar na história da invasora, mas logo o sentimento entre os dois se torna algo a mais. Sem esperanças, os médicos e a família da jovem decidem fazer a eutanásia. Agora, o casal terá que lutar para salvar o corpo de Lauren, e descobrir alguma forma de reuni-lo com sua consciência. 

Opinião:
Lauren é uma médica com um futuro brilhante pela frente, mais indo passar o final de semana com os amigos sua vida muda, sofre um acidente de carro ficando gravemente ferida e entrando em coma. Meses se passam e seu quadro não muda, então sua mãe resolve colocar o seu apartamento para alugar e quem fica com ele é o Arthur um arquiteto que logo no primeiro dia que está na casa têm uma enorme surpresa vê uma mulher dentro do armário do banheiro e tenta descobrir como ela foi para lá, então Lauren conta que está em coma e não consegue entender porque ele vê ela. Arthur não acredita e ela fala para ele ir no hospital e ver que ela está em coma, isso é tudo muito louco para ele. Artur começa a conversar com Lauren as pessoas até acham que ele está louco por falar sozinha e abraçar o vazio. Ele deixa seu amigo Paul preocupado com essa loura dele, afinal ver o fantasma de uma mulher em como não é nada normal. Quando ele descobre que querem desligar os aparelhos da garota,  entra em desespero e têm uma ideia maluca sequestrar Lauren do Hospital.

"Muitas pessoas querem ser invisíveis talvez elas até pensem que podem fingir que são, mas sempre alguém as vê."


Lauren é uma/alma sei lá como chamar ela que sente saudades de sua vida e de sua família, é triste que eles não possam ver ela. Eu gostei dela e achei engraçada e ela não têm vergonha nenhuma de ver o Arthur pelado. Acaba se tornando uma grande amiga do homem que alugou seu apartamento.
Arthur no inicio acha tudo muito estranho, mas acaba acreditando, seus amigos acham que ele está louco, mas não da a minima. Ele é daquelas pessoas que quando querem alguma coisa vão a luta e foi isso que ele fez. Ele leva Lauren para a casa que cresceu e que fazia anos que ele não voltava. n
Gostei muito de Arthur porque ele era um homem de bom coração e um apaixonado, faz tudo pela mulher que ama. Ele mostra que homens também podem ter sentimentos, chorar e sofrer, até porque ele entrou em uma fossa daquelas que não atendia telefone, apartamento bagunçado e isso foi bom normalmente assisto series, leio livros mais quem está nessa situações são as Mulheres.
Foi bom ler um livro com o protagonista Masculino, para variar um pouco.

"Há olhares infantis que ás vezes nos levam tão longe nas lembranças que é impossível deixar sem resposta a pergunta feita."

Eu gostei da edição do livro, a capa é muito fofo e a diagramação é simples. O autor tem uma escrita envolvente e já quero ler outros livros dele. Apesar de ter gostado muito da leitura o final me decepcionou um pouco.
Para quem não sabe o livro teve uma adaptação cinematográfico lançado em 2005 protagonizado por Mark Ruffalo e Reese Witherspoon e posso falar já assisti esse filme várias vezes antes de saber que tinha livro, mas filme tê algumas coisas que não tê no livro. Posso falar que prefiro o final do filme do que do livro apesar da diferençar ser muito pouca. 



"O Amanhã é um mistério que deve provocar riso e vontade, nunca medo e recusa."
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Oiii Denise, tudo bem???? Eu amo o filme. O livro eu nunca li e não tenho muita vontade. Mas sou apaixonada por esse filme. Amo o ator. Já viu De repente 30? Ele é sofredor lá também tadinho, ehheh
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amo esse filme. Não sabia que tinha o livro, gostei muito de saber e já vou colocar na minha wishlist! Amei a sua resenha!
    PS:Não sei se foi de proposito, mas hoje vai passar o filme na globo rs
    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem foi de proposito, nem sabia que ia passar o filme.

      Excluir
  3. Que legal cara, não sabia que tinha o livro desse filme. Deve ser até mais emocionante so que o próprio filme!
    Vou atrás pra comprar, quero muito ler!!

    Beijo,
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  4. Oi Denise,
    Já li alguns comentários positivos sobre esse livro e como já assisti ao filme, acredito que iria gostar de lê-lo.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. hahaha quando li a resenha logo pensei no livro, mas como nunca vi o filme todo certinho (só umas partes, quando passava na tv), pensei que era só coincidência, adorei saber que o livro rendeu esse filme que por sinal é super popular =)))

    gabigoulart.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Denise!
    Eu adoooro o filme! Ouvi críticas negativas sobre o livro em relação ao filme, então fiquei com medo de destruir a ótima imagem que tenho. :P
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Eu não sabia sobre esse filme, mesmo porque na época não acompanhava absolutamente nada. Mas pelo enredo eu tenho certeza que é uma leitura obrigatória. Gosto muito do tema, afinal.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Denise!

    Eu já vi esse filme e não sabia que tinha o livro! Ohhhhhhhh estou surtando aqui! Essa história é incrível. Obrigada por compartilhar.

    Bjoss
    http://kelenvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir