29 de setembro de 2014

[Resenha] Questões do Coração:

Título: Questões do Coração
Autora: Emily Giffin
Páginas: 440
Skoob: Link

Sinopse:  Tessa Russo é mãe de duas crianças e esposa de um renomado cirurgião pediatra. Apesar dos avisos de sua mãe, Tessa recentemente abriu mão de sua carreira pra se focar na família e na busca da felicidade doméstica. Ela parece destinada a viver uma boa vida. Valerie Anderson é advogada e mãe solteira de Charlie que tem apenas 6 anos e nunca conheceu o pai. Depois de muitas decepções, ela desistiu do amor - e até mesmo das amizades - acreditando que é sempre mais seguro não ter muitas expectativas. Embora as duas mulheres vivam no mesmo subúrbio de Boston, elas tem muito pouco em comum além do amor pelos filhos. Mas numa noite, um trágico acidente faz suas vidas se encontrarem de um jeito inesperado. Em uma história alternativa e com vários pontos de vista, Emily Giffin nos emociona com um livro luminoso em que boas pessoas são pegas em circustâncias insustentáveis. Cada um sendo testado de maneiras que nunca pensaram ser possível. E cada um deles descobrindo o que realmente importa.
Opinião:
Ganhei esse livro de aniversário do meu irmão, fui eu que escolhi como já fazia um tempinho que eu queria ele. Mas tive uma relação de amor e ódio com esse livros, necessariamente com dois personagens desse livro.
Tessa é casada com um cirurgião pediatra e tem dois filhos com ele, mas o relacionamento deles anda diferente, Nick até esqueceu trocar de turno no dia do seu aniversário de casamento, Sara começa a sentir ele distante e se preocupa com ele, parece que Nick não quer ficar mais em casa e sempre está no Hospital.
Valerie é mãe solteira e advogada, ela não tem uma vida social, nem amigos e nem se preocupa em ser simpática com outras pessoas, muito fechada. Seu filho sofre um acidente e vai parar no Hospital e ela fica muito amiga de nick e seu filho também.
Vou começar pela personagem que não gostei a Valerie, eu achei ela uma mulher muito irritante e que não sabe perdoar e só vê apenas seu lado. Ela começa a se apaixonar pelo Nick e isso me irrita muito, pois ela sabe que ele é casado e que tem dois filhos, mas continua se aproximando e o filho dela acaba se apegando ao Nick que chama ele até em momentos íntimos como buscar na escola depois de uma briga e a Valerie em vezes de se afastar aceita a presença de Nick na sua casa, já que o Nick não quer estar em sua casa e perto dos seus filhos e isso não é justo para ninguém, Charlie só tem seis anos e se apega muio ao seu médico chegando ao ponto de querer que ele seja seu Pai. Tinha hora que queria tirar a Valerie das páginas do livro e dar uns tapas nela, pois merece. Ambos sabem que é errado, mas continuam a se ver. O Nick mesmo passa mais tempo com Charlie do que com os seus próprios filhos, até em festas que envolve o pai levar os filhos para pedir doces ele prefere ficar com o Charlie.  
Para que dizia que pensava no filho errou muito ao deixar ele se apegar ao Nick, ela foi daqueles personagens que já não gostei logo de cara e sabia que não ia sair coisa boa disso.

“Há um sofrimento maior quando nos decepcionamos constantemente do que quando só existe um vazio."
“A vida não é divertida o tempo todo e quase nunca é fácil.” 

O Nick foi outro que peguei raiva, ele estava descontente com sua família e nem o motivo revelou, ele preferia estar o dia inteiro no hospital ou em outro lugar do que com sua família. Ele foi o mais errado nessa história, antiético por se envolver emocionalmente com a mãe de um paciente e ainda trair a mulher e deixar seus filhos de lado, se ele não estava feliz, tinha que falar com a mulher dele e não se tornar distante. 

Agora a Tessa ela era infeliz também em algumas partes, pois sentia falta do trabalho , mas amava seus filhos e seu marido, ela falava mais com as amigas do que com o próprio marido, ela não queria acreditar que ele seria capaz de trair, mas indícios disso começaram a surgir e ela sentir, primeiro um abraço, beijo distante, um olhar de culpa,  ele passava mais tempo fora e o que fez ela desconfiar mais foi uma mensagem que ele recebeu e ela ficou se remoendo. Fiquei com dó dela nem um presente de aniversário de casamento ela recebeu e ainda , ela se desapontou com o homem que amava, pois ele nem conversava mais direito com ela. Achei digno uma atitude que ela tomou mais pro final, pois ela precisava saber a verdade, precisava sentir alivio. Tessa quando descobriu a verdade ela não fez barraco, sofreu por ela e por seus filhos, mas também teve que se manter forte.
O livro tem outros personagens como a April amiga da Tessa na qual Nick não gostava muito, também tinha Jason irmão da Valerie ele até tentou alertar a irmã, mas ela não escutou. 
“As pessoas que você mais ama são as mais difíceis de manter por perto.”
 Esse é o segundo livro da  Emily, achei essa leitura tão envolvente e tinha partes que parecia que eu era a amiga de Tessa escutando um desabafo ou até mesmo a mulher traída. Esse livro me fez ter vários sentimentos no decorrer da leitura, principalmente raiva quando chegava nas partes da Valerie.
A diagramação está boa e o livro é narrado pelas Tessa e Valerie com capítulos alternados sobre a vida e os sentimentos da personagem. 
Ela soube mostrar personagens com medo de se machucar e dar segundas chances, por conta do que viu quando era criança, também trouxe personagem que não sabe perdoar e acaba se tornando rancorosa, tem personagens inocentes como as crianças. 

Me desculpem pela resenha um pouco grande, pois eu tive vários sentimentos sobre esse livro e precisava desabafar um pouco,

“Enquanto eu dizia essas palavras, porém, fiquei perplexa pelo quanto elas se aplicavam a nós dois também. Que foram necessárias duas pessoas para que chegássemos a este ponto. Que sempre são necessárias duas pessoas. Para que os relacionamentos funcionem, para que eles acabem, para que eles se recuperem.”

Comentários
18 Comentários

18 comentários:

  1. Oi, Denise!
    É bom quando uma autora consegue despertar sentimentos na gente durante a leitura.
    O livro parece ser interessante.
    Adorei a resenha.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser bem interessante hein? ♥ Amei a resenha. Beijos

    www.pumpcolor.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii,

    Eu gosto quando há esse envolvimento com a história. Eu ainda não li nada da autora, gostei da capa/sinopse e resenha, vou deixar anotadinho aqui para ler em breve :)

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa gostei da resenha amiga, quer dizer que Valéria é irritante, bom dá para perceber eu lendo sua resenha que tem mesmo amor e ódio, até eu senti isso lendo seu post, mas gostei de verdade do livro, sensações é para sentir quando lemos kkk
    magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise, eu achava esse livro super fofinho ou algo do tipo, só pela capa e pelo título HSAHSUH Mas até eu fiquei com raiva dessa Valerie, que irresponsável.
    Beijoos,
    setimaondaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu entendo perfeitamente sua relação de amor e odio com esse livro! Li Ame o que é seu! dessa autora e senti a mesma coisa com a protagonista, a autora faz os personagens tomarem umas atitudes nada a ver sabe, é irritante! kkk. Dps dessa experiência nem pretendo ler outros livros dela =/
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise, tenho um livro desta autora aqui em casa, mas ela ainda nao me fisgou, confesso que lendo sua resenha fiquei um pouco mais interessada mas mesmo assim não seria uma leitura pra breve!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  8. Esse livro pelo visto seria desses que me deixaria com muuuuita raiva kkkkkk
    Não sei se eu leria, acho que sim.
    beeijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi falar desse livro, mas amei a resenha meu !!


    http://www.1001julietas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Não sou fã da Emily - li Laços inseparáveis e não gostei. Mas até que achei essa história interessante...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Denise, tudo bom??
    Esse livro foi uma grata surpresa para mim também.
    Apesar de ser uma história bem cotidiana, o livro é muito envolvente.
    Ao contrário de você, não fiquei com raiva dos personagens, pelo menos não tanto quanto você, rs! Esse tipo de coisa acontece, as pessoas erram, e precisamos encontrar uma forma de lidar com tudo isso, não é?
    Adoro a escrita da Emily, espero conferir mais um livro dela em breve <3
    Grande beijo ♥

    Thati;
    http://nemteconto.org

    Venha participar do sorteio de um exemplar autografado de "Pó de lua".

    ResponderExcluir
  12. Pelo jeito você sentiu o mesmo que eu quando li o livro. Odeio traição e nesse livro esse é o tema. Não tem como não sentir raiva dos personagens pelo o que eles fazem. Mas como disse na minha resenha, parabéns a autora por fazer a gente ter tanto sentimento durante uma leitura.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Oiee ^^
    Eu não conseguia engolir esse livro *-* a história fluía devagar demais e os personagens me tiravam os nervos! Achei muito cansativo *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ola Denise vim conhecer o seu blog e tem tanta coisa legal aqui... Muito obg por me visitar e conhecer o meu também, agora sou seguidora fica mais fácil de ver suas atualizações.

    Abçs
    Ana Paula
    http://paixaoporleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Denise.
    Esse foi o primeiro livro que comprei da autora, mas não foi com ele que conheci sua escrita.
    Gostei de saber que a leitura é envolvente e que despertou muitos sentimentos em você, me senti mais encorajada a fazer a leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  16. Oi Denise, como vai?
    Nunca li nada da autora, mas tenho muita vontade, as histórias parecem realmente muito boas.
    Gostei muito da resenha e quero conhecer essa história envolvente também.
    Beijos,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Denise,
    Voltei com o blog rs.
    Ai eu não terminei esse livro, ele aborda muito o tema traição e isso é uma coisa que não gosto nem um pouco.
    Quem sabe um dia eu termine de ler. Mas não sei não rs.
    Beijos

    http://leituradelua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oie, estou adorando o seu blog. Eu já li este livro e realmente o Nick e a Valerie me deram raiva. Eu realmente não gostei deste livro, esperava mais e eu acho que deveria falar qual o fim de Valerie, Nick e Tessa.
    Um bjo. Gabi

    borboletasdechantilly.blogspot.com

    ResponderExcluir