Música | Playlist da Semana #187

Hey pessoal, hoje é a playlist normal, mas o poste de conhecendo artista ainda vai aparecer mais vezes por aqui e já estou pensando nos próximos cantores/grupos que irei comentar por aqui. Como esses dias teve lançamentos  que gostei resolvi postar por aqui e tem clip novo da Jojo.

💙💙💙💙💙

TAG | Cachorro Literário


Hey pessoal, estava a procura de TAG para responder aqui na falta de ideia para um poste novo e achei essa no blog Caverna Literária e gostei dela, estão estou respondendo aqui também em homenagem aos meus cachorros 2 Pinsher (Thor e Minnie) e 2 Vira Lata (Mel e Amora), espero que gostas das respostas.


SHIH TZU - UM LIVRO QUE VOCÊ LEU PORQUE ESTAVA NA MODA:
Para todos os garotos que já amei é um livro que todo mundo comentava antes mesmo do filme existir e eu fica curiosa, tinha resenha dele em todo lugar, então não resisti comprei e li, gostei da história leve, fofa , super relerei ele em um futuro, já que só consegui ler esse livro em 2019.

PIT BULL - UM LIVRO QUE VOCÊ AINDA NÃO LEU OU DEMOROU PRA LER PORQUE ESTAVA INTIMIDADO PELA LEITURA:
Eternidade por um fio é o terceiro livro de uma trilogia, os dois primeiros são muito bons, esse terceiro que tem 1000 páginas eu li 300 e é bom, mas acabei deixando de lado por conta da revolta com o que é retratado e também intimidade de como as coisas piorariam, mas preciso voltar a ler.

TOP 5 | Piores Leituras de 2019

Hey pessoal, dezembro chegou e com isso começamos a fazer um balanço das leituras realizadas no ano, então resolvi fazer um top 5 com as piores leituras que realizei no ano e se repararem só um desses foi resenhado, pois as vezes da desanimo de resenhar um livro que não gostamos, mas vou ver se consigo fazer mais isso, pois a maioria dos que resenhados são leituras relativamente positivas. Desses cinco eu li em e-book 4 e a grana foi o único que tem o livro físico. 

💙💙💙💙💙



Título: O meu conto de fadas
Nota: 1/5
Resenha: sem resenha

Sinopse: Samantha Jensen sempre sonhou com um romance de conto de fadas, mas sua vida estava mais para patinho feio do que para cisne. Mas a vida da editora de romances muda quando ela conhece o irmão da melhor amiga em um baile de máscaras. Zachary Walton está de volta depois de uma temporada no Reino Unido, fica encantado por Sam e está disposto a dar tudo que ela sonhou, incluindo seu final feliz. Acompanhe um conto doce e romântico para o dia dos namorados. Porque nesse dia podemos ter uma história bem açucarada, não é mesmo? Não recomendável para menores de 18 anos.


 Título: A Grana
Nota: 2/5
Resenha: Link

Sinopse: Um romance engraçado e perspicaz sobre quatro irmãos adultos e o destino do dinheiro que moldou a vida e as escolhas de toda a família Leo Plumb estava bêbado e drogado quando fugiu sorrateiramente da festa de casamento do primo, levando uma das garçonetes a tiracolo. No calor do momento, dirigindo para longe dali, os dois sofrem um acidente de carro com graves consequências. Para fazer com que seus problemas desaparecessem, Leo precisou usar o dinheiro de uma conta da família, um dinheiro sagrado: o pé-de-meia que garantiria o futuro dos irmãos Plumb. Ansiosos para receberem sua parte e horrorizados ao descobrirem que a mãe permitiu que Leo torrasse aquela grana, eles marcam um encontro para deliberar quando e como o dinheiro será restituído. Melody, esposa e mãe de gêmeas adolescentes que mora num subúrbio luxuoso, tem uma hipoteca cara e duas mensalidades universitárias se aproximando no horizonte. Jack, um vendedor de antiguidades, escondeu do marido que, para sustentar seu negócio, empenhou uma das propriedades do casal. E Bea, que já foi considerada uma promessa da cena literária, não consegue mais escrever. Reunidos novamente, como nunca estiveram, os irmãos terão que superar antigos ressentimentos e as escolhas erradas que fizeram na vida. Uma análise inteligente e afetuosa de como a expectativa desempenha um papel central em nossas vidas, A grana tem o ingrediente mais explosivo de qualquer boa briga de família: dinheiro.

Dorama | Be Melodramatic

Título:  Be Melodramatic
Episódios:16 
Ano: 2019
Origem: Coreia do Sul
Onde Encontrar: Online

Sinopse: A história começa com uma apresentação muito bem feita das protagonistas e o que as levou a ir morar juntas. Im Jin Joo é uma roteirista de dramas que depois de muitos altos e baixos na vida, mais baixos do que altos, e de se livrar de um boy lixo, encontra seu objetivo de vida, o que a faz voltar a escrever compulsivamente e a conseguir um emprego como assistente de uma renomada roteirista. Mas o que parecia uma caminho florido, logo se torna uma estrada enlamaçada quando ela tem que encarar a dura realidade de uma assistente. Hwang Han Joo era a típica garota popular que arrancava suspiros de todos os garotos por quem passava, apesar disso ela só tinha um interesse real na vida: estudar e ter sucesso. Ela era conhecida por sua sagacidade e naturalidade em recusar confissões. Tudo muda, porém, quando ela conhece Noh Seung Ho e se apaixona por ele. O problema é que o príncipe encantado logo se transforma em um tremendo de um embuste ao largar Han Joo com um bebê para ir em busca da própria felicidade. (Rihanna amor, vem aqui) Agora ela tem que se virar nos trinta pra trabalhar e cuidar do filho, felizmente ela tem ajuda das amigas. Lee Eun Jung é a típica garota durona que na verdade é mais mole que pudim. Defensora dos fracos e oprimidos, ela uma produtora de documentários que conquistou sucesso, dinheiro e amor tudo de uma só vez. Porém o mundo é cruel e acaba tirando o que ela mais valorizava. Desde então, Eun Jung passa por várias crises emocionais e para a proteger disso, suas amigas se mudam seu apartamento luxuoso.  (crédito: kingdomfansubs)

Opinião:
Hey pessoal, já faz uns dois meses que terminei esse dorama e fiquei enrolando para postar aqui  a dica. Be Melodramatic é um dorama que fala sobre amizade, depressão, espaço no mercado de trabalho e claro amor.
As protagonistas são três mulheres que já passaram por algumas situações triste em suas vidas e que persistem ou ainda estão na luta para seguir em frete e se manterem fortes.
Lim Jin-joo (Chun Woo-hee) é uma escritora de drama que inicialmente começa a trabalhar como escritora auxiliar e ela teve um relacionamento de 7 anos, mas o termino foi sua escolha, mesmo que ela sofra com isso, porém ela encontra um novo amor na qual se envolve com um produtor de dramas e as cenas dos dois são muito engraçadas, por conta deles tem uma episódio focado no pum, mostrando os dilemas dessa situação em relacionamento que está no inicio, ainda tem a mãe dela que com muitos anos de casamento começa a peidar e muito na frente do marido, dei muita risada nessa cena.
Lee Eun-jung (Jeon Yeo-bin) é uma diretora de documentário que começou praticamente sem nada, mas conquistou o reconhecimento e ganhou muito dinheiro, porém ela é uma mulher na casa de seus 30 anos que sofre de depressão, tem dia que não tem vontade nem de sair da cama, conversa "sozinha", pois não superou a perda de seu grande amor, desde então ela passava mais tempo em casa e morava junto com suas melhores amigas e seu irmão mais novo. Só que ela volta a trabalhar dirigindo o documenta rio de uma atriz famosa.
Hwang Han-joo (Han Ji-eun ) trabalha em com marketing de uma produtora que consiste em trabalhar com diretores para que os produtos sejam inseridos em novelas/Dramas, comerciais. Uma mulher que se apaixonou durante a faculdade por um homem que parecia ser perfeito, porém engravidou jovem e precisou dedicar a família, enquanto ela sofria com falta de dinheiro, ficar em casa cuidando de filho, limpando a casa o marido resolveu por um fim ao casamento porque era exaustivo a situação que vivia com ela, sendo que ele nem levantava um prato do lugar, depois disso ele ficou famoso e ela ficou sozinha para cuidar de uma criança e também precisou se inserir no mercado de trabalho.
As três são muito unidas e se apoiam, Han Joo e Jin Joo moram junto com a Eun Jung e com o irmão da jung como uma forma de sempre estarem de olho na amiga, pois depois da morte do namorado Eun Jung tentou contra a sua própria vida, não falaram isso diretamente, mas ficou explicito no ar e nas atitudes e além de cuidar da amiga elas também teriam um lugar para morar, porque diferente da Eun Jung as outras duas não possuem dinheiro sobrando. É bonito de ver a amizade delas, vivem como uma família, na casa então moram Han Joo, Jin Joo, Eun Jung, Lee Hyo Bong irmão Eun Jung da  e Hwang In Kook filho da Han Joo.

Resenha | O Desafio (A Aposta #2) - Rachel Van Dyken

Título: O Desafio (A Aposta #2)
Autora: Rachel Van Dyken
Páginas: 360
Nota: 3/5
Skoob: Link

Sinopse: O desafio é a continuação de A aposta, da autora best-seller do New York Times Rachel Van Dyken. "Como vai? Quer dizer, faz tano tempo!" Na verdade, fazia onze meses, uma semana e cinco dias. Mas quem é que estava contando? Não ela. Jake Titus é rico demais, bonito demais e arrogante demais: qualidades que, anos antes, fizeram Char Lynn viver com ele a melhor noite de sua vida — e em seguida a pior manhã, quando ele a dispensou. Agora terão que se reencontrar no casamento de Kacey, a melhor amiga dos dois. Seria uma situação estranha, mas suportável... Se vovó Nadine não tivesse sido desafiada a uni-los. Como padrinho e dama de honra dos noivos, Jake e Char têm que passar cada vez mais tempo juntos. Ele é um galinha mimado, e ela é uma garota maluca. Então por que não conseguem resistir um ao outro? Quando Jake para de se comportar como um babaca e começa a agir como o homem que Char sempre teve esperança de que ele pudesse ser, fica cada vez mais difícil lembrar que ele já a magoou. E agora Jake vê nela tudo que sempre quis — só precisa fazer Char acreditar nisso.

Opinião:
O desafio é o segundo livro da trilogia e o protagonista da vez é o Jake que foi apresentado na primeira história e de Char melhor amiga de Kacey. Bom depois de ter conseguido juntar Kacey e Travis, agora é a vez de vovó Nadine dar um jeito na vida de Jake e depois de conhecer Char um caso de uma noite de Jake os planos começam a surgir e a ideia é juntar agora Jake e Char. A grande oportunidade surge nos preparativos do casamento de Kacey  na qual a vovó inventa desculpas para eles trabalhem juntos e assim possam ficar sozinhos e como Char é a madrinha os dois também vão precisar conviver na mesma casa por uns dias.
Char é uma jovem trabalhadora, mas que se sente pra baixo porque seus pais não parecem lembrar que ela existe e se importam apenas com as conquistas de sua irmã e gente fiquei morrendo de dó dela, ninguém merecia uns pais como os dela, mesquinhos que não se importam com o bem estar da filha e ainda fazem questões de coloca-lá para baixo, diminuindo sua alto estima. Ela foi uma boa personagem.
Jake tive um pouco de dificuldade em ver o personagem com outros olhos por conta das atitudes dele no primeiro livro,  ele é um personagem mimado e quando envolve questões do coração um pouco indeciso, não posso mentir que ele teve algumas atitudes de um homem maduro, mas não me convenci que ele tinha mudado tão rapidamente, até porque os livros dessa trilogia acontece em poucos dias, no máximo um mês. 
O desafio é aquele tipo de história que quando começamos a ler só paramos ao chegar a última página por ser uma história que flui bem e com uma boa escrita, mas mesmo assim não escapa dos absurdos que li, nesse a vovó Nadine já deu uma endoida maior e fiquei encabulado com a armação dela no ensaio do casamento e como Jake e Char aceitaram com uma facilidade que foi difícil de engolir, mas os absurdo que ele fez estavam pior no último livro.
Não é uma história ruim, é um livro legalzinho e com a leitura fluida, uma boa dica para quem quer sair de uma ressaca literária, mas as coisas absurdas que a vovó fez acabou me incomodando, lembro que na época do lançamento li muita resenha falando bem dele, e ao ler não achei tudo isso que o povo falava, é uma história ok e nada demais. 
Enfim A posta que é o primeiro livro da trilogia é o que considero melhor e que o protagonista masculino mais me agrada.

" Eu sentiria a sua falta, mesmo que nunca a tivesse conhecido. Sentiria a sua falta, porque saberia que uma parte de mim nunca estaria aqui."
"Talvez o amor seja isso. Compartilhar os bons e maus momentos e torcer para que Deus permita que a pessoa continue esperando por você do outro lado. Casamento é um exercício de confiança. Sempre me considerei um cara que gosta de correr riscos. O maior risco de todos é ir atrás de uma pessoa com todo o seu coração, sabendo que é bem possível que ela não o queira da mesma forma."
"Ele não sabia se devia fugir pi se devia beijá-la e acabar logo com isso tudo." 

Denise Crivelli, 28 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Parceria

Parceria

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.