Música | Playlist da semana #109:

Hey pessoal, apareci com o poste de playlist, antes tarde do que nunca né, to com muitos comentários atrasados, irei responder eles e pensar nos postes da semana.

Resenha | Wink Poppy Midnight - April Genevieve Tucholke:

Título: Wink Poppy Midnight
Autora:  April Genevieve Tucholke
Páginas: 224
Nota: 3/5
Skoob: Link

Sinopse: Um thriller que traz narradores nada confiáveis que vão fazer você duvidar até da sua própria moral. Indicado pela YALSA e pela TeenVogue como um dos melhores livros de ficção jovem-adulta de 2016. Wink é a nova vizinha esquisita e misteriosa, com seus cachos ruivos rebeldes, suas sardas e suas roupas estranhas. Poppy é a rainha do ensino médio, com seu cabelo loiro perfeito, sua beleza estonteante e sua grande habilidade para a manipulação e crueldade. Midnight é o menino doce e inseguro que se vê entre as duas. Wink sabe contar muitas histórias de cor. Ela está ciente de que todas elas precisam de um herói para derrotar o vilão. Poppy não acredita em histórias. Ela acredita acima de tudo, em si mesma e acha que pode conquistar e derrotar qualquer coisa. Midnight até acredita em histórias, mas ele está certo de que nunca vai ser protagonista de nenhuma, mesmo que Wink pense o contrário. Ele não é bom em nada. Poppy é a rainha da escola. Wink é a menina excluída que parece viver em um mundo particular e fantasioso. Midnight é o garoto preso entre elas que se vê obrigado a lidar com as consequências de um trote sombrio. Mas o que realmente aconteceu? Alguém sabe a verdade. Alguém está mentindo. Mas quem?
Opinião:
Confesso que quando solicitei esse livro ano passado a primeira coisa que chamou minha atenção  foi a capa achei bonita, fora que achei a sinopse diferente e isso me deixou curiosa. Bom a história é narrada por 3 personagens que são os mesmos que dão título ao livro. São personagens diferentes e que segunda a história é  um Herói, um o vilão e o outro é o mentiroso, quem vocês acham que se enquadra nessa descrição.?
Uma coisa que falo que apesar da descrição acima eles são personagens com características reais, pois mentem, escondem quem realmente são e escondem os seus sentimentos, eles possuem defeitos como qualquer pessoa da vida real. A Wink para muitos vive em um conto de fadas, ela escolher viver a vida da forma que quer é não é obrigada a seguir o padrão dos jovens de sua idade, ela sempre está de olho em seus irmãos, mas assim como ela eles são livres , essa é uma personagem cheia de surpresas.
Já a Poppy é aquela garota que quer ser amada por todos, mas faz questão de destruir a pessoa se não agirem como ela deseja e além disso sente dificuldade de amar outras pessoas. Ela é uma personagem fria e que na maior parte do livro não demostrar ter sentimentos, mas ao mesmo tempo podemos ver sua fragilidade e que ela também se sente sozinha, mesmo sendo a líder de um grupo chamado de amarelos e por fim temos o Midniht o rapaz do grupo que era apaixonado por uma e se interessa por outra, ele é um bom rapaz que não fala muito da sua relação com a mãe e que de alguma forma fica no meio dessas duas garotas uma tentando destruir e a outra tentando se sobressair, pode se dizer que ele é o ponto de equilibro para as duas personagens.

O livro é classificado como thriller, mas não vejo ele como um, pois livros desse gênero passam uma sensação de suspense, investigação em suas páginas, mas posso dizer que alguns dos personagens me enganaram bem,  a história é dinâmica e não é dividido por capítulos e sim pelos nomes dos personagens e que pode acontecer na mesma página e fica até com essa sensação de que eles estão conversando com outras pessoas e contando o que acontecer. Confesso que gostei da história, achei ela diferente, mas mesmo assim ainda não sei o que pensar direito, só vocês lendo para entender mesmo. A resenha não ficou tão explicativa a espeito do livro, porque ele é bem rápido de se ler e se eu contar algo  posso dar spoiler e tirar a surpresa de quem for ler a história.
"Haveria lobos e truques e mentiras e enganações e vingança na nossa história."
" Escondi bem, mas estar com Midnight na sua cama me provocou uma sensação familiar, uma sensação nostálgica, como estar na cabana de meu avô quando eu era pequena, sete anos atrás, antes dele tirar a neve um num dia frio, sofrer um ataque cardíaco e morrer. "
" Deixa eu adivinhar. Fantasmas fizeram Roman Luck sair gritando pela noite, e agora ele está internado nim hospício em algum lugar, doido varrido."

Filmes que assisti Recentemente:

Esses dias assisti dois filmes a Netflix, não são grandes filmes do Cinema, mas são legais para assistir em um final de semana, histórias leves de se assistir.


Título: Rip Tide
Duração: 85 min
Ano: 2017
Sinopse: A jovem modelo Cora (Debby Ryan) é filha da chefe da melhor agência de modelo, e sempre trabalhou duro para atender as expectativas das mãe (Danielle Carter). Quando um vídeo caindo se torna um viral, Cora vai passar um tempo na Austrália com sua tia Margot (Genevieve Hegney). Margot também está passando por suas próprias dificuldades, e juntas elas terão uma experiência de aprendizado.
Comentário:
Em Rip Tide a protagonista Cora é uma modelo famosa. Ela trabalha nesse ramo desde criança, mas nunca gostou muito e fazia mais por conta da sua mãe, mas depois de muito tempo ela não aguenta mais e depois de um escândalo foge e vai visitar sua tia na Austrália e ver o que vai fazer da vida, lá ela conhece pessoas diferente, convive mais com sua tia e seu amor pelo mundo da moda volta, mas não como modelo já o que desde criança ela adorava desenhar roupas. Eu gostei do filme, ele é gotosinho de se assistir, além disso vi mais por conta da Debby e mostra a personagem se impondo a respeito da sua vontade que inclui estudar e aproveitando mais a vida. Eu indico ele para quem curte filmes desse gênero.

Trailer:

TOP 5| Livros que poderiam virar séries:

Hey pessoal, passando rapidinho para atualizar o blog mesmo, ia escrever uma resenha para postar hoje, mas como dormi mega mal noite passado, to mega cansada por isso estou postando o Top5 que já estava pronto.



Percy Jackson e os Olimpianos 

Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses
Muitos sonham com uma série baseada nos livros e olha que teria muita história para contar se também levasse em conta os livros da série O Herói Perdido, os livros são uns dos meus preferidos da vida e a história merece uma adaptação descente, não custa nada sonhar.

Os Bridgertons 

Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Outro de livros conhecidos por muitos, seria interessante ver esses irmãos ganhando vida em uma série de televisão, dava para ser uma temporada para cada irmão protagonizando, só nisso daria oito temporadas, outo livro que é daqueles sonhar não custa nada. 

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Desapegando

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.