Resenha | O Poder dos Seis (Os Legados de Lorien #2) - Pittacus Lore:

Título: O Poder dos Seis
Autor: Pittacus Lore
Páginas: 320
Nota: 4/5
Skoob: Link

Sinopse: O planeta Lorien foi devastado pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Exceto nove crianças e seus guardiões, que se exilaram na Terra. Eles são como os super-heróis que idolatramos nos filmes e nos quadrinhos – porém, são reais. O Número Um foi morto na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Tentaram pegar o Número Quatro, John Smith, em Ohio, e falharam. Em O poder dos seis, John e a Número Seis se recuperam da grande batalha contra os mogadorianos, de quem ainda fogem para salvar a própria vida. Enquanto isso, a Número Sete está escondida em um convento na Espanha, acompanhando pela Internet notícias sobre John. Ela se pergunta onde estão Cinco e Seis, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, cujos poderes vão além de tudo o que ela já imaginou, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes.
Opinião:
O Poder dos Seis é o segundo livro da série Os Legados de Lorien, nele Seis, Jonh e Sam estão fugindo e sendo procurados como criminosos internacionais, além dos mogadorianos estarem seguindo eles . Nesse livro a história é dividida em duas partes e o foco não fica apenas no Jonhn como aconteceu no primeiro, dessa vez também conhecemos Marina a número sete e uma outra garota, ambas moram na Espanha em um orfanato, inclusive a Cêpan de Marina está junto com ela, vivendo como freira.
Elas vivem uma vida mais tranquila na Espanha, mas querendo ou não Marina sente que alguma coisa está para acontecer, pois ela começa a estocar comida e treinar sozinha. Ela também parece estar meio obcecada com o John,  já que é o único de Lorien que ela tem conhecimento. Já do outro lado temos John fugindo com seus amigos, tentando não serem reconhecidos pelas pessoas, ainda surgiu um possível triangulo amoroso, já que ele também sente atração pela Seis, mas também acaba enfrentando uma grande traição e ainda precisava pensar em uma forma de invadir a caverna dos mogadorianos.
Faz dias que li esse livro, então fiquei meio desanimada para escrever, nesse os 7 estão começando a se encontrarem, aos poucos estão ficando mais fortes e a melhor solução é estarem unidos, mesmo que acabe com o feitiço que os mantém salvos, pois os mogadorianos não vão desistir de acabar com eles e com a terra.
O livro é bom, mas fiquei com a mesma impressão do primeiro de ser mais introdutório, já que em eu sou o número quatro conhecemos um dos personagens que vieram de Lorien e que explica mais um pouco dessa especie, já nesse segundo mais personagens começam a se conectar a realmente investigar sobre os vilões , na qual descobrimos um pouco mais dos mogadorianos. Faz tempo que tinha lido esse e não lembrava muito bem da história dele, o terceiro vai ser o último livro da serie que irei reler, pois a partir do quarto livro a leitura vai ser inédita.

"Seis pensa nisso por um momento. Morde o lábio e olha pelo retrovisor.
- Tenho certeza de que a Número Sete é uma menina; eu me lembro dela durante a viagem na nave. No mesmo instante em que ela conclui a frase, ouvimos uma sirene soar atrás de nós."
Livros:
Eu sou o número quatro



Comentários
4 Comentários

4 comentários :

  1. uau <3

    http://dosedeestrela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi De!
    Eu AMO ESSA SÉRIE, mas para mim, as coisas só engatam mesmo do terceiro em diante. O primeiro é o mais fraco, e o segundo é bem mais introdutorio. Acho que o fato de eu ter gostado desse foi a Marina. Eu acho ela uma personagem muito legal. E a química dela com a Seis, é FODA. As melhores cenas são das duas. Jonh é o único que nem fede nem cheira. Acho ele tão atoa no meio de tantos outros melhores. Até o Sam que é só um humano e mais legal.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Tenho muita curiosidade em ler essa série, adorei o filme e tenho pena que tenha sido um flop, que não tenham continuado a série.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Infelizmente não tenho muito interesse em ler essa série.
    Mas, que bom que curtiu e decidiu continuar!

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Sorteio

Parceria

Parceria

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.