19 de fevereiro de 2018

Resenha | Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven:

Título:  Por Lugares Incríveis
Autora: Jennifer Niven
Páginas: 336
Nota: 5/5
Skoob: Link

Sinopse: Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los

Opinião: 
Na história do livro Por Lugares Incríveis conhecemos dois jovens que possuem a mesma intensão de se jogarem de um lugar alto da escola, esses jovens em questão são Finch e Violet. Finch acaba salvando Violet. Os dois possem uma aula e comum e por isso acaba fazendo um trabalho junto e se aproximam, a missão deles é visitar juntos alguns lugares do Estado onde moram, esse projeto acaba aproximando-os. Eles conversam bastante, visitam lugares que não seja óbvios e pretendem sempre deixar alguma coisa para lembrar que eles estiveram lá.

Pessoal pensam como foi difícil começar a resenha desse livro, fora que ela nem ficou como eu queria, mas a história mexeu comigo e depois dos acontecimentos finais terminei o livro meio abalada com  a história. O livro fala de um tema série como Suicídio e como é importante a família perceber se tem algo errado acontecendo com os seus filhos, mostrando a eles que se preocupam e estão dispostos a ajudar, como vimos no livro a respeito de um personagem da para perceber que mesmo tendo uma mãe que ama os filhos ocorre um pouco de demonstração de carinho, apoio e preocupação.
Podemos ver entre os protagonistas que uma família é unida e a outra está despedaçada, inclusive acontecendo violência domestica , danificando mais ainda o psicológico de um dos protagonistas, além disso para piorar um dos personagens não era bem aceito pelos alunos da escola, mas o amor mantém um deles acordado e com vontade de viver muitos dias, mas o buraco existente era maior que o amor, ficou difícil continuar lutando contra os fantasmas e com isso acabou se afastando aos poucos, fazendo com que só percebessem o que estava acontecendo quando era tarde de mais.



NÃO VOU CITAR NOMES, MAS PODE SER CONSIDERADO UM SPOILER.
Gente o funeral de uns dos personagens mostrou uma grande hipocrisia das pessoas, que ferem, que xingam, que fazem de tudo para perturbar e fazem questão de aparecer no funeral como se isso fosse apagar tudo que fizeram e não vale apenas para colegas de escola como ao próprio pai, que choraram, sofreram como se fossem próximos, mas que realmente não davam a minima.
Infelizmente teve um caso no ano passado na cidade que mora que a jovem suicidou-se por conta de comentários de colegas da escola, pois ele chegavam a humilhar a garota e para que o não acontece-se dos alunos que foram responsáveis pelas escolhas não aparecessem ele teve que restringir o velório apenas a família, porque se não era capaz dos responsáveis pelo bullying comparecer assim como os que maltratavam um dos personagens no livro.
FIM DO COMENTÁRIO

Bom pessoal dessa vez a resenha ficou um pouco diferente das que costumo fazer, pois preferir não falar individualmente dos personagens e não ficar citando os nomes deles (por isso repeti muito um dos personagens) e nem fiz aquela resenha enorme como muitos fazem e como eu faço as vezes também, já que a sinopse já fala o que é necessário. Espero que tenham gostado, mesmo não tendo ficado tão boa. O livro é ótimo e não sei porque demorei tanto para ler, mas depois de finalizar fiquei um pouco inquieta, pelo menos um dos protagonistas aproveito a vida e iria deixar sua marcas nas pessoas que se importavam com sua existência, viveu a vida da forma que quis e foi livro por conta disso, aproveitando ao máximo, mas como eu disse antes a vontade de viver não foi o suficiente para superar o buraco negro que existia.
Enfim super indico essa leitura para quem tem interesse, a escrita da autora é muito boa.

“ Não preciso me preocupar com o fato de Finch e eu não termos filmado nossas andanças. Tudo bem não termos recolhido lembranças nem tido tempo de organizar tudo de um jeito que fizesse sentido pra outra pessoa. O que percebo agora é que o que importa não é o que a gente leva, mas o que a gente deixa.” 
“Você merece coisa melhor. Não posso prometer que vou estar por perto, não porque eu não queira. É difícil explicar. Sou problemático. Estou despedaçado, e ninguém pode me consertar. Eu tentei. Ainda estou tentando.”
 “Aprendi que existem coisas boas no mundo se você procurar por elas. Aprendi que nem todo mundo é uma decepção, inclusive eu mesmo. E que  383 metros de altura pode parecer mais alto do que uma torre de sino se você estiver ao lado da pessoa certa.”


Comentários
13 Comentários

13 comentários:

  1. Oi, Denise

    Compreendo que esse é um livro complicadinho para resenhar.
    Que bom que você gostou. Eu não tenho muito interesse no livro, o tema me incomoda um pouco e depende muito da abordagem para eu me interessar.
    Gostei das quotes! :)

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Super amei *U*

    BEIJOS,
    WWW.THALITAMAIA.COM

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Concordo plenamente que resenhar esse livro está longe de ser uma tarefa fácil, assim como a própria leitura, apesar de se tratar de uma obra maravilhosa, também é complicada. Me apaixonei perdidamente pela escrita da autora e gostei do modo como você se expressou, mesmo que não tenha sido como você queria :)
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Devo imaginar o quanto essa história deve mexer mesmo com o leitor. Ainda não li, mas tenho curiosidade, apesar de saber que vou ficar assim como você.. sem chão por algum período...

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie,

    Eu li e, meu senhor amando, eu nunca chorei tanto na minha vida. Inclusive na cena do funeral eu queria está lá para dar na cara de cada um dos personagens que estavam lá.
    Eu amo livros pesados que tratam assuntos como suicidio, então leio todos sobre o assunto. "A Playlist de Hayden" e "Os 13 Porques também" também me fizeram chorar muito, mesmo que eu não tenha AMADO tanto a Playlist.

    Abraços...

    https://submundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. fiquei curiosa com a resenha
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise, é sempre difícil falar de livros que mexem com a gente e li muitas criticas positivas do livro, inda pretendo ler!

    Bjs, Mi

    http://oquetemnanossaestante.com.br/

    ResponderExcluir
  8. OOOI DENISE

    ainda nao tive a experiência de ler esse livro, mas ele anda na minha listinha faz um tempo. Achei a capa tão maravilhosa e a sinopse igualmente, que é difícil nao ficar morta de vontade de ler

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Pulei a parte dos spoilers pq pretendo ler o livro em breve hahahaha
    Mas aqui, suicídio é um assunto que deve ser tratado bem delicadamente e fico feliz que há vários autores preocupados com o tema e colocando em suas obras para que os jovens possam discutir mais sobre. Sem dúvidas um livro importante para nossa geração! Ótima dica!

    www.estupefaca.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Denise!
    Dá pra ver q vc gostou mesmo da leitura, realmente deve ser complicado resenhar um livro com um tema tão forte. Eu não costumo ler muitos que falam sobre suicídio, mas sempre vejo todo mundo elogiando bastante Por lugares incríveis, talvez no futuro esteja mais preparada para lê-lo!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. oi Denise,

    Esse livro está na minha lista de leitura desde que lançou e até hoje enrolo para ler ele. Mas uma eu pego rsrs.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, Denise!

    Também fiquei super abalada quando terminei esse livro. Fiquei esperando que fosse uma brincadeira da parte dele, mas infelizmente não foi. Se tornou um dos meus favoritos, pelo tanto que nos faz pensar, e por ser tão real. Muitas pessoas por aí parecem estar bem, mas no fundo ninguém reconhece suas dores. E o que você comentou sobre a hipocrisia é verdade, as pessoas esperam pelo pior para se arrepender ou fingir que se importa.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oiii Denise

    A resenha ficou ótima e gostei da maneira como vc se expressou. Ja vi varios elogios sobre esse livro e estou muito curiosa em conhecer essa história, acho que também posso gostar bastante.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir