Séries que estou assistindo no momento:

Hey pessoal, olha um poste que fazia um tempão que não aparecia por aqui era um poste de séries, para esse poste eu separei  que estou vendo no momento, pois ser for bem eu assisto muitas séries mesmo e todo final de semana eu tenho mais de vinte episódios, por isso para esse poste são dois lançamentos e uma outra série que já está na quarta temporada, mas só fiquei conhecendo esse ano.

The Good Doctor
Título: The Good Doctor| Episódios: 06 | Temporada: 1 | Status: Em Exibição
Sinopse: A série foca no Dr. Shaun Murphy (Freddie Highmore, de Bates Motel), um jovem cirurgião com autismo e síndrome de Savant que se muda de uma vida tranquila no interior para se juntar à unidade cirúrgica de um hospital de prestígio. Sozinho no mundo e incapaz de se conectar pessoalmente com aqueles que o rodeiam, Shaun usa seus dons médicos extraordinários para conquistar seus colegas e salvar as vidas dos pacientes. 
Breve comentário:
Esse é uma série médica, baseada em um dorama Coreano e trás o ator Freddie Highmore atuando como Dr.Shaum, um médico autista e com síndrome de Savant. Gente eu estou adorando essa série, que fico ansiosa pelo episódio da semana e é legal ver como a história vai se desenvolvendo, como os personagens interagem com o Dr. Shaum e como tentam entender ele e fora isso ainda temos os casos no hospital legais de se ver, na maioria das vezes o Shaum acerta nos diagnósticos, fora que ele é persistente.  Super indico vocês conhecerem ela.

Resenha | As Cicatrizes de Andy (Série Mercy Bay #2) - Layla Casanova:

Título: As Cicatrizes de Andy (Série Mercy Bay #2) -
Autora: Layla Casanova
Páginas: 245
Nota: 5/5
Skoob: Link

Sinopse:  Crescendo no sistema de adoção, Andy foi deixada com muitas cicatrizes – físicas e emocionais. Ela nunca teve uma família e por isso jurou a si mesma que jamais precisaria de alguém. Andy corre atrás do que quer e sempre consegue o que está determinada a ter. Menos CJ. Sério e extremamente sexy, CJ é um policial que acabou de se mudar para San Francisco, e parece que gosta de ficar de olho em Andy. O problema é que isso é tudo que CJ faz. O flerte, que começou misterioso e sensual, está deixando Andy impaciente e frustrada. Por que ela não consegue simplesmente ir até ele? O que ele quer?  Em meio a uma conturbada relação, uma criança chega à emergência com ferimentos que lembram Andy de sua infância. Ela precisa ajudá-lo, mas como essa situação vai mudar a relação entre os dois? Pode isso ser o começo de algo ainda maior na sua vida, ou as cicatrizes são profundas demais para serem curadas?
Opinião:
Enfim li o segundo livro da série Mercy Bay que trás dessa vez a história de Andy uma das enfermeiras do Hospital e amiga da Zoe, protagonista do livro anterior, inclusive Andy participa do livro a segunda chance de Zoe.
Nessa temos um pouco do dia a dia dela como enfermeira, como amiga preocupada e como uma mulher com medo de se apaixonar. Bom ela sente atração por CJ que é um Policial, eles vivem trocado olhares intensos, mas quase nem conversam e nem tomam atitude e quem teve que tomar a frente e perguntar o que estava acontecendo foi Andy, porque segundo ela mesmo  não é obrigada a ficar esperando um homem tomar atitude ou algo do tipo. O relacionamento dos dois é sensual e intenso e o CJ apesar de ter demorado para tomar uma atitude realmente gosta dela, mas primeiro estava tentando entender a Andy.


"O silêncio que nos envolve é o tipo que pede por um pedido de desculpas para deixarmos as coisas para trás, porque afinal de contas, já diria Stich, família quer dizer nunca abandonar ou esquecer."
Andy está de volta e dessa vez como protagonista da história, ela é enfermeira e está tentando ganhar a licença para lar provisório de crianças que precisam, ela sabe muito bem como esse sistema funciona, já que é órfã. Ela já passou por muita coisa em sua vida e consequentemente jogo toda a culpa em cima dela, por coisas que devia ter feito ou não devia. Ela tem dificuldade de se relacionar amorosamente e tomou como meta de vida só ter casos casuais de uma noite, mas nem tudo é o que queria já que ela sempre sente algo diferente perto do CJ, ela deseja ele, mas o relacionamento demora um pouco para acontecer, mas quando acontece ela não se deixar ser feliz, sempre fica pensando que vai estragar tudo e que vai fazer o CJ sofrer, mas ele se mostra paciente. A vida dela muda totalmente quando o Wade vai morar em sua casa, uma criança de seis anos e que já sofreu muito, ela vai criando uma forma de amar diferente, a materna mesmo não sendo mãe do garoto ela ama e se preocupa com ele e foi tão fofo ver a relação desses dois, ela aprender a lidar com o pequeno ser humano e tentando conquistar a confiança dele e ele aprendendo amar e se abrir para Andy.

Resenha | Starcraft: Evolução (Starcraft) - Timothy Zahn:

Título:  Starcraft: Evolução (Starcraft)
Autor: Timothy Zahn
Página: 300
Skoob: Link

*Cedido pela editora

Sinopse: Uma história repleta de ação que inaugura a nova era de aventura em StarCraft! Depois de quase uma década de guerra brutal, três poderosas facções – os protoss, os zergs e os terranos – entraram em um cessar-fogo... Mas a paz é uma linha tênue. Quando a inesperada restauração de um planeta incinerado vem à tona, antigos inimigos são acusados de desenvolver armas biológicas para reiniciar o amargo conflito. Uma expedição de soldados e pesquisadores terranos e protoss é iniciada para investigar o misterioso planeta zerg e as intenções de seus habitantes. Mas a exuberante paisagem alienígena abriga também criaturas desconhecidas que, caso livres, mudarão o destino de toda galáxia.
Opinião:
Hey pessoal, a resenha de hoje não é bem uma resenha já que não cheguei ao final da leitura, mas vou explicar para vocês a seguir.
Apesar de quase não ler livros desse gênero  de Ficção Cientifica eu curto e a sinopse desse chamou minha atenção logo que li. Nessa história pelo que entendi até a parte que li eles estavam em guerra e um pessoal que possui habilidades especias são considerados culpados por outros por ter destruído uma região, mesmo que isso tenha acontecido há muitas décadas, vão culpar essa especie sempre. E também parece que tem um novo rei/governador assumindo o trono (ou algo assim) então as coisas estão mudando e nem todos são obrigados a continuar como soldados.
Sei que o que descrevi acima está meio confuso, mas foi exatamente assim que me senti ao começar a ler, porque não estava entendendo nada da história e parecia que tinha algo faltando então fui pesquisar e descobri que existe alguns livros envolvendo esse mundo como StarCraft II- ponto critico e StarCraft II - Demônios do paraíso, mesmo esse sendo considerado o inicio de uma nova hera da história segundo a sinopse, creio que para entender é preciso ler os anteriores, para que não fiquem perdidos como eu fiquei. 
Esse livro é baseado em um jogo e como não jogo jogos  não conhecia ele, mas pelas páginas que li a história parece ter potencial e o autor tem uma boa escrita, o problema mesmo não foi a história do livro e sim eu, creio que para quem é fã desse universo deve adorar a história.
Eu deveria ter pesquisado melhor a respeito do livro antes de solicitar. Pode até ser uma nova era, mas como eu disse antes provavelmente ler os anteriores é o melhor a se fazer.
Eu não gosto de abandoar leituras, mas como me senti muito confusa com ele, achei melhor parar a leitura, já que tenho vários livros para ler e pouco tempo por conta da faculdade.

"Espero que elas não descubram, disse Tanya. Tudo que as pessoas naquele bar me viram fazer foi atirar cerveja no rosto de um homem. Vão pensar que a reação dele foi apenas a ardência do álcool nos olhos."





Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Sorteio

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.