Música | Playlist da semana #83:

Hey pessoal, a playlist hoje está saindo mais cedo. Bom aniversário é dia 23, mas vou comemorar ele hoje com um café da tarde só para mulheres, então não vou ter tempo de postar depois. Eu ia fazer um poste só com músicas Nacionais, mas não tenho tempo hoje para escolher, então vai os lançamentos mesmo.

Resenha | A Segunda Chance de Zoe (Série Mercy Bay #1) - Layla Casanova:

Título:  A Segunda Chance de Zoe
Autora: Layla Casanova
Páginas: 153
Nota: 5/5
Skoob: Link

Sinopse: Depois de um período fora do país, Zoe finalmente sabe que rumo dar a sua vida. Deixando para trás carreira, cidade e um antigo amor, Zoe muda-se para San Francisco e começa sua residência em medicina de emergência.
Recém-chegada ao Hospital Geral Mercy Bay, a ideia era focar na sua carreira, mas quando ela esbarra no bombeiro mais quente da cidade no Pronto Socorro, tudo muda. Adam é bonito, engraçado e empenhado em salvar as pessoas, e Zoe percebe que não vai conseguir ficar longe dele desde o seu primeiro encontro. O problema é que as complicações de um relacionamento não estavam nos seus planos.Zoe acabou de descobrir o poder das segundas chances ao mudar de emprego, mas será que Adam conseguirá lhe mostrar o poder de uma segunda chance para o amor também?
Opinião:
Hey pessoal, já faz dias que a autora me mandou o e-book, mas como estava enrolado com outra leitura demorei um pouquinho para ler, mas quando peguei esse livro li ele super rápido.
Na história de A segunda chance de Zoe, conhecemos claramente Zoe a protagonista, uma jovem mulher que já viu muita coisa quando se tornou médica e e atrás de um recomeço se muda para uma nova cidade e se torna residente de emergência. Ela precisa se reencontrar, mas não sabe muito bem que caminho e esse. A Zoe acaba conhecendo em um bombeiro no hospital e se reencontram em um bar que é muito frequentado por bombeiros, médicos, policiais (até lembrou o bar de chicago med e chicado p.d). O bombeiro em questão é o Adam e ele passa a ser apenas o cara do Bar, mas que se torna bem próximo.

"Percebo que desde que cheguei aqui, estava esperando começar, esperando algo que eu não sabia o que era. Esperando deixar de ver isso como algo temporário e finalmente enxergando-o como algo sólido, que estava acontecendo de verdade. É uma surpresa perceber que, desde que passei a sair com Adam, eu não sinto mais a sensação de que estou esperando. Eu sinto como se eu tivesse chegado, encontrado o que procurava."
Por ser uma história curto, conhecemos poucos personagens que não chegam a aparecer tanto, são mais os amigos de Zoe e Frank o irmão do Adam que aparece algumas vezes, mas felizmente esse livro faz parte de uma série e a protagonista do segundo livro é Andy amiga de Zoe e que trabalha com ela no Hospital. 
Zoe é uma personagem que viveu uma situação complicada quando se voluntário como médica e que a fez mudar e as pessoas próximas dela não entendiam essa nova Zoe. Então ela muda para  San Francisco em busca de um recomeço e também porque ela viu que poderia ajudar mais pessoas ao trabalhar na emergência. Ela fica teimando tanto que o Adam é apenas o rapaz do bar que acabou demorando um pouco para perceber que o recomeço que ela precisava era ele. 
Adam é um bombeiro novo, sempre preocupado em salvar a vida das pessoas. Ele é um fofo e eu queria um bombeiro desses em minha vida, ele sempre está querendo ajudar a Zoe. O adam percebe o que está sentindo pela garota bem antes que ela. Ele é bonito pela descrição, mas não é aquele personagem que fica se enaltecendo, se achando melhor que os outros. A relação de Adam e Zoe é intensa, fofa e envolvente.
Andy trabalha com a Zoe e elas se tornam próximas assim que a garota nova chega ao Hospital. Andy divide apartamento com Ravi. Pelo pouco que percebi ela é aquele personagem que quando quer algo vai atrás, menos na parte romântica. Felizmente o próximo livro terá ela como protagonista.
Ravi terminou um relacionamento de muitos anos com um namorado e passou a ser frequentador assíduo de encontros marcados por aplicativos. Ele é engraçado e adora pegar no pé da Zoe. Bom não da para saber muito bem dele nesse livro, mas espero que ele seja protagonista de algum.

A Segunda Chance de Zoe  é um livro gostoso e super rápido de se ler, eu gostei dele porque além do romance dos protagonistas podemos ler sobre situações que a Zoe enfrenta no Hospital e uma delas partiu meu coração assim como o da Zoe, também podemos acompanhar em alguns momentos de Adam trabalhando como bombeiro o que gerou uma tensão na história.
Achei legal isso porque lembrou série do gênero que assisto, que podemos ver a vida profissional e um pouco da pessoal também.
Um outro ponto que me agradou é que a história não tem vilão e nem situações mirabolantes para manter o casal separado é apenas consequência da falta de conversas sobre o passado, já que Zoe fazia mais questões de viver no presente.
Espero ter a chance de continuar lendo essa série e que vocês também possam ler.

"Estamos aqui para salvar vidas, e me pergunto qual o ponto de aprender tudo que venho aprendendo se não tiver ao menos uma chance para tentar salvar alguém."
"Não existe uma vida sem alguns machucados, sem uma dor aqui e outra ali. Isso não quer dizer que não vale a pena. Eu não posso impedir que ele aprenda com seus erros, porque não tenho uma resposta para o que ele" 



Quotes da Semana - Rachel Gibson:

Hey pessoal, hoje resolvi fazer um poste de quotes específicos dos livros que li da Rachel Gibson, gosto da escrita dela e suas história são sempre gostosas de se ler.

"Diferentemente daquele dia vários meses atrás, quando seguia para Lovett, ela não se sentia ansiosa e impaciente para sair de lá novamente. Estava se sentindo em paz com o próprio passado. Ela não se sentia em uma armadilha nem amarrada. Tudo bem, talvez um pouco, mas seu futuro estava amplamente aberto, e isso permitia a ela respirar quando o peito ficava muito apertado. (Salve-me)"
"Quando você tranca tudo bem apertado para que a dor não possa sair, você também impede que as coisas boas entrem. (Salve-me )"
"Ele era proibido para ela por toda a vida, e ela foi atraída a ele como um inseto a uma luz. Delaney foi uma boa garota que desejava se libertar, e tudo que ele tinha que fazer era estalar o dedo e dizer quatro palavras. Quatro palavras provocativas de seus lábios mau. (Loucamente Sua)
" E, cada vez que ela o via fingir que não se importava, seu coração se quebrava mais.(Loucamente Sua)"
"Nenhum outro homem que conhecera, mesmo antigos namorados a quem julgara amar, tinha feito ela se sentir do mesmo modo que John fizera.
Nenhum homem a fizera sentir-se tão desejável. E nenhum homem a deixara tão destroçada por dentro. (Simplesmente Irresistível)
"Georgeanne olhou para o bilhete em sua mão. Quinze minutos, pensou. Quinze minutos antes de embarcar em um avião que a levaria de volta a nada. Ninguém estaria lá para recebê-la. Não tinha ninguém. Ninguém para cuidar dela. Ninguém para dizer a ela o que fazer. (Simplesmente Irresistível)" 
"Saber que amamos alguém não leva tempo. Não são precisos dez anos ou dez meses para descobrir isso. Basta olhar para o outro lado da entrada da garagem e ter a impressão de ter levado um soco no peito, perdendo o fôlego. (Maluca por você)"

Lançamentos | Galera Record - Agosto:

Hey pessoal, esse mês a editora Galera record etá com lançamentos bem interessantes, estou bem curiosa para ler eles.


Sinopse: Mallory viveu muito tempo em silêncio. Mas o destino lhe reserva um novo desafio. E ela percebe que está na hora de encontrar a própria voz
Já na infância, Mallory Dodge percebeu que só poderia sobreviver se ficasse calada. Teve que aprender a ficar o mais quieta possível. Aprendeu a passar despercebida. A se esconder. Mas agora, após ter sido adotada por pais amorosos e dedicados, ela precisa enfrentar um novo desafio: sobreviver ao último ano do Ensino Médio numa escola de verdade. O que Mallory não imaginava é que logo no primeiro dia de aula daria de cara com um velho amigo que não via desde criança, quando viviam juntos no abrigo. E começa a notar que não é a única que guarda cicatrizes do passado, além de uma paixão adormecida e inevitável.


Sinopse: Um assassinato uniu Lock e Mori. A verdade pode separá-los para sempre. Uma pessoa foi assassinada no Regent’s Park, a polícia não tem pistas. Sherlock Holmes, um adolescente brilhante, desafia a jovem James Moriarty a resolver o crime antes que ele mesmo o faça. Existe uma única regra: devem compartilhar todas as informações que encontrarem. O que começou como um jogo divertido logo se torna assustador. À medida que se aproxima da solução do caso, Mori descobre que o assassinato está conectado ao próprio passado. Agora, a garota está guardando segredos de Sherlock, de sua família e da melhor amiga... E esses segredos podem trazer severas consequências. Para salvar aqueles que ama, Mori está disposta a acabar com tudo com as próprias mãos. Será que Lock ainda estará ao seu lado quando tudo estiver resolvido? Esse é um mistério que Mori não pode solucionar.

Resenha | Graça e Maldição #1 - Laure Eve:

Título: Graça e Maldição #1 
Autora: Laure Eve:
Páginas: 350
Nota: 3/5
Skoob : Link

* Livro cedido pela editora


Sinopse:  Um thriller que mantém a magia ambígua até a narrativa ganhar asas e levar o leitor por uma viagem intensa, estranha e envolvente. Como todos os outros na pequena cidade, River é obcecada pelos Grace. Fenrin, Thalia e Summer Grace são carismáticos, charmosos e ricos — e há boatos de que sua influência se estende aos mais altos degraus da política mundial. Se você não ama um deles, quer ser exatamente como um deles. Especialmente River, a nova aluna da escola local... Que de repente é acolhida pela família que todos reverenciam e temem em igual medida. Ela é diferente. Mas o que os Grace não sabem é que a garota não está na cidade por acaso; ela sabe exatamente o que está fazendo. Ou não?
Opinião:
Duas palavras definem os personagens desse livro, Obsessão e Veneração. No decorrer da resenha vou explicar o porque essas palavras definem os personagens na história, principalmente a protagonista River.
Bom, River é a garota nova da cidade e da escola, ninguém da muita atenção para ela e como todos os outros jovens da escola se interessa e começa a pesquisar sobre a família Grace, na qual os jovens Ferin, Talia e Summer fazem parte. Ferin e Talia são gêmeos  e Summer possui a idade de River e estuda junto com a garota. Achei os Graces uns lunáticos por conta da magia e não vou mentir eles meio que me assustaram lá pro final do livro.
Falei em Obsessão e veneração porque isso define os sentimentos tanto de River, quanto de outros personagens que aparecem rapidamente durante os capítulos a respeito dos Graces. Primeiramente a personagem só pensava na família, mesmo estando longe queria estar perto, queria saber o que eles estavam fazendo, queria conquistar o coração de um deles. A River passou a respirar os Graces, ela não se dava bem com a mãe dele e essa família também era uma forma de escape da sua própria família desestruturada. E a respeito da veneração o pessoal da escola faltava lamber o chão que os garotos pisavam e para eles um Grace sempre estaria certo e os outros estariam sempre errados.
"...ser um Grace era como fazer parte de um culto. Quando você está nele, você não consegue entender por que os outros viveram, pensariam ou agiriam de qualquer outra forma. Só quando começa a emergir é que percebe como as coisas podem ser estranha."

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.