4 de setembro de 2017

Resenha | Um Tom Mais Escuro de Magia #1 - V.E. Schwab:

Título: Um Tom Mais Escuro de Magia
Autora: V.E. Schwab
Páginas: 420
Nota: 4,5/5
Skoob: Link

* Cedido pela editora
Sinopse: Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.
Opinião:
Hey pessoal, era para ter resenhado esse livro antes da Bienal começar, mas acabei me enrolado com algumas coisas e ainda bateu um desanimo esses dias, mas enfim trago a resenha dele agra e espero que gostem.
Nessa  historia conhecemos Kell que é um Antari e consegue viajar ara mundos diferentes, ele vive na Londres Vermelha  e foi criado pela realeza. A Londres Vermelha possui magia mas não chegam a usar de forma sedenta. Os outros mundos são a Londres Cinza que não possui mais magia; A Londres Branca que possui magia e são bem perigosos e por fim a Londres preta que foi destruída.
Kell funciona como um garoto de recado, levando bilhetes entre essas Londres para que a harmonia possa ser mantida. Só que toda vez que viaja faz algo que não devia e quando retorna para a Londres vermelha acaba se metendo em um grande problema e ele precisa fugir e encontrar uma forma de resolver o que aconteceu, no meio disso tudo acaba conhecendo Lila que o chantageia para viajar junto entre os mundos. Os dois acabam formando uma boa dupla. 

“ – Me diga uma coisa, você subestima todo mundo ou só a mim? É porque sou uma garota?– É porque você é humana – explodiu ele. – Porque você pode ser a alma mais valente e destemida que eu já conheci, mas ainda é muito mais feita de carne e osso do que de poder.Astrid Dane é feita de magia e maldade”.
Kell é mistério, ele parece ter uma boa vida, foi criado pela Realeza, é um Antari o que é um pouco complicado, mas sente que ainda falta algo e parece estar procurando alguma coisa que nem sabe o que é. Apesar de ser considerado importante acaba quebrando regras e só o seu irmão sabe que ele contrabandeia coisas de outros mundos . Ele transmite uma sabedoria e uma calma mesmo nos momentos de mais ação, fora que ele parece ser mais velho do que é.  Adorei o personagens e acho que grandes coisas ainda estão para acontecer com ele, espero que não sejam só ruins.
Lila é da Londres Cinza e sonha em navegar em um barco, mas para isso precisa sempre estar roubando. Ela é uma garota que teve que aprender a ser forte desde criança, inclusive matar na adolescência para a sobrevivência. Ela é independente e mão leve.  Estou com uma teoria do que ela pode ser, que surgiu depois do encontro de Lila com o Tieren já que ele descobriu algo que ninguém percebia ao olhar para ela, quem já leu tem alguma teoria também?
Holland é um vilão, mas tem alguns momentos que cheguei a sentir dó dele, pois ele sempre sofreu e a consequência é a pessoa que se tornou, ele era uma posse de um rei, um escravo que não era considerado família e precisava fazer tudo que seu soberano manda. Apesar de ter dó dele em alguns momento, eu também senti raiva por conta das coisas que ele chegou a fazer como Kell.

 Um Tom Mais Escuro de Magia  é um ótimo livro, com ação, mistério já que um artefato misterioso aparece com Kell e ele não fazia ideia da onde ele tinha vindo, com traições de personagens e a luta pelo poder, além de pessoas mais sedentas por magia.
Eu queria ter feito uma resenha mais completa como umas que andei vendo, mas a dificuldade para escrever a resenha é grande, pois é uma história que tem um pouco de complexidade, mas uma leitura fácil. O livro é dividido em quatorze parte com títulos diferentes e os capítulos são bem rápidos de se ler, não são tão extensos o que deixa a história mais dinâmica, já que as vezes capítulos muitos longos deixam a história cansativa.
Gostei dos personagens, Kell que transmite uma sabedoria e parece ser mais velho do que é, e olha que ele  tem 21 anos e Lila uma jovem mulher que já viu muita coisa e que é independente, luta pelo que deseja inclusive com grande importância na história. Um personagem que curti e que apareceu pouco foi o Ryan o príncipe e irmão de Kell, ele é daqueles mulherengo, engraçado e com um semblante mais leve comparado a de Kell, espero que ele apareça mais nos próximos livros.

Esse foi o segundo livro da autora que leio, mas adorei esse, já que a minha primeira experiência com a escrita dela não foi positiva. Não podemos julgar um autor apenas por um livro.
"Na verdade, ninguém sabia o que levava ao nascimento de um Antari. Alguns acreditavam que era obra do acaso, uma jogada de sorte. Outros diziam que os Antari eram divinos, destinados a grandes feitos. [...] Mas independente das teorias sobre como surgiam, a maioria acreditava que os Antari eram sagrado. Escolhidos pela magia ou abençoado por ela, talvez. Mas certamente marcados por ela."
"Algumas pessoas dizem que a magia vive na mente, outras no coração – falou Holland calmamente – Mas você e eu sabemos que ela vive no sangue." -

Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Olá, Denise.
    Eu fiquei com muita vontade de ler esse livro depois que comecei a ler as resenhas positivas dele. Mas vou esperar lançar todos para começar a ler hehe. Achei o enredo um pouco dificil de entender, mas acredito que quando começar a ler essa dificuldade desaparece.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou desse. Realmente a história é bem complexa, eu também senti dificuldade de falar sobre ela..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu já li algumas resenhas desse livro e acho lindaa a capa, mas sinceramente acho que não levaria pra frente a leitura por causa do gênero

    Beijoss
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  4. Oi, Denise!

    Falam que essa autora é muito boa, mas não sei se gostaria desse livro :( ele me parece ser um pouco confuso. Contudo, tenho curiosidade em conhecer a escrita dessa autora, então provavelmente tentaria começar por outro livro dela.

    Beijos,
    Isa
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Denise, tudo bem?
    Não conhecia o livro, achei a premissa muito interessante, gostei da sua resenha, fico feliz em saber que essa leitura te agradou, realmente, não podemos julgar um autor por um único livro! ❤

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  6. OOi adorei a resenha o gênero não é muito o meu favorito.
    Beijos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Dê!
    Kell é muito mozão mesmo <3 Não se preocupe que Rhy ainda vai dar muito as caras em Um Encontro de Sombras.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro, mas parece muito interessante. =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  9. Oiii Denise

    Ainda bem que essa segunda experiência com a autora foi positiva, só tenho escutado falar super bem sobre esse livro e olha que tenho visto bastante resenhas mas todas coincidem em que a história está ótima. Com certeza quero ler futuramente.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Denise,
    Não conhecia o livro, mas a proposta parece interessante. Fiquei curiosa para saber como o protagonista viaja pelos universos.

    *bye*
    Marla Almeida
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  11. Oi Denise! Eu adorei o livro, acabou se tornando um dos meus preferidos de fantasia, a autora soube criar muito bem esse universo incrível! Doida pra ler o segundo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Achei bem interessante!

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir