[Música] Playlist da semana:

Hey pessoal, estava aqui pensando se postava hoje ou não, mas resolvi aparecer. Enfrentei muitas filas hoje ai demorei para chegar em casa. Espero que curtam a playlist;


[Divulgação] Votação capa Olhos de Lobo - Farol Literário:

Hey pessoal, tudo bom com vocês. Hoje trago um poste de divulgação a editora parceira Farol Literário está com uma votação aberta para escolher a capa do livro Olhos de Lobo continuação de sangue de lobo e a votação vai do dia 06/05 á 21/05. 
Eu achei as três capas bonitas, mas a minha escolha foi a capa dois por ser do mesmo estilo que Sangue de Lobo, ai prefiro que fique no padrão, mas e vocês qual acharam melhor?



Olhos de Lobo é a continuação de Sangue de Lobo, conheçam mais do primeiro livro abaixo:
Sinopse: Em 'Sangue de Lobo', um antigo original de um livro que conta uma história de mistério e morte jaz esquecido num pequeno museu em um restaurante no sul de Minas Gerais. Duas jovens, Ana Cristina e Cristiana, em viagem com a família de Ana, encontram-no e leem a história. Elas ficam assustadas, pois o enredo do livro retrata exatamente o jogo de RPG que elas criaram com amigos em São Paulo. E o mais curioso - a história se passa na cidade onde vão passar as férias. Foi lá que ocorreram crimes em série no início do século XX. E, no mesmo local, 100 anos depois, volta a acontecer uma sequência sinistra de mortes - oito macabras bonecas de porcelana parecem corresponder às vítimas de um insano assassino serial. As histórias do presente e do passado se misturam a partir do lobisomem Hector, um jovem inglês do passado que luta contra a maldição da Lua Cheia.  Acesse a resenha.

Quotes da Semana:

Os quotes de hoje são referentes ao livro As vantagens de ser invisível do autor  Stephen Chbosky. Para conferir a resenha é só clicar aqui.

"Então, acho que somos quem somos por várias razões. E talvez nunca conheçamos a maior parte delas. Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher aonde iremos a partir daqui." 
 “A gente aceita o amor que acha que merece.”
"Então, esta é a minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim."
"Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher para aonde iremos a partir daqui. Ainda podemos fazer coisas. E podemos tentar ficar bem com elas." 
“Sam se sentou e começou a rir. Patrick também riu. Eu comecei a rir. E naquele momento eu seria capaz de jurar que éramos infinitos.”  
“Como disse a Sam. Porque não há problema em sentir as coisas. E ser quem você é.”  

[Dorama] Descendants of the Sun:

Título: Descendants of the Sun
Episódios: 16
Gênero: Militar, Médico, Romance, Drama, Ação, 
País de Origem: Coreia do Sul
Legenda: Português
Onde Encontrar: Online¹ | Online ²

Sinopse: Um soldado e uma médica acreditam ter encontrado o amor verdadeiro, até perceberem que a diferença entre seus trabalhos pode causar um grande dilema nesse relacionamento. As tropas de paz da ONU estão em país devastado pela guerra de Uruk . Capitão Yoo Shi Jin , chefe da equipe da unidade Comando de Guerra Especial , reúne-se com Kang Mo Yeon , um médico voluntário com os Médicos Sem Fronteiras . Como eles trabalham lado a lado em zonas a desastres e atingidos por doenças.

Opinião:
Eu estava com vontade de assistir ele e a Lyh falou tão bem que eu esperei ele concluir para assistir e adorei o dorama.
Descendants of the Sun é uma história que tem romance, mas é além disso fala do exercito coreano e de médicos que são enviados para ajudar em lugares que precisam de ajuda e eles até conseguem fazer diferença na vida de algumas pessoas, mesmo que sejam poucos isso já é algo bom. Eles enfrentam algumas coisas como uma possível epidemia de uma doença grave, terremoto e além disso ainda tem a gangue da região que trás problemas.
Nesse dorama somos apresentados ao Yoo Shi-Jin (Song Joong-Ki)  o chefe da equipe e que se interessa pela médica Kang Mo-Yeon (Song Hye-Kyo) só que ele acaba indo com sua tropa para outro País e se afasta da médica, mas eles acabam se reencontrando quando a Mo-Yeon é enviada com uma equipe de médicos para o mesmo local que o Shin-Jin, lá eles começam a desenvolver um relacionamento, só que nem é tão fácil já que estão em um local devastado e cheio de perigos.
A Mo Yeon se mostra uma boa médica e ajuda as crianças da região e até abriu mão da sua volta com a equipe depois de alguns acontecimentos, ela preferiu ficar e ajudar. Eu adorei esses dois, o Shin-Jin é sério, mas ao mesmo tempo divertido e sorridente por ser o capitão ele acaba não sendo tão rígido e sempre fazendo gracinha, e que sorriso ele tem me apaixonei. Ele e seu melhor amigo lá pro fim do drama fez meu coração doer, ainda bem que tudo foi resolvido.

[TAG] Meu voto é sim:

Hey pessoal, fui indicada pela Jessica do blog Diario e Livros, a Tag foi criada por ela é se chama meu voto é sim e achei essa TAG legal. 

Meu voto é sim
Um livro em que você torce muito para que tenha uma adaptação para  os cinemas.
Esse é um livro Nacional e que daria um bom filme de suspense e acho que seria legal assistir.

Meu Voto é Não.
Um livro que você tentou e tentou mais não conseguiu gostar.
Esse é um livro que eu tentei gostar, mas a leitura era tão lenta e por isso acabei abandonando e nem cheguei no final

[Resenha] As Vantagens de Ser Invisível:

Título: As Vantagens de Ser Invisível
Autor: Stephen Chbosky
Páginas: 224
Skoob: Link


Sinopse: Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.


Opinião:
Hey pessoal, fazia muito tempo que queria ler esse livro e comprei ele só agora, sei já leram muitas resenhas desse livro e agora trago minha opinião, mesmo que seja breve.
Mesmo querendo ler esse livro, minhas expectativas não estavam altas e isso foi bom, pois acabei gostando e muito da leitura, até porque a leitura fluiu tão bem e a escrita do autor é tão envolvente que parece que o Charlie está escrevendo as cartas diretamente pra mim, foi uma forma de interação com quem está lendo
 O livro é escrito em forma de cartas e narra o que acontece durante o dia ou semana com o Charlie e é uma forma de desabafo dele, já que o garoto guarda segredos e só escuta as pessoas por considerar isso o certo a se fazer sem dar opiniões e que acaba escrevendo tudo o que sente nas cartas, o leitor pode sentir suas preocupações, medos, ele é um garoto que sensível, mas que muitos acham ele estranho e até a própria família como a irmã trata ele como esquisito.
"Então, acho que somos quem somos por várias razões. E talvez nunca conheçamos a maior parte delas. Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher aonde iremos a partir daqui." 
 Ele encontra bons amigos e descobre o que é ter amigos, fazer parte de algo e até por nunca ter tido um ele não sabe o que fazer e pensa que tudo que aceitar e escutar é fazer parte, mas ele tem e teve que aprender que é importante dar  a sua opinião e não somente escutar os outros.
As novas amizades de Charlie são Sam, uma garota bonita e super simpática que acaba se tornando o primeiro amor do garoto e Patrick ele é meio doidinho e é o amigo gay que passa por problemas por conta de um amor, os dois apresentam um novo mundo e novas pessoas para o menino inexperiente. 
Charlie passou por algumas perdas e não teve com quem se abrir e isso refletiu no seu presente e uma hora ele não aguentou e entrou em colapso, mas tinha os amigos e sua família para dar apoio, mesmo estando em uma clinica.
Charlie é um garoto bem inteligente e achei legal a relação dele com o professor Bill que dava muitos livros para ele ler e escrever trabalhos, ele gosta muito de ler livros e lia super rápido também, o professor viu potencial nele e quis trabalhar nisso ajudando o garoto a melhorar cada dia mais.
As vantagens de ser invisível foi uma boa leitura e envolvente, adorei realizar a leitura e enfim ler esse livro, já que só tinha visto o filme e que existe diferença entre eles, mas os dois são bons. Eu realmente indico essa leitura.

"Então, esta é a minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim."

[Música] Playlist da Semana:

Hey pessoal, acabei nem postando a playlist no sábado, já que fiquei tão focada em terminar a primeira versão do meu tcc da pós-graduação que eu esqueci, mas eu terminei e agora estou postando a playlist.

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Desapegando

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.