[Resenha] Entre a Ruína e a Paixão (Clube dos Canalhas #3):

Título:Entre a Ruína e a Paixão
Autora: Sarah Maclean
Páginas: 304
Skoob: Link

Sinopse: Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro.
Opinião:
E aqui estou com mais uma resenha do Clube dos Canalhas e o membro sócio do clube da vez é o Temple, o lutador do clube e que também é considerado invencível e com um passado obscuro e pode se dizer que a fama dele dentre os seus amigos é o pior, pois Temple é chamado de o duque assassino, por conta de acontecimentos que ocorreram 12 anos atrás. Ele foi considerado culpado pela morte de uma jovem que ele conheceu e coincidentemente era a noiva de seu pai e olha que a garota só tinha 16 anos e talvez por ser nova demais e por ter sofrido muito nas mãos de seu Pai e o que motiva Mara Lowe desaparecer da sociedade, a final ela foi considerada morta, mesmo sem ter um corpo e o duque acabou levando a culpa por um crime que não cometeu, até porque a vitima está muito viva, só que ele não sabe disso ( não é spoiler, tem na sinopse).
Bom por conta desse "crime"  William (Temple) viu a sua vida desmoronar, as pessoas queriam ficar longe dele e passaram a olhar torto, ele abandonou sua herança, a família e foi viver nas ruas onde passou a lutar para ganhar a vida, tantos anos sendo acusado e agora ele tem a chance de se ver livre dessas mentiras, pois Mara Lowe aparece para ele e com uma proposta de se revelar para a sociedade se ele perdoar a divida de seu irmão.

"Ela era a mulher mais chocante, irritante e difícil que ele conhecia. Ela o fazia ter vontade de revirar toda a mobília de veludo daquele lugar completamente feminino e arrancar as roupas do próprio corpo de tanta irritação."

[Filme] Bravetown:

Título: Bravetown
Duração: 112 minutos
Ano: 2015
Legenda: Português
País de origem: EUA
Gênero: Drama, Musical

Sinopse: Josh é um DJ musicalmente talentoso que , depois de uma overdose acidental , vai morar com seu pai distante . Sua jornada para fazer as pazes com sua família, amigos do passado e cidade natal abre- se a encontros emocionais que revelam mais do que ele esperava .





Opinião:
Encontrei Bravetown por acaso na internet e eu curto filmes que envolvem música e dança e esses elementos chamaram a atenção, mas também tem um drama na história.
Josh (Lucas Till) é um jovem DJ que trabalha nas madrugadas sem sua mãe saber, ele sempre tentou se virar sozinho só que em uma das noites ele acaba sofrendo uma overdose o que o leva a morar com o seu pai desconhecido, já que ele ainda é menor de idade e precisa de alguém que possa cuidar dele e seja responsável para que ele vá aos encontros com um orientador, esse responsável se chama é o Alexander (Josh Duhamel) que também tem seus problemas por conta da perda de um grande amigo.
Josh acaba fazendo amizade com um garoto chamado Tony (Jae Head) e se tornam amigo e esse garoto tem uma irmã que é líder do grupo de dança da escola, mas eles são um desastre e a líder em questão é a Mary (Kherington Payne) que sofre por conta da condição de sua mãe.
A cidade que Josh está é conhecida para formar futuro soldados e o grupo de Mary quer mostrar que existe um destino e fora do exercito , agora com ajuda do Josh ela conseguira encontrar um ritmo para a equipe.
Eu gostei, pois além da dança e da música os personagens tem seus problemas individuais para superar o Josh tem que lidar com a sua família que nunca demostrou amor e ainda conhecer e perdoar seu pai e outros personagens sofrem por conta da perda de pessoas amadas na guerra, esse pode não ser um grande filme, mas é bom para assistir e ainda fala de superação, perdão e também sobre se encontrar.
Foi uma opinião mais breve mesmo, mas o poste foi mais para indicação mesmo e esse não é um filme que as pessoas dançam o tempo todo não, o drama está presente em muitas partes.

Trailer

[Resenha] Entre a Culpa e o Desejo (Clube dos Canalhas #2):

Título: Entre a Culpa e o Desejo
Autora: Sarah Maclean
Páginas: 304
Série: sim
Skoob: Link

Sinopse:Seu próximo experimento científico? Entregar-se a um canalha! Lady Philippa Marbury não é como as jovens de sua época. A brilhante filha do marquês de Needham e Dolby se preocupa mais com seus livros e experimentos do que com vestidos e bailes. Para ela, um laboratório é muito mais atraente que uma proposta de casamento, e é por isso que, ao ser prometida a um noivo com quem não tem nada em comum, Pippa tem apenas duas semanas para empreender seu último experimento: descobrir todos os prazeres e todas as delícias da vida antes de passar o resto de seus dias ao lado de alguém que ela mal conhece. Como boa cientista que é, Pippa investiga a vida do homem que parece ser a cobaia ideal para realizar suas experiências: Sr. Cross, o atraente sócio do cassino mais famoso e cobiçado de Londres, um libertino cuja má-fama foi cuidadosamente construída sobre o vício e a devassidão. Um canalha perfeito para explorar suas fantasias e satisfazer sua curiosidade sem manchar sua reputação de moça de família.
Opinião:
Entre a culpa e o desejo é o segundo livro da série Clube dos Canalhas e esse envolve o Cross, um dos sócios do club e também trás Philippa irmã de Penélope protagonista do primeiro livro.
Lady Philippa ou simplesmente pippa é uma mulher muito inteligente e que adora aprender e muitas vezes de forma não muito convencionais e simplesmente adorei a protagonista pois ela é diferente.
Pippa está para se casar, só que um homem que ela não, apenas aceitou o pedido pois poderia ser a única oportunidade dela, ela não sabe nada sobre relacionamentos e até sua irmã mais nova entende sobre o assunto e por querer entrar em no casamento sabendo algo ela acaba procurando o sócio de seu cunhado o Sr. Cross, pois ouviu falar sobre o comportamento dele com mulheres e queria que ele a ensina-se sobre sedução, só que a principio Cross não queria fazer isso, afinal ela é cunhada de seu amigo, mas a Philippa foi insistente. 

"O amor se fosse uma coisa, sem dúvida era uma coisa estranha."

[Resenha] A espada do verão - Rick Riordan:

Título: A espada de verão
Autor: Rick Riordan
Páginas: 448
Livro: #1 - Magnus Chance e os Deuses de asgard
Skoob: Link

Sinopse: Às vezes é necessário morrer para começar uma nova vida... A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, lutando para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph - um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico. As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve ir em uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos. A espada do verão é o primeiro livro de Magnus Chase e os deuses de Asgard, a nova trilogia de Rick Riordan, agora sobre mitologia nórdica.
Opinião:
Desde que a espada de verão foi lançada estava curiosa para ler, gosto da escrita do Rick, mas não me agradou tanto.
Esse livro envolve a mitologia nórdica e tem como protagonista Magnus Chance e que coincidentemente é primo da Annabeth que faz parte dos livros do Percy Jackson, mas logo nas primeiras páginas dessa história o protagonista morre, isso mesmo ele acaba morrendo em uma 'batalha" no dia do seu aniversário de dezesseis anos e acaba indo parar em um lugar que é tipo um Hotel chamado Valhala e conhece outros "mortos" que são conhecidos como einherjar e ele também é um agora, todos estão se preparando para o Ragnorok (fim dos tempos) e nesse local ele também conhece as Valquirias que são jovens que ajudam os eigherjar e que também escolhe quem vai para o Valhala e uma dessas Valquirias é a Sam filha de Loki e por conta do seu pai, o pessoal acaba não confiando nela e na primeira chance mandam a garota embora.
Depois de alguns acontecimentos Magnus descobre que tem que encontrar a espada de Frey, a espada que ele tinha encontrado e se perdeu novamente, pois se não achar o Ragnorok pode ser adiantado e de uma forma ele acaba fugindo do hotel junto com os seus amigos de rua que ele descobre que são um gigante e um anão, mas que eles podem ter o mesmo tamanho de pessoas normais e são eles o Hearth o  que é mudo e sonha em ser um mago e Blitz o anão fissurado em moda , então eles juntamente com a Sam precisam achar a espada e evitar que o lobo seja solto.

"- Sim, mas isso foi escolha dos deus, não minha. A questão do destino, Magnus, é a seguinte: mesmo que não possamos mudar o cenário, nossas escolhas podem alterar os detalhes. É assim que nos rebelamos contra o destino, como deixamos nossa marca."

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Sorteio

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.