[Música] Playlist da Semana:

Hey pessoal, peguei alguns clips novos outros de alguns messes atrás, o grupo TP4Y que coloquei na playlist conheci hoje e já gostei da música, estava limpando o quarto e escutando música no spotify tocando aleatória mente ai tocou uma delas e eu curti e fui escutar o resto.

[Resenha] Willow:

Título: Willow
Autora: Julia Hoban
Páginas: 352
Skoob: Link

Sinopse: Sete meses atrás, em uma noite chuvosa de março, os pais de Willow acabaram bebendo muito durante o jantar e pediram a ela que guiasse o carro até em casa. Por uma fatalidade, Willow perdeu o controle do veículo e seus pais morreram no acidente. Consumida pela culpa, Willow deixa para trás sua casa, amigos e escola e, enquanto tenta retomar a relação de afeto e companheirismo com o irmão mais velho, secretamente bloqueia a dor da perda cortando a si mesma. Mas quando Willow encontra Guy, um rapaz tão sensível e complexo quanto ela, mudanças intensas começam a acontecer, virando seu mundo de cabeça para baixo.Contado de modo cativante e doce, Willow é um romance inesquecível sobre a luta de uma jovem para  lidar com a tragédia familiar e com o medo de se deixar viver uma linda história de amor e cumplicidade.
Opinião:
Estava curiosa para ler esse livro, pois lembro que na época do lançamentos falavam bastante dele, ai acabei conseguindo o livro através de uma troca do skoob, pelo tema eu pensei que ia ser algo mais chocante como Garotas de vidros.
Nesse livro conhecemos Willow ela perdeu seus Pais em um acidente de carro e ela que estava dirigindo e se culpa pelo acontecido, então ela vai morar com a família de seu irmão mais velho. Willow agora é uma garota que não se permite ser feliz, não tem amigos e os que tinha se afastou, não namora e acaba encontrado um alivio em uma lâmina que elimina seus sentimentos, ou seja, a garota se autoflagela em busca de calar seus sentimentos e nem chorar ela se permite.
Ela trabalha na biblioteca da faculdade que seu irmão trabalha e acaba conhecendo um garoto chamado Guy.

"Cada vez que ela se entrega, a chance de alguém descobrir, a chance de infecção, mesmo a possibilidade de perder muito sangue aumenta. Ela terá que começar a racionar suas sessões. Pensar na lâmina como outras garotas podem pensar em sorvetes."
Willow está fragilizada pela morte de seus Pais e ao se ferir sente um alivio dos sentimentos e também é uma forma de se punir pelo que aconteceu, ela não demonstra seus sentimentos e essa foi a forma que encontrou. Desda morte de seus pais, seu irmão nunca sentou e conversou com ela sobre o acontecimento, preferiu seguir a vida e sofrer escondido da sua forma  e a falta de conversa acabou sendo um erro, pois a garota estava cheia de sentimentos e sem alguém para conversar sobre o acontecido ela recorreu a outra opção para aliviar a dor. Uma personagem fragilizada e que mesmo assim ainda pensava em ajudar outras pessoas e não atrapalhar a vida de ninguém.

[Caixa de Correio] Recebidos de Março:


Hey pessoal, era pra ter postado esse vídeo no comecinho do mê, mas sempre esquecia e só consegui uplar ele ontem. Bom esse não ficou com uma qualidade boa e como sempre dei uma travada na hora de falar, quando gravei  vídeo ainda nem tinha lido A protegida, mas agora já li então o link da resenha vai estar logo abaixo do vídeo.



Resenhas:

[Desapegando] A Garota da capa vermelha:


Mais um sorteio de desapego e como viram é do livro A Garota da Capa Vermelha, o livro é Usado, mas está em bom estado

Lembrando:
Um único ganhador para os dois livros
Envio o livro em até 30 dias
O ganhador têm 48 para responder o e-mail.


a Rafflecopter giveaway

[Resenha] A Protegida:

Título: A Protegida:
Autora: Lisa Kleypas
Páginas: 288
Série: The Family Travis
Livro: #1
Skoob: Link
* Livro cedido pela editora

Sinopse: Uma escolha pode conduzi-la à felicidade... Ou partir irremediavelmente seu coração. Liberty Jones é uma garota determinada, mas em sua vida pobre e difícil não há espaço para que ela consiga vislumbrar seus sonhos sendo realizados. Seu único consolo é a amizade e o amor que nutre por Hardy Cates, um jovem que possui ambições grandiosas demais para ficarem enterradas na pequena cidade de Welcome. Apesar da atração irresistível que pulsa entre os dois, tudo o que Hardy não precisa é de alguém para atrapalhar seus planos de sucesso, e ele a abandona no momento mais difícil de sua vida: quando a mãe de Liberty morre tragicamente em um acidente; deixando um bebê para ela criar. Mas a vida traz grandes surpresas e Liberty se vê sob a tutela de um magnata bilionário, que irá oferecer muito mais do que proteção à irmã e a ela, mas também revelará uma forte ligação com o passado obscuro da família de Liberty. O que Liberty não espera é ter de lidar com Gage Travis, o filho mais velho do magnata; o rapaz não aprova a presença dela em sua casa e fará de tudo para afastá-la de sua família... Gage apenas esquece de também mantê-la longe de seu coração.
Às vezes a vida tem um senso de humor cruel, entregando-lhe aquilo que você sempre quis no pior momento possível...

Opinião:
Recebi esse livro de uma ação da Gutenberg do livro A Protegida que é o primeiro livro da série  The Family Travis escrita pela Lisa  Kleypas e eu ainda não conhecia a escrita da autora, mas gostei.
Nesse primeiro livro  acaba sendo dividido em duas partes e apesar de falar da Família Travis a personagem com mais destaque e a grande protagonista é a  Liberty Jones e em nenhuma página da primeira parte os Travis aparece, pois vimos Liberty em sua nova cidade Welcome, morando em um trailer com sua mãe e o novo namorado dela, vimos primeiramente uma garota inocente que vai crescendo e amadurecendo, ela é apaixonada por Hardy que é alguns anos mais velho que ela, só que ele mesmo gostando dela, acaba se afastando.  A Mãe de Liberty acaba por falecer e deixa a garota responsável pela sua irmã de 2 anos, nisso Liberty se tornou uma garota batalhadora e a vida não foi fácil, ela tinha que estudar, trabalhar, cuidar da irmã e cuidar da casa, ela vivia com dinheiro contado, não podia se dar ao luxo nem de comprar algo por vontade ou até ficar doente.
Bom em uma segunda parte Liberty está trabalhando em um salão, nessa segunda parte que ela conhece o patriarca da família Travis e acaba se tornando uma amiga de Churchill e depois de muitos anos acaba indo trabalhar na casa dele onde conhece o Gage filho mais velho de Churchill, mas que odeia ela, pelo menos é o que acha, mas assim ela acaba se sentindo atraída por ele e aos poucos ela vai amolecendo o coração dele.

"Quando você crescer, quero que seja independente, porque a maioria das mulheres não é, e isso as coloca à mercê dos outros."

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Sorteio

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.