[Música] Playlist Nostalgia #1:

Ontem estava escutando uma música da Jojo e tive a ideia de fazer uma playlist de músicas POP que escutava muito ano atrás até enjoar, escutava muitas desses quando ainda estava no ensino fundamental tipo 7 e 8 serie ( na minha época não tinha o 9 ano).
Espero que tenham gostado do poste e vocês escutavam alguma dessas?


Novidades Literárias:

1- Amanda Ághata Costa assina com a Editora Arwen:
Essa notícia já faz uns dias mais acabei enrolando para trazer ela ao blog. A autora parceria do blog assinou contrato para a trilogia A escolhida, o primeiro livro já têm resenha no blog e é uma ótima leitura, uma das melhores que já fiz esse ano. Cliquei aqui para conferir a resenha.

Sinopse: A Escolhida - Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota dispersa na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais desde a infância. Devido à sua aparente doçura e beleza, ninguém seria capaz de supor que, além de um anjo, ela também é um demônio com sede de poder. Os espertos deveriam manter-se distantes, mas há olhares que não deixam de admirá-la. Egran não desperdiçaria a chance de apoderar-se de habilidades tão interessantes: ela é a escolha perfeita. Entretanto, nem todos se sentem realizados. O círculo seria um refúgio ideal para os demais feiticeiros, se o próprio líder não os tratasse como marionetes descartáveis. Movidos pelo medo e controlados pelo mestre, os componentes do grupo obedecem, sem pestanejar, às ordens recebidas. Ao se ver arrastada para lá, Ari se encontra diante de situações improváveis, arriscando-se a expor mais do que gostaria. Para ela, sentir é algo que sempre esteve fora de seus limites. Não poderia vivenciar qualquer forma de emoção, esta era a promessa. Até que Luke surge em seu caminho e abala as estruturas congeladas, derretendo-as e modelando novos conceitos. O amor realmente fará brotar a alegria? Ou irá arrastá-la diretamente para a morte? O passado obscuro de Ari será o suficiente para fazê-la estilhaçar de uma vez por todas, não restando oportunidades para uma nova tentativa de se isolar do mundo.

[Resenha] O Reino Mágico de Mystic:

Título: O Reino Mágico de Mystic
Autora: Raquel Alves
Páginas: 68
Onde Comprar: Aqui | Aqui | Aqui

Sinopse: Num antigo reino mágico, uma batalha pelo poder põe fim à vida de duas irmãs: Zilmec e Bruxelis Kim. Para proteger o reino das loucuras e ganâncias de sua irmã Bruxelis, Zilmec se sacrifica, aprisionando o espírito da irmã em uma pedra mágica. Os anos passam e Mystic goza de profunda paz. Bela e Pahares são eleitos os novos monarcas daquele reino e estão felizes com o nascimento da futura princesa, sua filha Saíres. Porém, Kayska, irmã de Bela, nutre uma profunda raiva e inveja pela irmã, e movida por tais sentimentos liberta o espírito da antiga bruxa e cede seu corpo de tabernáculo para os planos terríveis de Bruxelis. O universo mágico se encontra ameaçado, os reinos escravizados e a única esperança é a princesa Saíres, que fora transportada para o planeta Terra, para ficar a salvo das maldades de Bruxelis. Juntamente com seus amigos, Makato, Aiada, Hélis, o mascote mágico chamado Kiminjo e sua mentora Luci, embarcarão em aventuras e descobertas. A última guerra pelo poder está próxima. Que o amor vença no final de tudo!

Opinião:
Recebi da autora o arquivo em pdf para realizar a leitura, a sinopse dele tinha me chamado a atenção.
Mystic é um reino mágico onde existe seres diferentes dele e também é dividido entre a Magia da Luz e a Magia Oculta só que nenhum ser desse mundo pode aprender as duas magias, pois é contra as regras desse mundo e também é perigoso.
O Reino mágico de Mystic é dividido em quatro fases que se passam em gerações diferentes, a partir da terceira fase os personagens são os mesmos e todos estão interligados e lutando contra o mal.
Um Mal que surgiu por ciumes e inveja da própria irmã e que envenenou o coração da vilã.
“Respeite os seus colegas. O seu problema é achar que já sabe de tudo. Sempre a cada dia, querida, há algo de novo para se aprender. As coisas se transformam... A própria natureza em si está em constante mudança, assim como a magia. Não seja tão crítica e egoísta, Bruxelis”, respondia sua mentora, Anatasha. "
Bruxelis é uma das filhas do Mago Ancião, parece ser uma boa pessoa mais deixa seu coração ser envenenado pelo ódio e por conta disso tenta dominar o reino, mas alguma coisa acontece ( não vou contar) e ela some, mas algumas décadas depois ela está de volta e quer terminar o que começou, mulher odiável ela, destruiu vidas em sua época e está disposta a fazer isso de novo.
Zilme é uma boa pessoa e ama muito sua irmã, só não entende o porque ela a odeia, mas ela ama seu reino também e não pode levar  família em consideração.
Na segunda fase temos a Bela uma garota boa, mas um pouco assanhada que tê segundas intensões com o seu antigo namorado e se preocupa muito com a sua irmã rebelde.
Kayska é rebelde e não gosta de seguir ordens, por um momento de raiva faz algo estupido que se arrepende e muito, mas não há volta e ela terá que sofrer as consequências mesmo depois de ter tomado jeito na vida.
E por fim os personagens Hélis filho da Kayska e que foi criado para ser mal pela sua "Madrasta" mais que na verdade têm um bom coração que está disposto a ajudar o reino e encontrar sua prima a Princesa.
Ninska é uma boa garota que cresceu em um mundo diferente de Mystic e que viveu em um orfanato a vida toda, mas quando descobre a verdade começa a treinar para que assim consiga destruir o mal.
Têm outros personagens na história mais não vou citar aqui, mas cada um tem seu papel para que a história se resolva.

“Tudo que eu fiz foi correr e me dirigi ao lugar onde me trouxe a este planeta. Não sei o que aconteceu lá no meu reino. Se Bruxelis voltou, se todos estão mortos... Espero que todo esse sacrifício não seja em vão.” 
Como eu disse anterior mente a sinopse chamou minha atenção, mas me decepcionou um pouco com a leitura, a história estava em um ritmo muito rápido e isso não foi muito bom para o andamento da história,  as informações eram jogadas muito rápido e teve partes que até fiquei confusa. Na minha visão as poucas páginas não foram suficientes para desenvolver melhor a história.
Se vocês leram a sinopse da para ver que a ideia geral do livro é boa e também fala de ciumes, inveja entre irmãos e que nem sempre o amor pode superar isso quando o coração de quem sente está fechado para sentimentos bons.
A escrita da Raquel é boa, até estou curiosa para ler um outro e-book dela O Diário da Mãe-Corvo.
Como eu li o e-book não tenho muito o que falar, só que não reparei em nenhum erro ortográfico.
Eu não curti muito a leitura, mas alguma outra pessoa pode ter gostado.

[Série] Boy Meets World:

Título: Boy Meets World
Episódios: 158
Temporadas: 7
Canal: ABC
Ano: 1993-2000
Status: Concluída

Sinopse: Chamada de "O Mundo é dos Jovens" no Brasil, a série gira em torno da vida de Cory Matthews (Ben Savage), um garoto curioso e um tanto atribulado, não apenas por causa das trapalhadas da adolescência, mas também porque é o filho do meio de sua família. Junto com seu melhor amigo, Shawn (Rider Strong), e sua namorada Topanga (Danielle Fishel), Cory tenta seguir adiante, apesar de não ser muito popular na escola e ter inimigos da pesada, como Harley, Joey e Frankie. Cory, Shawn e Topanga inventam suas próprias soluções para os problemas que a vida lhes apresenta. 
Opinião:
Como a maioria das minhas séries estão em Hiatos eu procurei algumas para assistir, tinha achado um site que tinha apenas as duas primeiras temporadas ainda bem que para o meu alivio eu consegui achar todas as temporadas legendadas para assistir.
Essa série simplesmente me conquistou, dei muita risada assistindo ela e foi legal que a primeira temporada começa com Cory criança  e termina com ele na 7 temporada na Universidade e casado.
Uma série que fala sobre descobertas, amizade, amor, Família, respeito e futuro. Uma Série com muitos personagens marcantes. Bom Girls Meets World é o Spin-off de Boy Meets Worlds trazendo de volta persoagens da série mãe como Cory Matthews (Ben Savage) que também é um dos protagonistas dessa série atual.

 

Cory Matthews (Ben Savage) é um garoto de 11 anos de idade que não entende muito da vida e ainda está descobrindo o mundo dos adultos. Ele têm um melhor amigo chamado Shawn e eles não se desgrudam e juntos aprontam muitas coisas, mas eles são mais que amigos se consideram irmãos, ele não gosta de estudar muito e as vezes até dorme na sala de aula, além de perturbar seu professor e seu vizinho Feeny. Apesar de seu comportamento meio desleixado ele têm um bom coração, sempre disponível para ajudar as pessoas que precisam dele e mesmo não parecendo ele é um garoto romântico e que mudou bastante no decorrer das temporadas e um das coisas que mais gostei foi ver a amizade dele com o  Shawn que toda vez que passou por problemas ou ele pensava em desandar o Cory sempre estava lá para ajudar ele a amizade deles é tao forte que a Shawn fica em primeiro e depois vem a namorada do Cory, dois amigos que pareciam mais um casal, eles se abraçavam, choravam e discutiam a relação.

[Resenha] O Penúltimo Capítulo:

Título: O Penúltimo Capítulo
Autora: Clarice Pessato
Páginas: 208
Skoob: Link

Sinopse:O Penúltimo Capítulo - Ao referir-se a capítulos, a autora faz uma alegoria como se a vida fosse um livro esperando um último capítulo com final feliz, Clarice, uma jovem de 18 anos, ativa e cheia sonhos, vê sua vida se transformar quando foi vítima de um acidente automobilístico que a deixou tetraplégica. Ela conta a história da luta contra a tetraplegia e a discriminação e que, pela fé, venceu o sofrimento e a falta de respostas, recebendo a capacidade para superá-los. Também mostra como Deus pode usar até mesmo as experiências mais dolorosas de nossa vida a fim de levar-nos para mais perto dele e executar seus propósitos através de nós.

Opinião:
A Clarice entrou em contato comigo e como eu já tinha lido resenhas positivas desse livro resolvi aceitar esse parceria.
Uma leitura com personagens reais e que tiveram uma longa jornada nessa vida, aprendo muitas coisas e se superando a cada ano. O Penúltimo Capítulo é uma autobiografia do que Clarice enfrentou desde seus 18 anos de vida, que sofreu um acidente que a deixou tetraplegia, mas a esperança sempre esteve com ela No inicio foi difícil se acostumar com sua nova condição, não apenas para fazer as coisas mais comum como sentar, mas também porque ela via o incomodo no olhar de algumas pessoas que a visitavam. Clarice teve amigos que se afastaram, inclusive seu namorado, só que ela também encontrou pessoas boas que a ajudou desde que sofreu o acidente.

"Não sei porque alguns morrem, mas estar vivo é o primeiro requisito para que no sofrimento tenhamos paciência e possa existir a esperança do melhor. Só através da vida temos oportunidade de lutar, mesmo nas condições que eu me encontrava."
Clarice passou por muita coisa na sua vida e no meio dessa caminho nunca deixou de ter esperança e ainda encontrou a Fé que a ajudou a encarar esse novo mundo, onde ela se sentiu útil em ajudar as pessoas, como na época em que ela deu Aulas de religião para crianças do Bairro em sua casa e também ajudou muitas pessoas como os presos na qual ela se correspondia com cartas.
Ela não usou sua deficiência com impedimento de estudar e trabalhar, algo que muitos de nos inclusive eu usa coisas banias como impedimento e também para adiar a realizações de sonhos. A Clarice é uma pessoa para se admirar, pois o que vi no decorrer dessas páginas foi uma mulher forte e batalhadora e com simplicidade e que apesar de tudo é feliz e traz alegria, carinho para quem está perto.

"A vitória não é dos que largam na frente, mas dos que perseveram  até o fim!"
Eu não sou muto de ler Autobiografia e nem Bibliografia, mas  esse livro foi prazeroso ler e nenhum pouco massante, pois eu não conseguia parar de ler pois queria saber o que foi reservado para a Clarice. Só que é uma leitura não para devorar tudo de uma só vez e sim aos poucos, para apreciarmos melhor os ensinamentos que podemos tirar do livro.
O livro fala bastante de religião o que ajudou ela na superação. A Clarice foi uma pessoa abençoada.
Pelo que li na introdução do livro o nome de pessoas e lugares foram trocados para não ter nenhum problema.

[Resenha] Filha da Floresta:

Título: Filha da Floresta
Autor: Juliet Mariller
Páginas: 616
Livro: #1
Editora: Butterfly
Skoob: Link

Sinopse:  Filha da Floresta - O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos...
Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.
Opinião:
Estava muito curiosa para ler esse livro, por isso acabei solicitando ele por meio da parceria. Quando o livro chegou em casa até me assustei um pouco por conta do tamanho do livro, com muitas páginas, mas isso não foi problema para uma história tão boa como essa.
Sorcha é a sétima filha de um sétimo filho, ela sempre foi diferente das garotas da sua região porque em vez de estar aprendendo a costurar e outras atividades femininas, ela anda por ai com seus seis irmãos descalça e aprendendo ler, escrever e falar línguas diferentes e apesar de ser tão nova é considerada a curandeira do seu povo, sempre trabalhando com ervas e fazendo medicamentos, além disso adorava conversar com os seus Irmãos Liam, Diarmaid, Comark, Conor, Finbar e Padric, todos eles possuem algum tipo de dom para alguma área. 
A vida desses sete irmãos mudou quando o Pai deles Lorde Colum apareceu com uma mulher que conheceu a pouco tempo e se casou com ela, a mulher começou a destruiu aos poucos a união desses irmãos até que um dia tacou uma maldição em cima dos garotos da família, só Sorcha escapou.

"Senti sua energia sombria em meu coração durante todo o percurso. Ela estava nos esperando e eu sabia que sua mão pousaria sobre todos nós. Sentia nitidamente o perigo. Mas senti-lo não era suficiente para eu me preparar."

Denise Crivelli, 27 anos, sul-mato-grossense, formada em Publicidade e estudante de Administração, viciada em livros, doramas e séries.

Facebook

Facebook

Busca

Arquivos

Seguidores

Populares

Tecnologia do Blogger.